‘Carcaças’ de veículos abandonados irritam moradores na Vila Eulália

0

Na Vila Eulália, zona norte de Petrolina, moradores não escondem o aborrecimento com a quantidade de ‘carcaças’ de veículos abandonados. A cena, inclusive, está se tornando corriqueira não apenas por lá. A maior preocupação é de que essas sucatas possam acabar se transformando em locais perfeitos para vândalos e/ou marginais se esconderem com o intuito de assaltar quem passa por esses locais. Além disso, esses veículos abandonados também servir de ambiente para a proliferação do Aedes aegypti (mosquito transmissor da dengue) em períodos chuvosos.

A comunidade deixa uma sugestão aos vereadores no sentido de elaborar um projeto de lei proibindo os proprietários de abandonar seus veículos velhos em via pública, assim como autorizar a Autarquia Municipal de Mobilidade (AMPLA) a rebocá-los. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade também estaria autorizada a multar quem abandonar carcaças de veículos em terrenos baldios ou áreas públicas. Segundo o líder comunitário Pedro Caldas, muitos municípios brasileiros têm legislação própria para disciplinar e aumentar sua receita líquida.

Na sessão de ontem (19) da Casa Plínio Amorim, um projeto de autoria do vereador Ronaldo Cancão, cobrando do Executivo normas sobre a  instalação, funcionamento e localização de estabelecimentos comerciais destinados a depósito, compra e venda de ferro-velho – entre outros itens – foi aprovado por ampla maioria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome