Vereador Gabriel desiste de processar Cancão por denúncia, mas apresenta documentação à Mesa Diretora

O vereador Gabriel Menezes (PSL), que integra a bancada de oposição na Casa Plínio Amorim, disse a este Blog que foi demovido da ideia de processar seu colega de Legislativo, Ronaldo Cancão (PTB). O governista acusou Gabriel, numa das sessões plenárias na Casa, de “usurpar o patrimônio público” de Petrolina para fazer sua campanha no ano passado.

Seguindo orientações do setor jurídico, o oposicionista frisou que sua decisão poderia esbarrar na imunidade parlamentar do seu colega. Mesmo assim, Gabriel fez questão de apresentar à Mesa Diretora da Casa o contrato referente ao show do cantor Mano Walter, no dia 3 de setembro de 2016, na comunidade rural de Muquém – do qual Cancão denunciou o vereador.

Gabriel, que é radialista profissional e também tem experiência em apresentar eventos festivos, assegurou que foi a prefeitura (na época, sob a gestão de Julio Lossio) quem fez o contrato, e não ele. “A ele (Cancão) cabe o ônus da prova, já que foi ele quem me acusou de usurpar o patrimônio”, declarou.

Comentários

Uma ideia sobre “Vereador Gabriel desiste de processar Cancão por denúncia, mas apresenta documentação à Mesa Diretora”

  1. Popo disse:

    Quem ver Cancao falando pensa que um dos melhores e na vdd ele nunca trabalhou na vida só tem as coisas graças a Politica ai fica querendo desqualificar os outros colegas…. Ele não pode jogar pedras na vidraças dos outros porque ao jogar pode quebras a sua propria…. Cuidado Cancao com o que vc fala…. Antes de falar lembre-se da EMPA.

    .

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Terreno baldio incomoda moradores no Alto da Boa Vista

22/06/2017 às 19:05 por Carlos Britto

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br