Mobilização que ficou apenas no campo democrático

Independente de quem foi a favor ou contra, a mobilização em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) que engrossou a greve geral contra as reformas propostas pelo Governo Temer, realizada no dia de ontem (28), ocorreu sem incidentes. Pelo menos nada foi divulgado nesse sentido.

Ao contrário de outras cidades, em que foram registros conflitos e até mortes, por aqui prevaleceu a democracia nas ruas. Protestar faz parte do jogo, desde que não saia do campo das ideias.

E é assim que sempre deve ser. Ou deveria. Nossa região deu um belo exemplo. (Foto/divulgação)

Moradores de bairro em Juazeiro reclamam de vizinho que construiu fossa no meio da rua

Moradores do bairro Dom Tomaz, em Juazeiro-BA, enviaram nota ao Blog, denunciando vizinho que resolveu abrir uma fossa em pleno meio da rua. O fato ocorre na Rua Rodelas, número 10, conforme reclamação da comunidade.

Eles citam até o nome da pessoa que diz se chamar Thiago e que seria proprietário dos quartos de aluguel existentes na rua.

A população pede providências ao poder público juazeirense, porque não aguenta mais o mau cheiro que exala da forma improvisada de esgotamento sanitário construída pelo morador.

Michel Temer deve demitir aliados de Gonzaga Patriota pelo ‘não’ do socialista à reforma trabalhista

 

O troco do presidente Michel Temer (PMDB) aos deputados infiéis da base governista não deve demorar, por terem sido contra à reforma trabalhista. Na lista está o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB). O pernambucano deve ter aliados seus exonerados de cargos no governo.

A lista completa atinge 25 parlamentares de partidos como PSB, PP e PMDB (sigla do presidente). A estratégia de Temer é retirar esses cargos e agraciar outros deputados com essas nomeações, em troca de votos para a aprovação da reforma da Previdência.

O Palácio do Planalto considera que foi traído por 70 parlamentares na votação da reforma trabalhista ocorrida esta semana, mas os 25 da lista na qual Gonzaga foi incluído são considerados pelo Governo Temer ‘irrecuperáveis’, para tentar convencê-los a aprovar a reforma previdenciária. (Com Folha de S. Paulo)

Seminários da cebola em Juazeiro têm saldo positivo, diz coordenação

Uma visita de campo à área irrigada do Projeto Salitre, na manhã de sexta-feira (28), marcou em Juazeiro (BA) o encerramento do 29º Seminário Nacional de Cebola e 20º Seminário de Cebola do Mercosul. O evento, que reuniu produtores, estudantes, pesquisadores, professores e especialistas de vários Estados brasileiros e de países como Argentina, Chile e Uruguai, foi considerado um sucesso pelos realizadores: Associação dos Produtores de Cebola do Médio São Francisco (Aprocesf), Associação Nacional dos Produtores de Cebola (Anace) e a Embrapa.

O encontro foi aberto na última quarta (26). De acordo com o presidente dos dois seminários, Pedro Cavalcante, a presença de público para os dois eventos, a qualidade dos palestrantes e a diversidade de temas apresentados superaram as expectativas. “Tivemos mais de 600 participantes debatendo temas como mercado, produtividade, melhoramento genético e sustentabilidade da cadeia produtiva da cebola. Foram momentos extremamente ricos com 12 palestras, um painel, visita de campo e a assembleia geral da Anace, onde escolhemos o novo presidente da entidade”, completou.

A eleição da nova diretoria da Anace reuniu produtores de Estados como Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Bahia. O novo presidente, Rafael Jorge Cursino, e o vice-presidente, Antônio Carlos Pagano, que ocupava a presidência da entidade, vão dirigir os trabalhos da Anace pelos próximos três anos.

Ao final do encontro, representando a comitiva de estrangeiros, o argentino Sergio Daniani também fez um balanço positivo do evento, principalmente no que diz respeito aos resultados obtidos com o 20º Seminário de Cebola do Mercosul. “Trocamos informações importantíssimas sobre a cadeia produtiva, com destaque para as novas tecnologias, o mercado de cebola no Mercosul e dados de produção. E aproveitamos ainda para divulgar a 21ª edição do Seminário, que ocorrerá em abril de 2018, na nossa capital, Buenos Aires”, adiantou. (Fonte/foto: CLAS Comunicação)

Bloqueio de salários: servidores de Petrolina só receberão se atualizarem dados

Os servidores públicos de Petrolina que tiveram seus salários de abril bloqueados por não terem feito o recadastramento até o final do prazo, encerrado dia 19 de abril, terão até o dia 14 de maio como última chance para a regularização dos dados. Quem fizer o recadastramento até este dia, receberá o salário já no dia 05 de maio. O segundo lote será liberado no dia 10 para o servidor que se regularizar sua situação cadastral até 09 de maio.

A Prefeitura Municipal, por meio das secretárias de Gestão Administrativa e da Fazenda, tinha infirmado anteriormente que os funcionários que não realizassem o recadastramento, poderiam ter os vencimentos de abril, pagos nesta sexta, 28, bloqueados.

Poucos mais de 200 servidores efetivos do município, entre os mais de 3700 do quadro, não tinham atualizado os dados até o prazo regulamentar final. Para esta última oportunidade, o servidor poderá realizar o recadastramento municipal, acessando a página da Prefeitura no endereço eletrônico http://recadastramento.petrolina.pe.gov.br.

Após a atualização dos dados será emitido um número de protocolo do recadastramento e em seguida procurar o seu órgão de lotação com a documentação exigida.

 

Vereador quer priorizar trabalho de ambulantes de Petrolina em eventos festivos da cidade

Uma indicação apresentada pelo vereador governista Aero Cruz (PSB) à Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim pretende solicitar da prefeitura um levantamento sobre o número de ambulantes que trabalham em Petrolina. A intenção é evitar prejuízos financeiros a esses profissionais em épocas de eventos festivos na cidade, por conta dos ambulantes de fora que vêm para Petrolina.

Segundo Aero, tem sido comum a presença excessiva de ambulantes de outros lugares – a exemplo de Feira de Santana (BA) – para o São João, Carnaval ou Moto Chico.

“Não tenho nada contra Feira de Santana, mas esses ambulantes chegam aqui em grande número, trabalham no final de semana tirando o emprego dos nossos ambulantes e barraqueiros, e na segunda-feira vão embora levando o dinheiro que poderia circular em Petrolina”, justificou.

Aero ressaltou que após ter esse levantamento em mãos, pretende dar entrada na Casa a um projeto de lei para valorizar o trabalho dos ambulantes e barraqueiros locais. O vereador disse já ter o apoio colega de bancada, Ibamar Fernandes (PRTB), e do oposicionista Gabriel Menezes (PSL). “Vamos sensibilizar os demais vereadores a apoiar o projeto, para que possamos dar uma melhor estrutura aos nossos ambulantes, priorizando seu trabalho, e assim o dinheiro ficar girando dentro da nossa cidade”, complementou.

Demanda

Um dos idealizadores do Moto Chico e admirador confessor dos eventos realizados em Petrolina, o vereador frisou que sua preocupação veio da demanda dos ambulantes locais, que o procuraram para lhe informar que em cidades próximas, como Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe, o município já garante essa ‘proteção’ aos profissionais. O vereador disse que a medida é necessária, até para fortalecer a associação dos ambulantes em Petrolina. Ele informou que, após o mapeamento, a prefeitura deverá reservar uma cota para quem é da cidade. A comprovação será feita mediante cadastramento, pelo qual o ambulante terá de comprovar residência. “Somente em caso de desistência desse ambulante em eventos festivos de Petrolina, o que vem de fora poderá ocupar essa vaga”, finalizou Aero.

Sobre quebra-molas irregular no São Gonçalo, AMMPLA orienta formalizar queixa

Sobre a reclamação de moradores do Bairro São Gonçalo, zona oeste de Petrolina, quanto à construção irregular de um quebra-molas na Rua 11, a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) informou que a queixa deve ser formalizada no órgão municipal.

Só a partir da queixa é que os técnicos da AMMPLA poderão tomar as providências necessárias, indo até o local e avaliando a situação. Vale lembrar que construção de quebra-molas deve ter a autorização da autarquia e seguir a legislação referente a redutores de velocidade, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Energia de Sobradinho pode ser desligada em outubro

Numa reunião ocorrida nesta sexta, 28, no ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), o assunto principal girou em torno da situação atual dos reservatórios no Nordeste, que começam a sentir os efeitos de secas seguidas há seis anos. A preocupação maior é a situação das usinas dos reservatórios da bacia do Rio São Francisco. A Usina Hidrelétrica de Sobradinho (BA), responsável por 60% da região Nordeste, está com somente 16,0% de reservas, justamente no momento em que o período chuvoso está terminando.

Diante dessa situação, de acordo à projeção do ONS, Sobradinho chegará ao volume morto ao final de outubro e corre o risco de ser desligada. A medida fará com que deixem de ser gerados 1.050 Megawatts, que deverão ser substituídos pelas caríssimas e poluentes termelétricas.

A medida, que é necessária, também é ruim para o consumidor, que terá que bancar o preço com o retorno da bandeira vermelha, usada para custear as termos fornecendo energia em períodos críticos dos reservatórios nas hidrelétricas. (Fonte: O Globo)

Preocupado com onda de assaltos na Vila Eduardo, comunitário desabafa: “Cadê o policiamento?”

Preocupado por conta da onda de assaltos no Bairro Vila Eduardo, zona leste de Petrolina, o comunitário José Tavares da Silva Filho clama às autoridades de segurança da cidade para minimizar essa questão.

Confiram:

Carlos Britto,

Quero deixar aqui minha indignação pela falta de segurança no bairro da Vila Eduardo. Claro que não só aqui, mas em toda a cidade.

Mas ultimamente aqui no Bairro Vila Eduardo está ocorrendo uma onda de assaltos e roubos de celulares, onde meliantes estão tocando o terror e amedrontando a todos do bairro. Acontece que pessoas de bem estão sendo assaltadas em frente de suas casas, por volta das 19h às 23h. É o que tenho ouvido e testemunhado.

Só aqui na rua onde moro, três pessoas perderam seus celulares em frente de casa, umas delas minha vizinha. Os bandidos chegam de moto e anunciam o assalto. Em menos de 1 mês foram 3 assaltos na mesma rua, fora os assaltos que têm acontecido nas outras ruas, em torno de 10 ou mais ações dos criminosos em menos de dois meses.

A população do bairro está insegura e cobra das autoridades o policiamento que até certo tempo estava acontecendo. E sem falar que o 5º Batalhão de Polícia Militar fica bem próximo ao bairro, ou seja, são vizinhos. Não aguentamos mais viver inseguros, é um direito nosso, estamos sufocados sem sair de casa, ao menos até a nossa calçada pra sentar um pouco, por medo de ser assaltado. Cadê o policiamento que estava aqui?.

Muito obrigado a todos, e espero que esse comunicado chegue as autoridades e algo possa ser feito.

José Tavares da Silva Filho/Comunitário

Enquanto isso…

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br