Fernando Bezerra e Miguel Coelho reúnem-se com representantes do judiciário pernambucano e fazem reivindicações

Após participarem da inauguração da Policlínica da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), o senador Fernando Bezerra Coelho e o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, reuniram-se, ontem (17), com o defensor público-geral do Estado de Pernambuco, Manoel Jerônimo de Melo Neto, e o procurador-geral de Justiça do Estado, Francisco Dirceu Barros.

Durante a audiência, no escritório político do senador, em Petrolina, foram avaliadas e programadas ações conjuntas na área social, em benefício à população mais carente do município. Entre as medidas discutidas, destacam-se a Defensoria Pública Itinerante, a instalação de uma nova sede do Ministério Público (MP) na cidade e o SUS Mediado – serviço de mediação entre a Defensoria, o MP e a Prefeitura de Petrolina para a solução mais rápida de conflitos no âmbito do Sistema Único de Saúde, sem a necessidade de intervenção da Justiça – a chamada “judicialização da Saúde”.

No encontro, Manoel Jerônimo Neto também agradeceu o apoio do senador em defesa das necessidades da Defensoria Pública de Pernambuco e pelo reconhecimento da atual gestão e da importância do órgão.

Na Tribuna do Senado, Fernando Bezerra Coelho destaca bicentenário da Revolução Pernambucana

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) subiu à Tribuna do Plenário do Senado, ontem (6), para lembrar a celebração dos 200 anos de início da Revolução Pernambucana. “Um dos mais importantes movimentos libertários da história do Brasil”, destacou. “Revolução que tinha como pilares alguns valores que até hoje nos sãos extremamente caros: liberdade religiosa, liberdade de imprensa e a igualdade de todos perante a lei”, completou o senador.

Ao observar que o movimento fez nascer a primeira república do país e também reuniu os (então) territórios da Paraíba, do Rio Grande do Norte e de parte do Ceará, a revolução resultou em importantes frutos para o Brasil. “Ela foi o vapor da inspiração para uma série de outros movimentos revoltosos, incluindo a Confederação do Equador, que também teve em Pernambuco seu epicentro”, ressaltou o socialista. (foto:Assessoria/divulgação)

FBC garante que só pensa em disputar Governo de Pernambuco em 2022

O senador Fernando Bezerra Coelho não está interessado em ser o candidato do PSB ao Governo de Pernambuco em 2018. Ele está rouco de dizer que o candidato de sua preferência é o governador Paulo Câmara. Agora, na sucessão de 2022, não abre nem para um trem carregado de dinamite.

O prefeito Geraldo Júlio, que entrou na fila do PSB agora, vai ter que esperar. O senador tem cacife no PSB para se apresentar como candidato em 22. (De Agência)

Temer liga para FBC confirmando ter sancionado PL que compensa municípios geradores de energia hidroelétrica

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) recebeu um telefonema no final da tarde de ontem (23) que o deixou rindo à toa. Quem ligou foi ninguém menos que o presidente Michel Temer, para informar o líder socialista no Senado que sancionou o Projeto de Lei Complementar 163/2015, o qual prevê medidas de compensação aos municípios geradores de energia hidrelétrica. O texto teve como origem o PL 525/2015, de autoria de Fernando Bezerra.

Esta é uma reivindicação histórica de muitas cidades brasileiras, que agora passam a contar com mais recursos, distribuídos de uma maneira justa e eficaz. O presidente Michel Temer foi sensível ao apelo que fizemos. Tenho certeza que esta medida dará mais tranquilidade a muitos prefeitos em todo o Brasil“, afirmou o senador.

Fica estabelecida uma média nacional para a divisão do Valor Adicionado Fiscal (VAF) do ICMS da geração de energia entre os municípios que possuem hidrelétricas, o que não implicará em aumento deste imposto nem de qualquer outra tarifa ao consumidor.

O objetivo é minimizar os impactos causados aos municípios produtores de energia, que perderam receita com a queda do preço da energia, ocasionada pela Lei 12.783/2013. “Não haverá reflexos ao consumidor e é justo que as cidades que abrigam as usinas passem a receber uma parte maior do ICMS“, explica Fernando Bezerra. “É uma correção histórica”, acrescenta o líder do PSB no Senado. As informações foram repassadas pela assessoria do socialista. (foto/arquivo)

 

 

Adalberto Cavalcanti continua ensaiando reaproximação com grupo do senador FBC

O deputado federal Adalberto Cavalcanti (PTB) continua ensaiando uma reaproximação política com o grupo do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB). Nos bastidores de Petrolina, corre à boca pequena que ele mira ser o deputado estadual do grupo, já que teria se manifestado por diversas vezes de que não gostou da experiência como federal.

Enquanto isso, ele tirou emendas destinadas a sua terra-natal, Afrânio (PE), no Sertão do São Francisco, e está destinando para Petrolina R$ 360 mil para aquisição de três picapes, que serão usadas no Programa Saúde da Família (PSF); R$ 600 mil para calçamento nos Bairros Cosme e Damião e outros; e R$ 1,4 milhão para construção de duas unidades básicas de saúde. O total em emendas individuais do petebista incluídas no Orçamento Geral da União (OGU) de 2017 para Petrolina chega a R$ 2,36 milhões.

“Debater e votar as reformas é o caminho para a retomada do crescimento”, diz senador FBC

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) subiu à Tribuna do Senado, na quarta-feira (22), para defender que o Congresso Nacional não adie mais o debate e a votação das reformas tributária, trabalhista e previdenciária. Na avaliação do líder socialista na Casa, a tramitação das reformas – somadas às medidas que vêm sendo tomadas pelo governo para a recuperação da economia – é “condição básica” para a recuperação dos empregos e a volta do crescimento sustentável do país.

Embora haja sinais de recuperação (econômica), não podemos ser tomados por um otimismo exagerado, que nos impeça de ver a necessidade urgente das reformas estruturantes“, afirmou. “A pauta do Congresso Nacional para este ano exigirá de todos nós coragem, espírito público e, sobretudo, disposição para o diálogo“, destacou o senador.

Conforme Fernando Bezerra, a reforma fiscal trará alívio ao peso tributário sobre o setor produtivo, as mudanças na área trabalhista modernizarão as relações de trabalho no país e os ajustes no sistema previdenciário são necessários para se reverter o rombo de R$ 183 bilhões estimados para este ano. “Ainda que tenhamos divergências sobre as origens da crise atual, sabemos todos, senadores e senadoras, que precisamos tomar medidas rápidas e eficazes para a retomada do crescimento“, observou. “As famílias que sofrem com a falta de trabalho não podem mais esperar pelo dia seguinte. Se vacilarmos, a recuperação da economia não acontecerá no ritmo necessário para a garantia do desenvolvimento social“, acrescentou.

FBC destacou ainda que a legenda socialista “não abrirá mão dos valores” que norteiam o partido: a defesa das políticas sociais e dos direitos da parcela menos favorecida da nossa sociedade. “O PSB tem a convicção de que as reformas são necessárias, mas trabalhará para que elas favoreçam a todos os brasileiros“, disse. E ressaltou que continuará buscando o consenso: “O que desejo e me proponho a fazer é garantir um debate em que todos os pontos de vista sejam considerados. Vamos dialogar com a sociedade para conhecer de perto as demandas de cada segmento e compreender as transformações necessárias”. (foto: Assessoria/divulgação)

Petrolina será pioneira em implantar programa federal voltado a gestantes e crianças do Bolsa Família

Em suas andanças pela Esplanada dos Ministérios no dia de ontem (21), o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) obteve a garantia do ministro Osmar Terra (Desenvolvimento Social e Agrário) de que Petrolina será um dos três municípios pioneiros no desenvolvimento do Programa ‘Criança Feliz’. As outras duas cidades-piloto serão Pelotas (RS) e Arapiraca (AL). Coordenada pela Pasta de Osmar, a iniciativa tem o objetivo de promover o desenvolvimento integral dos brasileiros durante a primeira infância.

O programa – que será desenvolvido por adesão dos municípios – priorizará gestantes e crianças de até três anos, beneficiárias do Bolsa Família, e crianças de até seis anos e as famílias delas, assistidas pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC). O comitê gestor do Criança Feliz é formado também pelos Ministérios da Justiça, da Educação, da Saúde e da Cultura. (foto: Assessoria/divulgação)

Governo federal deverá patrocinar São João de Petrolina este ano

O Carnaval de Petrolina nem começou, e o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) já conseguiu recursos para o São João – considerada a festa de maior tradição da cidade. A notícia foi garantida em audiência do socialista com o ministro do Turismo, Marx Beltrão, nesta terça-feira (21).

O senador teve a confirmação de que o governo federal vai patrocinar a festa. FBC também acertou com Beltrão uma visita do ministro a Petrolina, possivelmente já no próximo mês de março. (foto: Assessoria parlamentar/divulgação)

Renegociação do K1 gera controvérsia na Casa Plínio Amorim e senador FBC minimiza: “Polêmica desnecessária”

O recente anúncio do acordo referente à renegociação de até 95% de desconto nas dívidas do K1 – taxa cobrada pelo uso da água e da infraestrutura dos perímetros irrigados do Vale do São Francisco -, não foi suficiente para tranquilizar os pequenos produtores de Petrolina. O assunto acabou se transformando em controvérsia durante a sessão plenária de ontem (16), na Casa Plínio Amorim, após uma moção de aplausos apresentada pelo vereador Ibamar Fernandes (PRTB) a lideranças políticas da cidade, que batalharam pelo acordo.

Um dos representantes da área irrigada na Câmara Municipal, o vereador Elias Jardim (PHS/foto) enalteceu a medida, mas fez ressalvas. Ele argumentou que a compreensão dos produtores locais era de que após a renegociação das dívidas, eles ficariam isentos da taxa do K1. Pelo menos foi isso que deixaram a entender o ministro da Integração Nacional Hélder Barbalho e a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, na última segunda-feira (13), quando visitaram a cidade para dar a notícia. Mas na prática, Elias disse que a história não é bem essa.

“Os produtores acreditaram que, quando renegociassem o K1, ficariam isentos da taxa”, afirmou. Aliado do deputado federal Guilherme Coelho (PSDB), o vereador Ronaldo Silva (PSDB) confirmou que o K1 não deixará de existir, mesmo após os produtores cumprirem o acordo. O colono do Perímetro Maria Tereza (KM-25), Francisco de Assis Pereira, disse que o dia “mais feliz da vida dos produtores” passou a ser o mais triste, porque descobriram que apesar da renegociação, não ficarão livres da taxa. “Se a gente vai pagar e continuar com essa conta, então é como se a gente não tivesse obtido nenhum sucesso”, lamentou.

Senador

Por telefone, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) assegurou que as dívidas vencidas do K1 no Perímetro Senador Nilo Coelho abrangem todos os produtores, porque o prazo para quitarem suas pendências – em torno de 25 anos – já venceu. Ou seja, estes vão se livrar do K1 após a renegociação. Mas no caso do Maria Tereza, segundo FBC, o valor das dívidas não é o total. Mas o parlamentar sertanejo acredita que essa polêmica é desnecessária nesse momento. “O importante é o pessoal aderir ao acordo e liquidar (as dívidas). Aí, depois de liquidar, você vai ver quem ainda restou. E vai ficar claro que o K1 ficará para aqueles que não tiveram todo o débito vencido, porque não se pode dar redução daquilo que não está vencido ou renegociado”, pontuou. Em relação à moção de aplausos, os vereadores Cristina Costa e Professor Gilmar Santos (ambos do PT), se abstiveram de votar.

Senador FBC pede a ministro Kassab prioridade para implementação de Armazém da Criatividade em Petrolina

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) esteve em audiências com ministros de Michel Temer no dia de ontem (14). Um dos encontros foi com Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia).

Na audiência o parlamentar pediu prioridade à implementação do Armazém da Criatividade em Petrolina. Tendo como referência o Armazém de Caruaru, o empreendimento na principal cidade do Sertão pernambucano – em convênio com o Governo do Estado – é planejado desde maio de 2014 e terá capacidade para qualificar 2 mil pessoas (ao longo de quatro anos de instalação) e apoiar diretamente ou dar suporte a cerca de 500 novas empresas inovadoras, além de outras ações nas áreas de criação de prototipação (laboratórios de design gráfico/web e desenvolvimento de games e animação), audiovisual, música e exibição.

Os Armazéns da Criatividade são estruturas especiais de suporte à inovação e ao empreendedorismo, que atuam de forma integrada com instâncias de ensino, ciência e tecnologia, em estreita articulação com o setor produtivo e com as políticas públicas da região onde se localiza. Eles fazem parte da expansão do Porto Digital e da política de interiorização da economia do conhecimento. A concepção, gestão e operação dos Armazéns da Criatividade cabem ao Porto Digital, parque tecnológico sediado no Recife e considerado um dos principais polos de inovação do país. (foto: assessoria/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br