Procon Juazeiro orienta consumidores a não cair em golpes da Black Friday

por Carlos Britto // 24 de novembro de 2022 às 20:00

Foto: Ascom PMJ/Procon divulgação

Uma das datas comerciais mais aguardadas do ano por comerciantes e consumidores é a Black Friday, que em 2022 ocorre oficialmente no dia 25, última sexta do mês de novembro. Com o intuito de orientar e proteger quem deseja ir às compras, a Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Juazeiro (BA) promoveu um levantamento de preços dos produtos mais vendidos para que os consumidores tenham uma referência de comparação e não sejam enganados na hora de fechar a compra.

A equipe de fiscalização do Procon Juazeiro visitou sete estabelecimentos do Centro da cidade, entre os dias 16 a 21 de novembro. Entre os itens analisados estão geladeira, ar condicionado, freezer, micro-ondas, lavadora de roupas, fogão, smartphone (celular), televisor, sanduicheira, fritadeira (air fryer), liquidificador, notebook, mouse e ventilador.

Um dos produtos mais vendidos neste período de promoções são os smartphones. Das marcas e modelos pesquisados, o produto de menor valor encontrado foi de R$ 719,00 e o de maior de R$ 3.533,00.

Com a Copa do Mundo um dos itens mais procurados pelos consumidores são os televisores, o produto foi encontrado pelo menor preço de R$ 1.139,00 e o maior de R$ 4.365,00, entre as diversas marcas e polegadas pesquisadas.

Entre os utensílios de cozinha, as fritadeiras conhecidas como air fryer variaram de R$ 145,00 o menor preço a R$ 639,00 o de maior valor, entre as diversas marcas e tamanhos pesquisados. A geladeira de 340 litros, da marca Eletrolux, foi encontrada pelo menor preço de R$ 2.149,00 e o maior de R$ 3.299,00, entre as diferentes lojas visitadas. Já o forno de micro-ondas de 20 litros, variou de R$ 512,00 o menor preço a R$ 829,00 o maior preço entre as marcas pesquisadas.

De acordo com o coordenador executivo do Procon Juazeiro, Carlos Macedo, o levantamento de preços tem o objetivo de ajudar o consumidor a fazer uma comparação para não ter prejuízos posteriores.

Recomendamos todo cuidado nesse período e, se possível, pesquisa prévia ao se tentar comprar produtos que estiverem necessitando. Ao fazer o pagamento de uma compra por meio do boleto bancário, o consumidor deve conferir todos os dados antes de finalizar o pagamento, como o nome da empresa, data, CNPJ. Ao pagar via Pix, o destinatário do pagamento também deve ser conferido atentamente. Ainda, o Procon estará à disposição para o recebimento de reclamações ou denúncias que tenham a ver com fraudes praticadas na venda dos produtos expostos à venda com descontos que chamem a atenção“, informou.

Sites suspeitos

O Procon Juazeiro também pede aos consumidores bastante cuidado antes de realizarem compras online, para evitar cair em golpes. O órgão divulgou uma lista de sites suspeitos que devem ser evitados, por já existirem relatos de problemas com compras via internet.

Orientações

O órgão orienta o consumidor a ser cauteloso na hora da compra. A dica é pesquisar os preços com antecedência para adquirir com o melhor custo/benefício e ficar atento para cobranças de frete. É importante verificar as informações do fornecedor, como CNPJ, endereço físico e contatos, além de pesquisar sua reputação na internet. O período de Black Friday também requer atenção para possíveis golpes. Outras dicas são as seguintes:

  • Evitar sites que exibem como forma de contato apenas um telefone celular, sem e-mail corporativo;
  • Preferir fornecedores reconhecidos ou indicados por amigos e familiares. Pesquisar sua reputação em sites que avaliam lojas virtuais;
  • Jamais fazer transações online em Lan houses, cyber cafés, computadores ou redes públicas, pois as máquinas podem não estar adequadamente protegidas;
  • Somente assinar o documento de recebimento do produto após examinar o estado da mercadoria. Se for constatada irregularidade, ela deve ser informada, justificando o não recebimento;
  • Nas compras feitas fora do estabelecimento comercial (por telefone, em domicílio, telemarketing, catálogos, internet), o consumidor tem prazo de sete dias para o desistir da operação, sem precisar apresentar justificativa. O período é contado a partir da data de aquisição do produto ou de seu recebimento;
  • O consumidor que após sua compra tiver problema com atraso, não entrega ou outras questões, deve entrar em contato com a empresa e registrar sua demanda.

Mais informações

Para sanar dúvidas ou registrar denúncias, o consumidor pode comparecer à sede do Procon local, de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h. O órgão funciona na Rua Minas Gerais, nº 46, 4º andar, Edifício Centro Médico e Empresarial Renato Cerqueira, bairro Santo Antônio, vizinho à Galeria Rio Fitness.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.