Operação Tiradentes 2017 da PRF em Pernambuco tem número de feridos menor que ano passado    

0

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou entre a quinta-feira (20) e o domingo (23) a operação Tiradentes 2017. Neste período, foram registrados 62 acidentes, com 28 feridos e duas mortes nas rodovias federais de Pernambuco. O mesmo feriado do ano passado – que teve um dia a mais – registrou 63 acidentes, com 46 feridos e uma morte. Esse foi o balanço divulgado pelo órgão nesta segunda-feira (24).

Entre os acidentes mais graves, está uma colisão frontal na última sexta-feira (21), envolvendo um carro e um caminhão que transportava uma torre eólica, na BR 232, em Custódia, no Sertão do Moxotó. O motorista do automóvel, de 29 anos, invadiu a contramão e faleceu no local. O outro acidente com óbito foi uma colisão traseira envolvendo um ciclomotor e um caminhão, que ocorreu no sábado (22), na BR 407, em Petrolina, Sertão do São Francisco. O condutor da moto, de 38 anos, tentou acessar a rodovia e colidiu contra o veículo de carga, vindo a falecer no local.

Durante quatro dias a PRF fiscalizou 3.519 pessoas e 3.369 veículos, sendo emitidas 1.232 autuações por diversas irregularidades. Entre elas, destacam-se 59 por ultrapassagens em local proibido, 44 pelo não uso do cinto de segurança, 20 pela falta da cadeirinha e duas pela ausência do capacete. O reforço na fiscalização do uso do dispositivo de retenção para crianças registrou o dobro de autuações do feriado da Semana Santa. Além disso, foram registradas 775 imagens de veículos que trafegavam com excesso de velocidade através da utilização de radares.

Bafômetro

Para coibir a embriaguez ao volante, foram realizados 1.088 testes com o bafômetro, que resultou na autuação de 34 pessoas, além da prisão de quatro motoristas que haviam ingerido bebida alcoólica. As ações tiveram reforço no Agreste do estado com o apoio de equipes da operação Lei Seca.

A fiscalização também recolheu 83 veículos irregulares, bem como apreendeu 51 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e 29 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH). A Base de Operações Aéreas realizou dois resgates aeromédicos em conjunto com o Samu e completou um total de cinco missões.

O enfrentamento ao crime contou com o apoio do Núcleo de Operações Especiais e dos grupos de Operações com Cães, Patrulhamento Tático e Motopoliciamento. Ao todo, sete pessoas foram presas por porte ilegal de arma, receptação de veículo roubado e adulteração de veículo automotor. Esse reforço também contribuiu para recuperar sete veículos roubados, sendo cinco caminhonetes, um carro de luxo e uma motocicleta.

Durante a operação ainda foram recolhidos quatro animais que estavam soltos às margens da rodovia e registradas três toneladas de excesso de peso em veículos de carga. As informações são do Núcleo de Comunicação da PRF. (Foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome