Mutirão em Petrolina pretende sensibilizar produtores rurais para lei que permite renegociação de dívidas

A Prefeitura de Petrolina e o Banco do Nordeste deram a largada a um mutirão para renegociação de dívidas dos trabalhadores e empreendedores do campo. A mobilização foi iniciada nesta sexta-feira (3), num grande evento com a participação do prefeito Miguel Coelho (PSB), o presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, e o senador Fernando Bezerra (PSB-PE). O primeiro encontro com os produtores ocorreu no auditório do Sest/Senat, que ficou lotado por agricultores, empresários, vereadores, lideranças comunitários e prefeitos do Sertão.

O mutirão foi motivado pela baixa procura dos produtores após a regulamentação da Lei 13.340, a qual prevê descontos de até 95% nas dívidas contraídas por produtores da região até o ano de 2011. De um total de 10 mil produtores em débito com o Banco do Nordeste, apenas 115 procuraram a agência de Petrolina para renegociar ou liquidar as dívidas, ou seja, 1% do público que poderia ser beneficiado.

Para sensibilizar, em especial, os pequenos produtores (em torno de 8 mil), a prefeitura irá mobilizar os trabalhadores do campo em regiões do interior de Petrolina para informar sobre a lei e os benefícios da renegociação. O prefeito ainda prometeu criar uma linha de crédito municipal para quitar as dívidas dos pequenos agricultores. “Foi uma luta muito grande para fazer essa lei, mas de nada adianta se os produtores não quitarem esse débito para voltarem a ter acesso ao crédito. A Prefeitura vai ajudar nesse processo, principalmente, os cerca de 8 mil pequenos produtores, pois esses são os que mais precisam de apoio“, garantiu o prefeito Miguel Coelho.

Para atender os cerca de 10 mil produtores que ainda estão com pendência, o BNB garantirá o atendimento especial na agência situada no Centro de Petrolina. “A classe política fez a parte dela nas figuras de pessoas como o senador Fernando Bezerra e os deputados Guilherme Coelho e Fernando Filho, aprovando e regulamentando a lei. O prefeito está fazendo a sua parte, mobilizando a sociedade, e nós, do Banco do Nordeste, vamos fazer o atendimento da forma mais rápida e efetiva possível“, destacou Holanda.

O presidente do BNB ainda acrescentou que deve levar a iniciativa de Petrolina para outras cidades do Nordeste. “O prefeito mostrou ser novo não apenas no mandato, mas também nas ideias. Vamos implementar essa mesma ação para mobilizar produtores que estão em dívida com outras cidades do Brasil, inclusive já fomos procurados por alguns prefeitos que se interessaram por construir uma parceria similar a que estamos fazendo em Petrolina“.

Lei

Em dezembro do ano passado, foi regulamentada a Lei 13.340, que garante a renegociação, repactuação e liquidação de dívidas rurais. Com a medida, mais de 674 mil (100 mil em Pernambuco) terão condições especiais para operações contratadas até dezembro de 2011, com descontos que podem chegar a até 95% sobre o saldo devedor nos casos de liquidação. Os rebates são de até 95% em casos de liquidação de operações de até R$ 15 mil no Semiárido, contratadas até 2006. Para contratações realizadas de 2007 a 2011, as condições de liquidação incluem rebates de até 50% para empreendimentos localizados no perímetro semiárido e de até 40% nos projetos localizados fora dessa área. Quem desejar repactuar a dívida, pode pagar até 2030, com juros de 0,5% ao ano no caso dos pequenos produtores. As informações são da assessoria da prefeitura. (foto: Ascom PMP/divulgação)

Comentários

Uma ideia sobre “Mutirão em Petrolina pretende sensibilizar produtores rurais para lei que permite renegociação de dívidas”

  1. Luiz Carlos disse:

    Muito estranha essa colocação que apenas 115 produtores procuraram a agência do BNB em Petrolina para renegociação de suas dívidas. Trabalho na área agrícola a mais de 25 anos e conheço vários produtores que estão com pedidos para análise de dívidas, para enquadramento na Lei 13.340, desde o início de Janeiro e até o momento o banco não deu retorno, alegando falta de pessoal para análise dos processos.

Deixe uma resposta

Últimas notícias

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br