Renegociação de dívidas do K1 em Pernambuco será retomada após Carnaval

Devido ao feriado de Carnaval, dia 28, e a paralisação do sistema no início de cada mês, o atendimento aos produtores dos Perímetros de Irrigação Senador Nilo Coelho e Bebedouro não será realizado durante a próxima semana, entre o dia 27 de fevereiro e 3 de março. As renegociações continuarão, normalmente, a partir do dia 6 de março.

O atendimento está sendo realizado das 8h às 11h e das 13h30, às 17h no setor financeiro. O presidente da Comissão de Negociação, Erasmo José da Silva, conta que, até aqui, os atendimentos têm sido muito proveitosos. “Até este momento, todos os produtores que estiveram aqui fecharam a renegociação. Os descontos têm sido satisfatórios e temos visto os produtores saírem da Codevasf felizes com os resultados”, informou. Ainda de acordo com Erasmo, têm sido atendidos, em média, 20 produtores por dia.

Os agricultores dos perímetros públicos de irrigação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) estão sendo beneficiados pela Lei 13.340, que autoriza a renegociação de dívidas de crédito rural de agricultores principalmente do Nordeste e do Norte. Em Pernambuco, produtores do Senador Nilo Coelho e Bebedouro já estão comparecendo à sede da 3ª Superintendência Regional (SR) Companhia, em Petrolina, para fazer a repactuação de suas dívidas.

Finalmente: Montada ‘força-tarefa’ em defesa do Rio Salitre

Solo fértil e água em abundância transformaram o Vale do Salitre, anos atrás, no principal abastecedor de frutas e verduras de Juazeiro (BA). A falta de cuidados, o uso indiscriminado da água e a proliferação de algarobas acabaram por deixar o rio praticamente inviável.

Agora, finalmente, a pedido da comunidade, a 6ª Superintendência Regional (SR) da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) iniciaram essa semana a limpeza da calha do rio, no trecho dos povoados de Goiabeiras I e II.

Com a retirada da lama no leito do rio, a água voltou a minar, enchendo de felicidade as mais de 150 famílias que vivem na região. Ainda faltam quase 5 km para a conclusão dos serviços, mas segundo o gestor da 6ª SR, Misael Neto, “está tudo dentro do programado”, segundo o gestor da 6ª SR, Misael Neto. (foto/divulgação)

Vídeo Blog: Área de preservação ambiental em perímetros da Codevasf de Petrolina está sendo devastada, dizem moradores

Codevasf volta a entregar obras em municípios pernambucanos

Passada a fase mais crítica da crise econômica que promoveu a diminuição no ritmo das atividades de órgãos públicos no País, a exemplo da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paranaíba (Codevasf), a 3ª Superintendência Regional (SR) da companhia em Petrolina tem retomado as ações na sua área de atuação, que corresponde a 69 municípios penambucanos. A Codevasf promoveu recentemente a entrega de equipamentos e obras nos municípios de Tabira e Solidão, Sertão do Pajeú.

O superintendente regional, Aurivalter Cordeiro, tem visitado os municípios com o objetivo de discutir ações, acompanhar obras e entregar equipamentos para o fortalecimento da agricultura familiar e melhorar a estrutura e o acesso a benefícios como a água, tão importante para o semiárido nordestino. Aurivalter esteve em Tabira para promover a entrega de um trator agrícola à Associação de Moradores do Sítio Boa Vista.

Na cidade de Solidão, o superintendente regional fez a entrega que conquistou de seis poços artesianos, articulados via emendas parlamentares. Os poços atenderão a comunidades de Caldeirão Grande, São Francisco, Pelo Sinal, Fabrício, Barra e Macambira, todas na zona rural. (foto/divulgação)

Superintendente da Codevasf solicita da PF providências contra invasões em áreas de perímetros irrigados de Petrolina

O superintendente da 3ª Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em Petrolina, Aurivalter Cordeiro, esteve nesta quinta-feira, 23, na superintendência da Polícia Federal (PF) em Juazeiro (BA). O gestor foi solicitar providências sobre invasões de áreas nos perímetros irrigados localizados na principal cidade do Sertão pernambucano.

Segundo uma fonte do Blog, as invasões ocorrem especialmente no Perímetro Senador Nilo Coelho e no Pontal. Um mandado de segurança existe desde 2012 para que as terras, que são boa parte de reserva legal de preservação do bioma Caatinga, sejam desocupadas. O Blog apurou ainda que já chega a 709 hectares o total de área de reserva legal invadida e totalmente destruída. Nas invasões, conforme informações, pode-se ver carros como caminhonetes de luxo, estacionadas.

Além de invadir área de reserva legal nos perímetros, os invasores também causam prejuízos para os agricultores legalmente instalados nas terras. Um dos problemas é o rateio da água que vem sendo retirada para atender as áreas ocupadas, em detrimento dos ocupantes legais das áreas irrigadas.

Funcionários de terceirizada da Codevasf continuam reclamando de salários atrasados; Companhia diz estar isenta de responsabilidade

No dia 8 de dezembro do ano passado, funcionários de uma empresa terceirizada da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) em Petrolina, a JM Engenheiros e Consultores Ltda, procuraram o Blog para denunciar um atraso de seis meses nos seus salários, à época. Mais de dois meses depois disso, eles voltaram a entrar em contato com o Blog para afirmar que a situação, infelizmente, continua a mesma. Ou seja, os funcionários estão desde de junho de 2016 sem receber.

Segundo relatos, o cenário é dramático. “Existem funcionárias gestantes sem poder fazer pré-natal por não ter recebido proventos; funcionários que perderam plano de saúde, adquiriram débitos em cartões de crédito e bancos devido à falta de proventos; outros que tiveram de trancar curso na faculdade por atraso de mensalidades; e funcionários que hoje têm seu veículo financiado em busca e apreensão, por falta de pagamento, entre outros”, diz um dos denunciantes.

A reportagem procurou a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf, a qual voltou a justificar que a responsabilidade pelo pagamento dos funcionários é da JM, conforme o seguinte link: Nota Codevasf Petrolina.

A 3ª SR ressaltou ainda que as obrigações contratuais entre a Companhia e a terceirizada estão em dia e que a empresa disporia de recursos para quitar as pendências com os funcionários. A Codevasf revelou que o contrato com a JM está suspenso porque o órgão federal aguarda dotação orçamentária.

Prazo para contribuir com tarifa da Transposição do São Francisco termina dia 26 de fevereiro

A Agência Nacional de Águas (ANA) promoverá audiência pública não presencial para obter contribuições para a formulação da metodologia de cálculo da tarifa que será cobrada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) pela prestação dos serviços de operação do Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF). Os interessados poderão enviar suas sugestões até às 18h do dia 26 de fevereiro, via correio (Setor Policial, Área 5, Quadra 3, Bloco T, Brasília-DF, CEP: 70.610-200), por meio eletrônico (e-Protocolo), diretamente no Protocolo da ANA, ou pelo site http://audienciapublica.ana.gov.br/. (mais…)

Mais de dois mil produtores de áreas irrigadas no Vale do São Francisco têm dívidas renegociadas por Ministério e Codevasf

As novas regras operacionais para que produtores rurais de projetos públicos irrigados sob gestão da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) renegociem suas dívidas foram fixadas nesta segunda-feira (13), pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, durante uma agenda de trabalho em Petrolina, da qual também participou a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino.

Os débitos contemplados na portaria assinada em Petrolina pelo ministro são relativos a vendas de lotes para titulação e uso de infraestrutura de irrigação, conhecidas como K1. A medida beneficia cerca de 12 mil agricultores atingidos pela seca prolongada em regiões do semiárido, sendo mais de 10 mil produtores em projetos irrigados da Codevasf. O documento regulamenta o artigo 13 da Lei 13.340, de 28 de setembro de 2016.

“Hoje damos mais um passo para garantir a adimplência do produtor rural, para que ele possa ter preservado aquilo que é mais valioso, que é ter seu nome limpo e, dessa forma, possa continuar trabalhando com afinco para fazer o Nordeste e o Brasil crescerem”, destacou o ministro Helder Barbalho.

“É com orgulho que estamos aqui divulgando essa boa notícia para os mais de 2,3 mil produtores que serão beneficiados pela ação nos perímetros irrigados geridos pela Codevasf em Petrolina”, afirmou a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, durante visita ao Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho. “A partir da próxima quinta-feira (16), todos os irrigantes já podem comparecer às superintendências regionais para fazer os cálculos dos seus débitos e, assim, poderem voltar a investir em suas lavouras”, completou Kênia.

Renegociação

A renegociação é válida para parcelas de dívidas vencidas entre 31 de dezembro de 2006 e 31 de dezembro de 2011. Os pagamentos poderão ser quitados até 29 de dezembro de 2017 e os descontos variam de 15% a 95%, considerando o período do débito. “É uma vitória para todos os produtores familiares do projeto porque agora terão mais tempo para renegociar e quitar seus débitos. É uma alegria enorme”, comemorou Cassiano Souza, produtor de uva e manga no N-11 do Nilo Coelho. (Foto: Ascom Codevasf e MIN)

Petrolina receberá investimento de R$ 5 milhões para obras de esgotamento sanitário

A cidade de Petrolina  receberá um investimento de R$ 5 milhões para obras de esgotamento sanitário. Na manhã de hoje (13), foi autorizado o convênio entre a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em evento realizado na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE)/Centro. A intervenção beneficiará cerca de 7 mil moradores dos bairros Jatobá, Idalino Bezerra e Henrique Leite.

Participaram da solenidade os Ministros da Integração Nacional, Helder Barbalho, das Minas  e Energia, Fernando Filho, o senador Fernando Bezerra Coelho,  o secretário de Desenvolvimento Econômico e vice-governador,  Raul Henry, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, o presidente da  Compesa, Roberto Tavares e a  presidente da Codevasf, Kênia Marcelino.

As obras  anunciadas irão  contemplar ações na  Bacia do Jatobá, com a implantação de rede coletora de esgoto nos bairros de Jatobá e Fernando Idalino, área central de Petrolina. De acordo com a Compesa, as intervenções serão executadas em até 18 meses. A comitiva também visitou a Estação de Tratamento de Água Vitória.

Renegociação

Além do anúncio dos recursos para saneamento, Helder Barbalho assinou a regulamentação da lei de renegociação dos débitos dos produtores dos projetos irrigados referentes à titulação dos lotes e ao K1 (tarifa por uso de água e infraestrutura fornecidos pela Codevasf). (foto/divulgação)

Ministério da Integração celebra convênios em Petrolina para obras de abastecimento d’água e renegociação de dívida do K1

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, visitará Petrolina nesta segunda-feira, 13, para assinar convênio de R$ 5 milhões entre a prefeitura municipal, Codevasf e Compesa, que serão utilizados em obras de saneamento básico no município. O evento contará com a presença do prefeito Miguel Coelho (PSB).

O ato terá ainda a presença do vice-governador Raul Henry (PMDB), do ministro de Minas e Energias, Fernando Filho, do senador Fernando Bezerra Coelho e da presidente da Codevasf, Kênia Marcelino. O anúncio ocorre a partir das 10h, na Estação de Tratamento de Esgoto da Compesa, Bairro do Jatobá.

Além de anunciar obras de saneamento, o ministro Helder Barbalho regulamentará a lei de renegociação dos débitos dos produtores dos perímetros irrigados referentes à titulação dos lotes e ao K1 (taxa de uso de água e de infraestrutura). O ato ocorre também na segunda-feira, a partir das 11h, no N-3 do Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho. (Foto: MIN Divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br