Sertânia tem primeiro caso de afogamento da transposição

Jurandir Silva morreu neste domingo, 26, vítima de afogamento nas águas do canal da transposição do Rio São Francisco, em Sertânia, Sertão do Moxotó. Amigos que estavam com Jurandir no momento do fato, disseram que ele nadava no canal quando mergulhou e não retornou à superfície.

Esse é o primeiro caso de afogamento após a liberação da água do canal em Sertânia, no eixo leste da transposição ocorrido no começo do mês. Os banhos são proibidos nas águas do canal e barragem ligadas à transposição, no entanto mesmo o Ministério da Integração Nacional avisando da proibição, não existe fiscalização para barrar a utilização do equipamento para banhos.

As águas do canal são inconstantes e por isso, perigosas, pois seu nível sobe com velocidade e sem aviso prévio. Na área é constante pessoas se aglomerando para se refrescarem nas águas proibidas do canal.

Pernambuco em Ação deixa R$ 123 milhões para o sertão

No encerramento da primeira rodada da primeira etapa do seminário Pernambuco em Ação, o governador Paulo Câmara (PSB) realizou um balanço dos investimentos no Sertão do Estado. Ao todo, foram liberados R$ 123 milhões para as Regiões do Pajeú, Itaparica e Moxotó direcionados para as áreas sócio-econômicas.

No último dia, o chefe do executivo anunciou R$ 25 milhões de investimentos em Recursos Hídricos, Educação, Habitação, Agricultura Familiar e Infraestrutura no Moxotó. O grande anúncio foi a autorização para início das obras e serviços de implantação do Sistema Adutor do Moxotó, com aporte de R$ 8,5 milhões do Governo do Estado.

“Desde a última quinta-feira estamos rodando por todo o Sertão, visitando as regiões, pois são momentos como esses que fazem a diferença na priorização das ações. Temos que estar junto da população para buscar a resolução dos problemas. Saio muito motivado e muito determinado a trabalhar por um Pernambuco melhor”, avaliou Câmara.

Sobre a obra realizada pelo Governo do Estado, em parceria com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), e o Governo Federal, o presidente da entidade, Roberto Tavares, explicou que, o equipamento alimentará a Estação de Tratamento de Água de Arcoverde, sertão do Maxoto,  e se interligará aos trechos já construídos da Adutora do Agreste que levarão água para mais seis cidades. São elas Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó e São Caetano.

“Todo pernambucano sabe, principalmente, o pessoal do Moxotó, que tem sido muito sofrida a vida do sertanejo. São seis anos consecutivos de seca. Então, a aceleração das obras da Adutora do Moxotó é importante, pois poderá abastecer plenamente Arcoverde e algumas cidades do entorno”, esclareceu Tavares.

O Sistema Adutor do Moxotó é composto pela estrutura de captação na barragem do Moxotó, no Eixo Leste da Transposição, com 70 quilômetros de Adutoras em tubos de ferro fundido de 600mm de diâmetro, 3 estações de bombeamento e vazão de 450 litros por segundo.

FEM 

Entre os anúncios, a certeza de que quatro municípios do Sertão do Moxotó também serão beneficiados com R$ 482.436,75 em recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM). O valor será direcionado para a cidade de Ibimirim na construção de Estádio de Futebol no Bairro Lages e a reforma nas Quadras Poliesportivas no bairro Agrovila IV e João Inocêncio Correia Lima; em Arcoverde, será construída a Praça da Cohab I; em Betânia, será realizada a construção de Praça Pública para Lazer; e para o município de Sertânia, serão duas construções de Muralhas de Creches e de obras de abastecimento de água, nas Vilas Rio da Barra (4º Distrito e Albuquerque NE e 5º Distrito).

Estiveram presentes os secretários de Estado; os deputados estaduais Isaltino Nascimento (líder do Governo), Eduino Brito, Ricardo Costa, Waldemar Borges, Joaquim Lira, José Maurício e Laura Gomes; e os deputados federais André de Paula, Fernando Monteiro, João Fernando Coutinho, Gonzaga Patriota e Kaio Maniçoba. (Foto- Aluísio Moreira-SEI-GovPE)

Oposição vem no rastro de Paulo Câmara em vistoria de obras do estado no sertão

 

Uma semana após a passagem de Paulo Câmara, a oposição vem à mesma região para vistoriar obras atrasadas ou paralisadas e cobrar in loco promessas de campanha do governador que ainda não foram cumpridas. A primeira etapa do que está sendo chamado de “Pernambuco Sem Ação” começará nos próximos dias 30 e 31 em Serra Talhada, Afogados da Ingazeira e Arcoverde.

Na noite do primeiro dia, o grupo deve realizar uma plenária para ouvir lideranças políticas, sindicais e de entidades civis sobre os principais problemas da região. Com base no que for informado, a oposição pode incluir novas obras nas vistorias realizadas no dia seguinte.

Emendas de FBC e Fernando Filho contemplam sertão com perfuração de poços

 

A perfuração de 65 poços no sertão do estado para minimizar os efeitos do sexto ano consecutivo de estiagem como obras realizadas pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), foi um dos investimentos anunciados nesta sexta, 24, no evento Pernambuco em Ação, coordenado pelo governador Paulo Câmara (PSB). Quem deu a boa notícia foi o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), cujo recursos para a intervenção, serão viabilizados via emendas parlamentares de sua autoria e do deputado federal Fernando Filho, atualmente licenciado para assumir o ministério de Minas e Energia.

Serão 21 poços no Sertão de Itaparica, 28 no Pajeú e 10 no Moxotó, além de seis poços profundos, localizados também no Moxotó. O anúncio foi feito durante o seminário Pernambuco em Ação, promovido pelo governo do estado, na cidade de Petrolândia. A agenda envolve todo o secretariado estadual, deputados federais e estaduais da região e foi coordenada pelo governador Paulo Câmara (PSB).

O senador elogiou a iniciativa do governo em repactuar as metas assumidas em 2014, por conta do agravamento da crise. “É importante que possamos dizer às pessoas o que não poderá ser feito e elencar prioridades. O Brasil mergulhou na maior recessão da sua história, com 12 milhões de desempregados e as receitas estaduais caíram muito”, ponderou o senador.

Fernando defendeu junto ao governador a ampliação da malha viária da região, especialmente a estrada do Ibó, na cidade de Belém do São Francisco. A estrada irá ajudar a escoar a produção de mangas, o mais importante vetor da economia local. Para o senador é fundamental que o estado consiga potencializar as obras da transposição do São Francisco no Sertão de Itaparica, concretizando o projeto de irrigação na região da cidade de Floresta, cobrindo uma área de 10 mil hectares.

“Além disso, em Ibimirim podemos irrigar outros 5 mil hectares. Com estas ações vamos beneficiar milhares de trabalhadores e trabalhadoras do Sertão, que vão poder produzir com segurança e mudar de vida”, disse.

Público prestigia abertura da Festa de Março em Bodocó

Com o tema Claranã: pedras que contam histórias, a Festa de Março de Bodocó foi aberta na noite dessa quinta-feira (23) com cerca de 10 mil pessoas O evento aconteceu com a Budega do Forró, onde se apresentaram Elmo Oliveira e Cosmo Sanfoneiro fazendo o autêntico forró pé de serra. O artista bodocoense Leninho abriu a programação do palco principal. Ainda teve o cantor Gabriel Diniz que levou o público ao delírio, cantando seus sucessos.  Jonas Esticado agitou o público e encerrou a noite com o show que vem conquistando multidões em todo Nordeste.

O evento é realizado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura e segue até o domingo (26) com uma diversificada programação, que além do palco principal, inclui Tarde Cultural e Budega do Forró, Até o domingo (26) se apresentam diversas atrações, como: Luan Estilizado, Psrico, Zezo e Zeca Bota Bom que compõem o palco principal. (Foto: Ascom)

Governo de PE realizará seleção simplificada na área de saúde; vagas para Petrolina e outros municípios sertanejos

O Governo de Pernambuco anunciou que vai realizar nova seleção simplificada para profissionais da área de saúde. São 92 vagas para trabalhar em hospitais e sede de Gerências Regionais de Saúde (Geres) das cidades de Petrolina,, Afogados da Ingazeira, Arco Verde, Caruaru, Garanhuns, Goiana, Limoeiro, Ouricuri, Palmares, Salgueiro e Serra Talhada.

Além disso, foram convocados mais 646 profissionais para os hospitais da rede estadual. A nomeação foi publicada na quinta-feira (23), e os nomes podem ser vistos no www.cepe.com.br . Com essa iniciativa, já foram chamados 4,5 mil profissionais para a melhoria da saúde em Pernambuco desde 2015.

Nessa última convocação estão presentes 82 profissionais entre pediatras, cardiologistas, cirurgiões clínicos gerais. E mais 562 profissionais de outras categorias como fisioterapeutas, assistentes sociais , psicólogos e técnicos de enfermagem. (Com informações da Folha PE)

Governador anuncia construção do Hospital Geral do Sertão em Serra Talhada

Em visita ao sertão do Pajeú nesta quinta-feira (23), o governador Paulo Câmara ( PSB) visitou o terreno onde será construído, em Serra Talhada, sertão do Pajeú, o Hospital Geral do Sertão (HGS). A área fica às margens da BR-232. Na ocasião, Câmara autorizou o lançamento do edital para a elaboração do projeto do novo equipamento, que contará com um investimento de R$ 35 milhões e terá capacidade para realizar 462 internamentos por mês. A previsão é de que as obras tenham início em janeiro de 2018 e sua finalização aconteça em dezembro do mesmo ano.

“Vamos buscar ampliar o serviço e, ao mesmo tempo, ter na região uma unidade de referência, diminuindo a distância entre os serviços médicos ofertados no Estado, principalmente nos atendimentos de urgência e emergência. O intuito de construir aqui, em Serra Talhada, foi estratégico pela sua posição geográfica, pela consolidação de um polo médico que já existe. Ele será fundamental para melhorar a qualidade do serviço público de saúde e atender uma demanda que hoje existe”, pontou o governador.

Paulo destacou a importância das parcerias na construção de uma gestão de sucesso e que chegue a todos. “A gente espera entregar essa obra até o final de 2018, e a gente espera ter condições de melhorar os serviços ofertados e de saber que os desafios da saúde não se restringem apenas à construção de hospitais, mas à eficácia do atendimento, das boas parcerias do Estado com o município”, registrou.

Quando concluída, a unidade irá atender uma demanda média de 462 internamentos por mês. A estrutura vai contemplar cinco salas de cirurgia, 60 leitos de internamento e dez leitos de UTI, com possibilidade de expansão para um total de 120 leitos de internamento e 20 leitos de UTI. Ao todo, serão 8 mil m² de área construída, com possibilidade de expansão para 12 mil. O atendimento ambulatorial contará com as especialidades de traumato-ortopedia, clínicas geral, cardiológica, neurológica e cirurgia geral.

Além de Serra Talhada, o HGS abrange os municípios de Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, e Triunfo. O que representa uma população de mais de  236 mil habitantes, que serão beneficiados com o funcionamento do novo hospital.

“Essa obra será um divisor de águas para a saúde do Pajeú, que sente a falta de um equipamento como esse, bem estruturado e moderno. Serra terá uma nova perspectiva a partir de agora”, afirmou o prefeito Luciano Duque (PT). (Foto: SEI/Imprensa/GovPE)

 

Paulo Câmara voltará ao Sertão do Pajeú nesta quinta-feira

O governador Paulo Câmara (PSB) voltará ao Sertão do Pajeú nesta quinta-feira (23). Ele cumprirá agenda nas cidades de Itapetim e Afogados da Ingazeira.

Em Itapetim, Câmara assinará ordem de serviço, no valor de R$ 10 milhões, para obras de saneamento no município e vai inaugurar uma ponte com recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM). O evento terá início às 8h.

Logo depois, às 14h, o gestor estadual vai ao município de Afogados da Ingazeira, onde participará do seminário “Todos por Pernambuco”, oportunidade em que ouvirá as principais demandas da região.

Candidato a presidente da UVP quer regionalizar a entidade e capacitar os vereadores

Vereador de São Bento do Una, agreste do estado, André Valença (PSD), encabeça a chapa de oposição nas eleições para a escolha da nova diretoria da UVP – União dos Vereadores de Pernambuco marcadas para o próximo final de semana. A chapa tem integrantes de Petrolina, como os vereadores Ronaldo Silva (PSDB) e Cícero Freire (PR) que se juntam a colegas de outros municípios sertanejos como Afrânio, Triunfo e de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

A intenção de Valença é integrar a UVP do litoral ao sertão, e promover a qualificação dos vereadores no estado.”Formamos uma chapa de oposição forte e que visa integrar a nossa entidade em todo o estado. A UVP antes tinha quase todas as Câmaras associadas e hoje possui pouco mais de 90 contribuindo com o trabalho da entidade”, conta Valença.

Outro ponto é fazer valer a força da UVP como sempre teve ao longo de sua existência. “Nossa entidade tem 42 anos de existência. A gestão atual não cumpriu com os verdadeiros objetivos da UVP e por isso resolvemos disputar essa presidência pela oposição”, pontuou André.

O trabalho do candidato a presidente da UVP visa a regionalização do trabalho que pretende criar para preparar melhor os vereadores. “Nós somos legisladores e fiscalizadores. Precisamos saber mais. Somos os político mais próximo da população, por isso precisamos estar preparados para atender a população, principalmente aquela que exige mais do vereador que é a mais carente”, considerou André.

Sendo eleito, André Valença informou que irá andar por todo o estado para filiar as Câmara à UVP, mostrar a importância da entidade e o que ela tem a oferecer a toda a sociedade do litoral ao sertão.

Projeto ‘O Sertão Vai Virar Mar’ aporta em Pernambuco e registra as tradições sertanejas

O Projeto “O Sertão Vai Virar Mar” estará em expedição por Pernambuco entre os dias 17 e 26 de março, produzindo material audiovisual que resgata tradição, cultura, arte, belezas naturais, folclore e depoimentos sobre a temática Água. A ação visa a sensibilizar a população sobre as tradições locais.

Assim como sugere o nome, a iniciativa começa pelo sertão pernambucano e vai até o litoral do Estado. A viagem terá início em Petrolina, passando em sua primeira fase por Salgueiro, Serra Talhada, Floresta, Itacuruba, Petrolândia, Tacaratu, Garanhuns, Caruaru, Bezerros, Ponta de Pedras, chegando a Olinda e Recife.

Haverá mais 2 fases, com passagem por outras Regiões de Desenvolvimento do Estado. Idealizadora e curadora do projeto, a premiada fotógrafa Patrícia Patriota ficará responsável pelos registros em vídeo e fotografia.

A expedição, que se trata de um projeto independente, conta também com a presença de Patrícia Xavier, gestora ambiental, além do acolhimento de importantes atores locais das comunidades a serem visitadas. (Foto: Ilustração)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br