Durante evento no RJ, Fernando Filho mostra-se otimista com futuro do país

“Acima de tudo vejo um país melhor, com um presente e uma expectativa otimista. Vejo avanços e muito trabalho”. A frase é do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, o sexto convidado do encontro “E agora, Brasil?”, promovido pelo Jornal o Globo, na manhã de ontem (16), ocorrido na Maison de France, consulado francês no Rio de Janeiro. O encontro contou com a participação das maiores autoridades do setor energético do país, editores e colunistas do Jornal o Globo, demais setores da imprensa entre outros convidados.

O ministro tratou das pautas do Ministério de Minas e Energia, o diagnóstico encontrado e dos progressos durante o primeiro ano do seu trabalho à frente de um dos mais importantes e mais bem avaliados ministérios do governo.

Este projeto se propõe a reunir sempre um convidado para conversar sobre o cenário atual do país junto com 10 colunistas do Jornal o Globo (Ancelmo Góis, Miriam Leitão, Merval Pereira, Lauro Jardim, Jorge Moreno, Ricardo Noblat, entre outros).

Antes de Fernando Filho já tinham sido convidados o ex-ministro Pedro Malan, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o juiz Sergio Moro e na última edição, em março, a Presidente do STF Carmem Lucia.

Dois graves acidentes com carros alegóricos marcam desfile das escolas de samba do RJ, deixando disputa por título em segundo plano

O Carnaval de 2017 entra para a história de uma forma triste. Nunca a Passarela do Samba do Rio de Janeiro tinha sido palco de tantas cenas trágicas. Os acidentes com os carros alegóricos de Paraíso do Tuiuti e Unidos da Tijuca deixam o coração dos amantes da folia com uma ferida difícil de curar. Pela primeira vez, o noticiário até a Quarta-feira de Cinzas não será dominado pela gostosa expectativa sobre qual escola será a grande campeã.

Todos estarão preocupados com o estado de saúde das vítimas internadas após o atropelamento de domingo e dos componentes da Unidos da Tijuca. Após a trágica ocorrência de domingo, 26, o discurso dos dirigentes, tanto da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), quanto do Paraíso do Tuiuti, era construído em torno de uma palavra: fatalidade. Ou seja, algo que fugiria à ordem natural das coisas.

O gigantismo dos carros alegóricos parece ser inevitável devido às dimensões da Sapucaí. Porém, o evento ocorrido durante o desfile da Unidos da Tijuca tem outra característica. A alegoria em questão não era tão grande. Porém, carregava um número expressivo de componentes fazendo coreografias – outro sintoma do Carnaval contemporâneo.

O desabamento do segundo carro alegórico da azul e amarela tem ainda outro aspecto, esse mais preocupante: em vez de se preocupar com o estado de saúde dos desfilantes, diretores estavam imbuídos da tarefa de colocar a alegoria na pista de desfiles a fim de não prejudicar a pontuação da escola. A reação da plateia do setor 1 foi imediata e enfática: uma chuva de latas de cerveja.

Todos sabem da importância do Carnaval para a economia do Rio de Janeiro e, principalmente dos interesses envolvidos, seja da emissora de TV que detém a exclusividade de transmissão, seja dos patrocinadores, agências de turismo e outros prestadores de serviço. Porém, naquele momento, em que pessoas necessitavam de socorro médico, continuar o desfile era algo totalmente impensável. A disputa se tornou apenas um detalhe.

Faz-se necessária uma reflexão do que se tornou o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. O aspecto visual predomina sobre os quesitos que dependem do canto, dança e habilidade de tocar instrumentos. Isso já é fato há mais de 40 anos. O crescimento desordenado dos carros alegóricos é prova viva desse processo. Porém, nada justifica que o desfile não tenha sido interrompido até que as pessoas fossem atendidas de forma digna. Que o relógio parasse e depois o desfile fosse retomado. É inacreditável a disputa insana de espaço entre bombeiros, socorristas e desfilantes. Que a lição seja aprendida para os próximos Carnavais. (Com informações e foto do UOL)

TRE do Rio de Janeiro decide cassar mandato da chapa do governador Pezão

Por 3 votos a 2, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ) decidiu nesta quarta-feira (8) pela cassação do mandato da chapa do governador do estado, Luiz Fernando Pezão, e do vice, Francisco Dornelles, por abuso de poder econômico e político. Os dois ficam inelegíveis por oito anos.

Pezão e Dornelles vão recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) assim que for publicada a decisão. Segundo as assessorias de imprensa do TRE e do governo, até que o recurso seja julgado governador e vice podem permanecer no cargo.

Na decisão, ficou determinada a realização de eleições diretas para a escolha dos representantes do Poder Executivo estadual. A decisão, no entanto, só produz efeito após o ‘trânsito em julgado’, ou seja, quando não couber mais recurso.

“Teve um efeito suspensivo, o TRE manteve ele no cargo (…) [Pezão] Vai recorrer e a gente espera que ele tenha sucesso para o bem do Rio de Janeiro”, declarou o presidente da Assembleia Legislativa (Alerj) e aliado de Pezão, Jorge Picciani, em entrevista ao RJTV.

Picciani negou um possível adiamento da sessão previstas na Alerj para esta quinta-feira (8). Na pauta, entre outros temas, está a privatização da Cedae.

O pedido inicial da ação foi protocolado pelo PSOL. “Houve abuso de poder econômico na campanha do governador. Por isso que a decisão do TRE é pela cassação da chapa (…) Claro que depende do TSE para que ele possa ser definitivamente cassado, mas é a prova de que é um governo ilegítimo“, declarou o deputado Marcelo Freixo.

Campanha

A ação trata da produção irregular de material irregular de campanha sem prestação de contas. Segundo a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-RJ), foram omitidos gastos de mais de R$ 10 milhões na campanha de Pezão ao governo, em 2014. Segundo a decisão do TRE, houve abuso de poder econômico e político na concessão de benefícios financeiros a empresas como contrapartida a posteriores doações para a campanha do então candidato Pezão e de seu vice.

“Restou comprovado que contratos administrativos milionários foram celebrados em troca de doação de campanha“, afirmou um dos membros da Corte, desembargador eleitoral Marco Couto, em seu voto.

Segundo o pedido da PRE, uma diligência da equipe de fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na empresa High Level Signs constatou, ainda na campanha, divergência entre a tiragem registrada no material gráfico do então candidato e a que constava nas notas fiscais. A High Level Signs se declara como um “pool” de empresas formado por seis gráficas.

De acordo com a procuradoria, a prestação de contas de Pezão foi aprovada com ressalvas pelo TRE. O relator Fábio Uchôa, que votou pela não aprovação, apontou uma série de falhas que, segundo ele, omitem despesas de mais de R$ 10 milhões. Por isso, a PRE pediu que a prestação de contas de Pezão fosse anexada à representação. Além da cassação dos diplomas de Pezão e Dornelles, o procurador regional eleitoral Paulo Roberto Bérenger pediu a quebra de sigilo bancário das empresas e de seus sócios para a instrução do processo. (fonte: G1-RJ/foto reprodução TV Globo)

Confirmada morte de Teori Zavascki em acidente aéreo no litoral do Rio

Relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Teori Zavascki morreu na tarde desta quinta-feira (19), aos 68 anos, após a queda de um avião em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro. A morte de Teori foi confirmada pelo filho do magistrado Francisco Zavascki em uma rede social. Às 18h05 (horário de Brasília) o filho do ministro, Francisco Prehn Zavascki, escreveu no Facebook: “Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!”. Às 17h22, ele já havia publicado: “Amigos, infelizmente, o pais estava no avião que caiu! Por favor, rezem por um milagre”.

No meio da tarde desta quinta, chegou ao STF a informação de que o nome do ministro estava na lista de passageiros da aeronave que caiu no litoral fluminense. A lista foi entregue para a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, e também para o presidente da República, Michel Temer.

A Infraero informou que a aeronave prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, na capital paulista. O avião é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas.

A Anac informou que a documentação da aeronave estava em dia, com o certificado válido até abril de 2022 e inspeção da manutenção (anual) válida até abril de 2017. O dono e operador da aeronave é o Hotel Emiliano, segundo informações de abril de 2016 disponíveis no Registro Aeronáutico Brasileiro, documento divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que reúne uma relação de todas as aeronaves brasileiras certificadas pela Anac. (fonte: G1 Brasília/foto: Marinha/divulgação)

Ministro do STF está entre passageiros de avião que caiu no litoral do Rio, confirma filho

Um avião de pequeno porte caiu no começo da tarde desta quinta-feira (19) no litoral de Paraty, na região sul do Estado do Rio de Janeiro.

O STF (Supremo Tribunal Federal) informou que nome do ministro Teori Zavascki (foto) estava na lista de passageiros de um avião que caiu em Paraty, no Rio de Janeiro, informou a assessoria de imprensa do STF.  Teori é o relator da Operação Lava Jato no Supremo.

Ainda segundo o STF, o presidente Michel Temer e a ministra Cármen Lúcia já foram informados do acidente.

O filho do ministro, o advogado Francisco Prehn Zavascki, também confirmou que o ministro estava na aeronave. “O pai estava no avião e a família está aguardando por um milagre”, disse Francisco.

Segundo a assessoria de imprensa do STF, a presidente da Corte, Cármen Lúcia, está retornando à sede tribunal. Ainda não há informações sobre se ela irá ao Rio de Janeiro acompanhar os desdobramentos do acidente.

Segundo a assessoria de imprensa da FAB (Força Aérea Brasileira), o avião de modelo Beechcraft C90GT, prefixo PR-SOM, saiu do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, às 13h (horário de Brasília). De acordo com funcionários do aeroporto de Paraty, a aeronave caiu no mar por volta das 13h30, momento em que chovia na região.

Nem a FAB nem os bombeiros informaram sobre quantas pessoas estavam a bordo e sobre o estado de saúde das mesmas.

Segundo informações disponíveis no site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o Beechcraft C90GT tem capacidade para sete passageiros, além do piloto. É um avião bimotor turboélice fabricado pela Hawker Beechcraft. A aeronave PR-SOM está registrada em nome da Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras Limitada.

De acordo com a FAB, uma equipe do Seripa-3 (Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) está a caminho de Paraty para iniciar a investigação sobre o acidente. Integrantes da Marinha e do Corpo de Bombeiros prestam assistência no local.

Lava Jato

Teori é o relator da Lava Jato no Supremo.

Investigadores da Lava Jato trabalham com a previsão de que todo o conteúdo das 77 delações da empreiteira Odebrecht, considerada a maior delação do esquema, seja tornado público na primeira quinzena de fevereiro. A expectativa de investigadores era de que o ministro Teori Zavascki, a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, retire o sigilo dos cerca de 900 depoimentos tão logo as delações sejam homologadas. Isso estava previsto para ocorrer após o fim do recesso do Judiciário, nos primeiros dias de fevereiro. (fonte/foto: UOL)

Mais um ex-governador do Rio é preso em operação da Polícia Federal

Sérgio Cabral

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (17) a 37ª fase da Operação Lava Jato e prendeu o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral.

Ele é acusado de liderar um esquema que desviou mais de R$ 200 milhões.

Batizada de ‘Calicute’, a operação é uma ação conjunta da PF com Ministério Público e Receita Federal com objetivo de investigar o desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do Estado do Rio de Janeiro. O prejuízo estimado é superior a 220 milhões de reais, segundo a PF.

“A apuração em curso identificou fortes indícios de cartelização de grandes obras executadas com recursos federais mediante o pagamento de propinas a agentes estatais, incluindo um ex-governador do Estado do Rio de Janeiro”, diz nota da PF.

Participam da operação 230 policiais federais que cumprem 38 mandados de busca e apreensão, 8 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 14 mandados de condução coercitiva, expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Agentes cumprem ainda 14 mandados de busca e apreensão, 2 mandados de prisão preventiva e 1 mandado de prisão temporária expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

Investigação

São investigados os crimes de organização criminosa, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, entre outros. Também participam das diligências 19 procuradores do MPF e cinco auditores fiscais da Receita. A Operação Calicute é resultado de investigação em curso da Lava Jato no Rio de Janeiro, em atuação coordenada com a força-tarefa do Paraná. (Fonte: Veja/foto reprodução)

Ex-governador do Rio de Janeiro, Garotinho é preso pela PF

garotinhoEx-governador do Rio de Janeiro e atual secretário de Governo do município de Campos do Goytacazes, no Norte Fluminense, Anthony Garotinho foi preso pela Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (16). A prisão ocorreu no apartamento do político, na Rua Senador Vergueiro, número 154, no Flamengo, Zona Sul da capital carioca.

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Glaucenir Silva de Oliveira. Trata-se de uma operação da Justiça Eleitoral de Campos. A defesa de Garotinho diz que a prisão é ilegal. O secretário de Campos foi levado para a sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro, na Zona Portuária, e seria encaminhado depois para Campos ainda nesta quarta-feira.

A detenção faz parte de mais uma fase da Operação Chequinho, que investiga o uso eleitoral do programa “Cheque Cidadão”. A Polícia Federal cumpre mandados de prisão desta operação há cerca de um mês, para combater supostos crimes eleitorais em Campos dos Goytacazes. (fonte: Jornal do Brasil/foto: Inácio Teixeira)

Agricultores familiares do norte baiano expõem produtos em feira no Rio de Janeiro

produtos coopercuc

Vários produtos produzidos na Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) estão sendo expostos na Feira dos Povos e da Biodiversidade do Brasil, realizada na região portuária do Rio de Janeiro. O convite para o evento foi uma iniciativa da Secretaria Executiva do Conselho Nacional dos Povos e Comunidades Tradicionais, do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário – responsável pela organização da feira. Foram selecionados empreendimentos dos sete biomas brasileiros: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Costeiro e Marinho, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal.

Geleias, doces, compotas e cerveja de umbu são alguns dos produtos produzidos na Coopercuc. A Feira dos Povos ocorre em dois locais de grande circulação com potencial para divulgação e oportunidades de negócios: o Jardim Botânico ( de 18 a 21) e a Casa Brasil, no Píer Mauá (19 e 20).

Criada em 2004, a Coopercuc é formada por 204 cooperados (a maioria mulheres), que produzem doces e geleias com frutas nativas do sertão. Através da linha Gravetero, a cooperativa vende seus produtos nos mercados mais sofisticados do Brasil, além de exportar para a Itália, França e Áustria. Em julho, o Governo da Bahia inaugurou a agroindústria da Coopercuc. A fábrica deve entrar em plena operação a partir de dezembro, na safra do umbu. (foto/divulgação)

Após matar companheira no Rio de Janeiro, homem é preso em rodoviária de Sertânia

Um homem acusado de matar a companheira em Bangu, no Rio de Janeiro, foi preso na última quarta-feira (10) na rodoviária de Sertânia (PE), Sertão do Moxotó, durante uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar.

Segundo a Polícia Civil, que só divulgou as informações na noite de ontem (11), Manoel Irenildo de Souza, de 30 anos, tinha como destino a cidade de Sumé (PB).

A Polícia Civil não informou quando o crime aconteceu, mas disse que causou uma grande repercussão e o investigado era alvo prioritário da polícia carioca. Ainda segundo informações, Manoel Irenildo alegou motivos passionais  para cometer o crime, confirmando que após assassinar a vítima, escreveu nas paredes do imóvel declarações de amor com o sangue da mulher. Ele foi encaminhado ao Presídio Brito Alves, em Arcoverde, também no Moxotó.

Homem é preso em rodovia do Rio de Janeiro com 2 toneladas de maconha

maconha apreendida RJ

Um homem foi preso e cerca de duas toneladas de maconha foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), além de armas e munições, em uma blitz na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Seropédica, na Região Metropolitana do Rio, na madrugada de quinta-feira (7). (mais…)

Zika: OMS nega pedido de cientistas para adiar Olimpíada do Rio

dengue_274x200A Organização Mundial da Saúde (OMS) rebateu neste sábado (28) as declarações de um grupo de cientistas e afirmou que não há motivos para adiar ou cancelar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, previstos para agosto, devido ao surto do vírus Zika. Na avaliação da OMS, eventual mudança no calendário da competição não alteraria significativamente a propagação do vírus. O Brasil é um dos 60 países que registraram a presença do Zika em seu território.

(mais…)

Centenário de nascimento de Arraes será lembrado por escolas de samba

Miguel ArraesO mito da política pernambucana, ex-governador Miguel Arraes (PSB), será o tema-enredo da escola de samba Unidos da Vila Isabel, que desfilará no Sambódromo nesta segunda-feira (8). E não é só no Rio de Janeiro que Arraes ganhará homenagem.

Amanhã (9) os Gigantes do Samba apresentarão um samba-enredo tendo o socialista como mote. É só uma mostra do que vem por aí.

Se em agosto de 2015 foi criada a ‘Semana Eduardo Campos’ para marcar os 50 anos de seu nascimento, 2016 será dedicado a homenagear o centenário do nascimento de Arraes. Até o dia 15 de dezembro, data em que ele nasceu, estão previstas várias solenidades, festas e medalhas comemorativas.

As primeiras iniciativas, algumas até de fora do PSB, já começaram. É o caso do deputado estadual Joel da Harpa (PROS), que apresentou um projeto de lei à Assembleia Legislativa criando a medalha comemorativa ao centenário de Arraes. No último dia 2/02, na volta do recesso, o deputado federal João Fernando Coutinho (PSB) apresentou requerimento para a Câmara fazer sessão solene e homenagear Arraes também. Teve apoio do PRB, PSOL, PPS, PSDB, Rede e PT.

Não vão faltar também obras batizadas com o nome de Arraes, além de festas e discursos. Em Pernambuco, o PSB, o Instituto Miguel Arraes, a Alepe e o Governo Paulo Câmara montaram uma comissão para programar eventos e homenagens. Tudo em ano eleitoral. Quem deve adorar é a oposição ao PSB. (fonte: JC Online/Coluna Pinga Fogo/foto reprodução)

Petrolina e Juazeiro são selecionadas para receber tocha olímpica em 2016

tochaPetrolina, em Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia,  estão entre as cidades brasileiras que irão receber a tocha olímpica para as Olimpíadas Rio 2016. A notícia foi confirmada nesta sexta-feira (3) pelas assessorias de comunicação das prefeituras das duas cidades.

O anúncio foi feito em Brasília pela presidente Dilma Rousseff e pelo presidente do Comitê Organizador dos Jogos, Carlos Arthur Nusmann.

Além de Petrolina e Juazeiro, outras 80 cidades receberão a tocha, que sairá em maio de 2016 de Olímpia (na Grécia), cidade-berço da Olimpíada.

A passagem da tocha olímpica pelos principais centros urbanos do país se encerrará no dia 5 de agosto de 2016, quando o último condutor da tocha acenderá a Pira Olímpica durante a cerimônia de abertura dos Jogos, no Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ). Os destinos finais para cada dia foram escolhidos para que a rota pudesse atingir o maior número possível de brasileiros dentro da duração estimada do revezamento. (foto/reprodução)

River Shopping divulga ganhador da viagem para o Rio de Janeiro

Fachada RiverNesta segunda-feira (11), o River Shopping realizou o primeiro sorteio da campanha “Destino das Emoções”. Otávio Augusto de Souza Bastos, morador do Centro de Petrolina, foi o ganhador da viagem com acompanhante para o Rio de Janeiro. O prêmio é em parceria com a CVC Viagens.

Quem não foi contemplado ainda tem chances de faturar outros prêmios. No dia 15 de junho, será sorteada uma viagem para Gramado (RS); e no dia 30 de junho, um Jeep Renegade Sport – o lançamento nacional da Jeep.

Para participar o cliente trocará, a cada R$ 180,00 em compras nas lojas participantes da promoção, sua nota fiscal por um cupom eletrônico, respondendo à seguinte pergunta: “Qual o shopping comemora todas as datas com você?”. O estande está montando em frente às lojas Geani e Cupon. O regulamento está disponível no site do Shopping. (foto/divulgação)

Atleta paralímpico juazeirense é vice-campeão da Copa Rio de Janeiro de Ciclismo 2015

Ulberte OliveiraO juazeirense Ulberte Oliveira, ciclista paralímpico, é o vice-campeão da Copa Rio de Janeiro de Ciclismo 2015, que foi realizada no último sábado (15), no Rio de Janeiro. Ulberte contou com o apoio da prefeitura de Juazeiro, através da secretaria de Educação e Esportes, que pagou passagem e estadia do atleta no Rio.

Fui com muita coragem e dei o melhor de mim. Acabei sendo o segundo colocado e sem a ajuda do secretário eu não teria conquistado esse sonho”, afirma o atleta.

Recentemente, a Câmara de Vereadores aprovou o projeto do executivo Bolsa Atleta, que beneficia atletas com bom desempenho olímpico, mas que não têm condições de investir no talento, a disputar as competições. No programa, 10 atletas de melhor ranking em suas federações receberão R$ 1 mil cada, mensalmente, para ajudar nos custos de treinamento e competições. 20% dessas vagas são disponibilizadas aos atletas paralímpicos.

Eu já fiz minha inscrição no Bolsa Atleta e tenho certeza de que serei um dos selecionados. Meu objetivo é chegar nas Paraolimpíadas 2016, que está bem encaminhada. Eu sou o primeiro no ranking carioca, o único atleta paralímpico ativo de Juazeiro. Apesar de ter sido uma luta chegar onde cheguei, ainda tenho muitos sonhos para conquistar e esse projeto veio para somar ainda mais nos meus planos”, ressalta Ulberte. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por agencialaguz.com.br