7º Festival Internacional da Sanfona começa daqui a pouco em formato online

por Carlos Britto // 17 de julho de 2021 às 19:21

A boa música dará o tom do Vale do São Francisco para o mundo, daqui a pouco, a partir das 20h, com o 7º Festival Internacional da Sanfona. Em formato online, o evento tem início com as lives de Ivan Greg, Adelson Viana, Targino Gondim e Quinteto Sanfônico do Brasil. O festival contempla, além dos shows, oficinas e a Jam Sanfona Session. Basta acessar o canal do evento no YouTube para acompanhar todos os detalhes.

Pelo menos 14 artistas, das mais variadas nuances de sons e ritmos que a sanfona é capaz de produzir, vão se apresentar no festival. Os shows, que até a última edição eram realizados no município baiano de Juazeiro, este ano acontecem no formato virtual, ainda por causa das restrições impostas pela pandemia da Covid 19.

Ivan Greg é um talentoso músico da atualidade. Aos 9 anos já tocava teclado e sanfona. Em 2006 mudou-se para a Europa e trabalhou na divulgação e valorização da música brasileira e a cultura nordestina. Gravou e realizou shows na Alemanha, Holanda, Espanha, Itália, França, Suécia e Bélgica, além de desenvolver vários projetos nos Estados Unidos. O artista tem influência musical do grande mestre Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro, Sivuca, Gilberto Gil e Djavan. O samba é outra referência na trajetória desse artista, por isso, o público pode esperar um show muito musical, alegre e dançante.

Adelson Viana é natural de Fortaleza (CE). Acordeonista, pianista, compositor, arranjador e produtor musical, vem de uma família de músicos, teve como primeiro instrumento o acordeom e como mestre o seu pai, José Viana. Seus tons acústicos fazem contraponto com a rica poética nordestina revelando a musicalidade cultural no choro, forró, xote, frevo e baião. Com dez álbuns lançados na carreira, Adelson já participou de inúmeros festivais e encontros musicais por todo Brasil e exterior evidenciando o tom universal e a riqueza de timbres e possibilidades da sanfona nordestina.

O sanfoneiro Targino Gondim é atração que não pode faltar na programação do evento. Mais uma vez ele se apresenta com o Quinteto Sanfônico do Brasil, também criado pelo cantor de “Esperando na Janela”.

Orquestra

Cinco sanfoneiros tocando clássicos de diversos ritmos. Esta é a proposta dos músicos e amigos que começaram os encontros em rodadas de sanfonas. Targino Gondim, Sebastian Silva, Gel Barbosa, Marquinhos Café e Rennan Mendes compõem o grupo que vai encerrar a primeira noite de lives. A apresentação do festival vai repetir a dobradinha da última edição, e traz os jornalistas Janko Moura e Isabella Ornellas.

A organização recebeu vídeos de todos os lugares e hoje, quem assistir à live, vai conferir talentos da França, Rússia, Itália, Holanda, isso sem falar dos músicos de várias cidades da Bahia, Piauí, e Sergipe.

No próximo sábado (24) os shows serão de Silas França e Daniel Itabaiana, Mestre Genaro e Raúl Barboza (da Argentina). No encerramento do festival, no dia 31, se apresentam Raniel Pernalonga, Gilberto Monteiro e o francês, Richard Galliano.

O Festival Internacional da Sanfona tem o apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia, além de ser uma realização da Conspiradoria Projetos e Produções e Toca Pra Nós Dois Produções e Eventos Ltda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *