Onda de violência: Mais dois homicídios em Juazeiro voltam a alarmar população

Mais dois assassinatos em Juazeiro (BA), ocorridos na noite de ontem (15), voltam a deixar a população alarmada com a onda de violência na cidade. O primeiro crime ocorreu no Bairro Olarias. A vítima é um homem identificado como Guilherme Gonçalves. Ele foi morto dentro de uma residência na Rua 3, com vários tiros. Os disparos também atingiram outro homem, o qual foi socorrido. O estado de saúde dele não foi informado.

O segundo homicídio aconteceu próximo à Câmara de Vereadores, entre os Bairros Piranga e Malhada da Areia. A vítima também foi outro homem, identificado apenas como “Romero “. Ele estava num bar e foi morto ao deixar o estabelecimento. Um conhecido que o acompanhava foi baleado. O estado de saúde dele também é desconhecido. A Polícia Civil deverá investigar os dois casos.

Número de homicídios em Pernambuco passam de 2 mil somente este ano

A onda de violência em Pernambuco segue cada vez mais apresentando números de guerra civil. Segundo a Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS), nos quatro primeiros meses deste ano foram registrados 2.037 assassinatos, ante os 1.408 casos registrados no mesmo período do ano passado – o que representa um crescimento acumulado de 45% no primeiro quadrimestre deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado.

Desse total, 946 homicídios foram registrados na capital, Recife. As outras 1.168 mortes aconteceram no interior. Se continuar nesse ritmo, o Pacto Pela Vida vai ficar muito perto de se tornar apenas uma ‘sombra’ daquilo que o saudoso governador Eduardo Campos esperava do programa.

Homem é assassinado com vários tiros no João XXIII, em Juazeiro; homicídios em maio já chegam a quatro

A escalada da violência em Juazeiro (BA) deixou mais uma. Um homem foi assassinado com vários tiros por volta das 16h20 desta quarta-feira (10), no Bairro João XXIII.

Segundo informações, este já é o quarto homicídio registrado apenas em maio. A Polícia Civil (PC) deverá investigar o caso, já que até o momento ainda não se sabe a autoria nem a motivação do crime.

Juazeiro registra dois homicídios na manhã de hoje

Dois homicídios foram registrados em Juazeiro (BA) na manhã desta quarta-feira (22). Segundo informações, o primeiro aconteceu no distrito de Pinhões, zona rural da cidade. A vítima, um homem ainda não identificado, foi atingida por vários disparos de arma de fogo.

O segundo caso aconteceu no Mercado do Produtor, por volta de 11h. A vítima também foi um homem que trabalhava no setor da melança. Não há informações sobre os criminosos. Ambos os corpos serão encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT). (foto/reprodução)

Pernambuco deve ter em fevereiro nova alta em número de homicídios

Ainda não é oficial, mas fevereiro deverá também ser violento como o mês de janeiro no estado de Pernambuco. O mês de apenas 28 dias deve contabilizar 480 homicídios, dois a mais que em janeiro.

Só entre sexta, 24 e a terça-feira, 28, período do carnaval, foram 66 mortes, sendo 38 no interior e 28 na Região Metropolitana do Recife.

O anúncio oficial dos números da violência em Pernambuco, deve ocorrer nesta quinta-feira, 2, na Secretaria de Defesa Social, no Recife.

 

Estado-violência: Pernambuco registra 28 homicídios em 24 horas

A violência em Pernambuco chegou às raias do absurdo. Nas últimas 72 horas foram registrados 52 homicídios – destes, 25 aconteceram no Grande Recife e 27 no interior do Estado. Apenas nas últimas 24 horas, 28 homicídios foram registrados, o que dá mais de uma pessoa morta por hora.

Entre a sexta-feira (10) e o sábado (11), seis mortes violentas foram cometidas – quatro no interior e duas na Região Metropolitana. Já do domingo (12) para segunda (13), 28 pessoas foram assassinadas. Desse total, 13 no interior e 15 na Região Metropolitana.

Os números não deixam mais dúvida alguma de que o Pacto Pela Vida fez água. (com informações da Rádio Jornal)

Petrolina entre as cidades mais violentas de Pernambuco

Principal cidade do Sertão, Petrolina é a única da região a integrar o ranking das mais violentas de Pernambuco. A cidade aparece na 12ª colocação no Estado. A liderança é do Recife. O ranking foi divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS) esta semana. Ao todo foram 658 assassinatos no último ano na capital. Em seguida está Jaboatão dos Guararapes (também na Região Metropolitana), com 371 homicídios, e Caruaru (no Agreste), que registrou 225 mortes.

Já em relação à taxa de homicídios para cada 100 mil habitantes, a liderança foi do município do Cabo de Santo Agostinho. O índice é de 73,83 assassinatos para cada 100 mil habitantes. Vale lembrar que a ONU preconiza como “aceitável” um índice de até 10 mortes para cada 100 mil habitantes.

Os dados fazem parte do estudo “Conjuntura Criminal de Pernambuco”, produzido desde a criação do programa de segurança Pacto pela Vida.

Confira ranking:

1 – Cabo de Santo Agostinho – 73,83

2 – Caruaru – 62,85

3 – Vitória de Santo Antão – 61,94

4 – Igarassu – 54,40

5 – Jaboatão dos Guararapes – 54,14

6 – São Lourenço da Mata – 48,57

7 – Camaragibe – 46,52

8 – Olinda – 44,72

9 – Recife – 40,9

10 – Paulista – 37,74

11 – Garanhuns – 37,28

12 – Petrolina – 34,8

*taxa calculada para cada 100 mil habitantes (Fonte: JC Online)

Bancada de oposição na Alepe ‘pega no pé’ de Paulo Câmara sobre homicídios no Estado: “Criminalidade crescente”

O governador Paulo Câmara (PSB) não está conseguindo nenhum momento de trégua na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) quando o assunto é violência. O líder da bancada de oposição, Silvio Costa Filho (PRB), fez mais um discurso contundente sobre o número de homicídios no Estado, que segundo ele cresceu 30% desde o início da gestão. No ano passado foram registrados 4.458 assassinatos até o dia 30 de dezembro – o pior resultado desde 2008, quando foram notificados 4.528 casos.

“Desde 2008 e 2009 não eram registrados mais de 4 mil mortes no Estado, o que infelizmente voltou a acontecer em 2016 por causa da falta de comando do Governo”, avalia o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

A Bancada vem chamando a atenção, desde 2015, para a necessidade de rediscutir o Pacto pela Vida. Silvio lembra, inclusive, que os parlamentares da oposição estão à disposição do Governo e da presidência da Alepe, caso seja necessário votar o projeto para policiais e bombeiros militares antes da volta do recesso. Além dos homicídios, os índices de criminalidade aumentam também em outras áreas. Em 2016 foram cometidos 1.916 assaltos a ônibus, segundo o Sindicato dos Rodoviários do Estado; e até o mês de novembro foram registradas 13 assaltos a bancos, cinco sequestros, 28 explosões e 13 arrombamentos de agências bancárias, além de 128 explosões de caixas eletrônicos e cinco ataques a carros-fortes.

A oposição na Alepe vem intensificando o diálogo com a sociedade, entidades e representantes dos demais poderes do Estado, como o presidente da OAB de Pernambuco, Ronnie Duarte, e o presidente do TJPE, Leopoldo Raposo. “Nas próximas semanas devemos agendar uma visita ao novo procurador-geral de Justiça do Estado, Francisco Barros, para discutir como reduzir a criminalidade. Na volta do recesso parlamentar vamos agendar uma audiência pública para fazer um amplo debate com a sociedade sobre o tema”, reforçou o parlamentar. (foto:Rinaldo Marques/divulgação)

Secretaria de Defesa Social de PE deflagra Operação ‘Esforço Geral’ em todo o Estado

A Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco deflagrou nesta quarta-feira (11), através da Polícia Civil (PC), a Operação ‘Esforço Geral’. A medida faz parte de outra operação – a ‘Polícia nas Ruas’ –, dentro do Pacto Pela Vida.

Segundo a assessoria da SDS, a ‘Esforço Geral’ consiste em, dentro de um período de 24 horas, dar cumprimento ao maior número de mandados de prisão, bem como realizar prisões em flagrante delito em todo o Estado. A operação o objetivo de combater crimes de homicídio, tráfico de drogas, contra o patrimônio, entre outros delitos.

Nesse prazo em que a operação vai atuar serão empregados, em todo o Estado, 792 Policiais Civis, sendo 152 delegados e 640 agentes e escrivães – todos lotados nas várias Delegacias Circunscricionais e Especializadas da PC.

Mortes violentas diminuem em Petrolina

Apesar dos números negativos sobre os homicídios em Pernambuco, quando o índice de 13% ficou acima da meta de 12% do Pacto pela Vida, Petrolina andou nessa contramão e conquistou o primeiro lugar em todo o Estado na redução de mortes violentas de 2015 para 2016, em números absolutos. A maior cidade do Sertão do Estado havia contabilizado 146 homicídios em 2015, mas terminou 2016 com 138 pessoas vítimas de mortes violentas, atingindo 8,7% de redução numa comparação com o ano anterior.

“São números que demonstram o total empenho de nossa corporação, que apesar das dificuldades que o País e o Estado passam, não mediu esforços para a obtenção dessa redução. Também atribuo essa diminuição dos homicídios em nossa cidade ao apoio da população que foi fundamental para esse bom resultado“, avaliou o Major Marcos Costa, chefe da Central de Operações do 5º BPM de Petrolina.

E o Major Costa afirma que 2017 continua nesse ritmo até o momento. Conforme o oficial, não houve nenhum homicídio na cidade nesses primeiros dias do ano. “Neste mesmo período no começo de 2016, tínhamos notificados já dois homicídios na cidade. Então em termos de comparação, essa redução chega a 100% este ano”, comemorou.

 

 

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br