Projeto do IF Sertão-PE oferta análise de solo gratuita para pequenos produtores em Petrolina

0
(Foto: Divulgação)

Um projeto do Campus Petrolina Zona Rural do Instituto Federal de Educação do Sertão Pernambuco (IF Sertão-PE) está ofertando a realização da análise de solo para pequenos produtores. De acordo com o professor Fábio Freire, a ideia é popularizar o conhecimento sobre a análise de solo.

Se você não faz análise de solo nunca pode dizer que faz adubação. A planta precisa de 17 elementos químicos para viver. Quando você sabe a quantidade existente de cada um desses elementos, você saberá qual precisa ser reposto e em que quantidade“, explicou.

Ainda segundo o professor, o produtor consciente das características do solo evita custos desnecessários para produção, aumenta sua produtividade e reduz problemas ambientais. “Quando você aduba demais gera problema de salinidade. O solo pode ficar tão bom que não presta mais. O solo tem que ter equilíbrio, tem que estar balanceado. Se eu aumentar muito o cálcio, por exemplo, a planta vai sentir falta de potássio. Não só tem que ter esses elementos em níveis adequados, como tem que estar balanceado com os demais“, afirmou Fábio Freire.

Além do trabalho feito no laboratório, a equipe do projeto realiza visitas de campo, no intuito de orientar o produtor sobre a importância da análise, realização de coleta e prática de conservação de solo. “Recentemente visitamos um assentamento no projeto Maria Tereza, em Petrolina. Fizemos a coleta, juntamente aos produtores, analisamos e, a partir dos resultados, foram feitas recomendações de adubação“, disse a estudante de Agronomia, Jéssika Almeida.

Para Jéssika, o projeto oportuniza o contato com o produtor e uma visão mais ampla do que é a Agronomia. “Nós aprendemos mais, porque, além da teoria, a gente vê na prática e ainda aprende com a experiência dos produtores. É uma troca de conhecimentos“, afirmou.

Procedimento

O procedimento é gratuito e o foco são pequenos produtores, de preferência que nunca tenham realizado análise de solo. Para solicitar, o produtor pode procurar o Laboratório de Solos do campus Petrolina Zona Rural, informar a cultura, a profundidade em que foi retirada a amostra de solo e o tamanho da propriedade. “Não tem burocracia nem empecilho nenhum“, garantiu Jéssika.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome