Presidente do Sintraf sobre permanência de agricultores no Pontal: “Ministro da Integração deu pra trás”

por Carlos Britto // 01 de setembro de 2017 às 11:00

Após segunda reunião no Ministério da Integração Nacional, em Brasília, para evitar reintegração de posse sobre os agricultores familiares acampados no Pontal, zona rural de Petrolina, a presidente do Sindicato dos Agricultores Familiares (Sintraf), Isália Damacena, declarou que o titular da pasta, Helder Barbalho, recuou da decisão de deixá-los na área até uma solução definitiva.

De acordo com a sindicalista, o ministro afirmou na audiência que teve com o deputado Adalberto Cavalcanti e outros líderes sociais, que havia encaminhado a demanda dos agricultores para o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, o qual deve a fazer a avaliação sobre a permanência ou não da categoria no Pontal.

Na nossa primeira reunião, o ministro [Helder Barbalho] se mostrou simpático a nossa causa, encaminhando até mesmo uma orientação à Polícia Federal no sentido de não fazer a reintegração de posse”, lembra ela. “Agora, ele simplesmente deu pra trás, dizendo que quem vai cuidar da situação é a Casa Civil”.

Reintegração de posse

Ainda segundo Isália, com o revés a PF deverá realizar, no dia 12 de setembro, a retirada dos agricultores familiares do Pontal Sul. Dados do Sintraf apontam que cerca de 900 famílias acampam na área. “Venho dizendo nas rádios e para os nossos representados que não recuaremos em nossas reivindicações, e não vamos. O que faremos é lutar mais ainda”, declarou. (foto Helder/reprodução)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.