Ministro do Meio Ambiente visita Uneb de Juazeiro e articula parcerias que contemplam a pesquisa e a extensão universitária

0
Edson Duarte visita o campus da Uneb, em Juazeiro. (Foto: Rubens Henrique/Divulgação)

O Departamento de Tecnologia e Ciências Sociais (DTCS) e o Centro de Agroecologia, Energias Renováveis e Desenvolvimento Sustentável (Caerdes), na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Juazeiro, receberam a visita do ministro de Estado de Meio Ambiente, Edson Duarte, ontem (11). A pauta do encontro foi a de tratar sobre a possibilidade de articular a pesquisa e a extensão universitária na perspectiva de fortalecer ações de desenvolvimento na área ambiental.

Durante o encontro, o ministro destacou que, diante das mudanças climáticas e de crises hídricas, no Rio São Francisco, na produção agrícola e no semiárido, o cenário é de dificuldades. Duarte disse, ainda que, apesar de toda essa produção na região do Vale do São Francisco, tão importante para a geração de emprego e renda, existe por trás disso um cenário preocupante que pode vir a comprometer, inclusive, essa produção, diante da crise hídrica e de outros aspectos ligados à produção. “Nós só temos como enfrentar tudo isso com o conhecimento, o estudo, a pesquisa e o trabalho de extensão, de tal forma que no Ministério do Meio Ambiente (MMA), o que estamos fazendo e que precisamos agir tem que ser feito baseado em conhecimento científico e conhecimento técnico, e as universidades podem ajudar muito nesse conhecimento necessário para as nossas ações”, ressaltou o ministro.

O diretor do DTCS, professor Dr. Jairton Fraga Araújo, falou sobre a importância de praticar uma agricultura que preserve a vida das pessoas de forma que venha diminuir os impactos ao meio ambiente. Na ocasião, Jairton relembrou que quando elaborou o projeto para a criação do Caerdes, que desenvolve pesquisa e extensão na área ambiental, contou com o aporte de emendas parlamentares de Edson Duarte para a construção do Centro. “Continuamos prontos e disponíveis para desenvolvermos parcerias junto ao MMA”, reforçou o diretor do DTCS e do Caerdes.

Parceria

Durante o encontro, o professor Dr. Leonardo Diego Lins, eleito diretor do DTCS para o próximo mandato no biênio 2018-2020, falou ao ministro que estreitarão ainda mais esses laços entre o DTCS e o MMA no sentido de buscar e promover parcerias que contemplem a pesquisa e a extensão na área ambiental.

O encontro contou ainda com a presença superintendente do Sebrae-BA, Jorge Khoury; do secretário municipal de Meio Ambiente, Agenor Souza; do assessor da Prefeitura de Salvador, Miled Cussa; do diretor do Centro Territorial de Educação Profissional do Sertão do São Francisco (CETEP – SF), Josemar Rodrigues, e representantes da Embrapa Semiárido e Senai.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome