Escultor juazeirense ameaça ‘derreter’ estátua em homenagem a Osvaldo Coelho por conta de calote da gestão anterior

Autor de várias esculturas adquiridas pela Prefeitura de Petrolina na gestão passada – de gosto, inclusive, questionado pelos petrolinenses – e um dos maiores defensores do Governo Julio Lossio (PMDB), o escultor juazeirense Ledo Ivo desabafou nas mídias sociais.

Depois da estátua do Padre Cícero, do relógio na Praça Dom Malan e da Iara no Rio São Francisco, que ficou conhecida como ‘Iemanjá de Julio Lossio’ Ledo disse que uma escultura em bronze, encomendada pela prefeitura em homenagem ao eterno deputado federal Osvaldo Coelho, pode ser dissolvida por falta de pagamento. Em outras palavras, o escultor levou um calote de quem tanto defendia.

O Blog já entrou em contato com o escultor, mas ainda não obteve retorno.

Comentários

24 ideias sobre “Escultor juazeirense ameaça ‘derreter’ estátua em homenagem a Osvaldo Coelho por conta de calote da gestão anterior”

  1. Crítico Construtivo disse:

    Essa escultura ficou terrível. Eu também não pagaria.

  2. Servidora Pública Comissionada Demitida da Prefeitura Municipal de Petrolina disse:

    Nunca vi uma obra desse cara pra prestar. so julio mesmo pra encomendar alguma coisa ainda. deve ser meio de desvios.

    1. Lêdo Ivo disse:

      Ola amiga, é normal que uma Servidora Pública se manifeste clandestinamente ??

      1. Servidora Pública Comissionada Demitida da Prefeitura Municipal de Petrolina disse:

        Tão normal quanto um artista vender sua obras por preços secretos pra gestão publica e depois inventar mentiras de que um empresário também secreto comprou as obras.

      2. Lêdo Ivo disse:

        O Dossier de cada Obra Pública esta na contabilidade pública do município é só procurar que a senhora Servidora pública comissionada demitida terá o devido conhecimento e assim poderá saciar a vontade os pareceres da Procuradoria sobre o caso >

  3. Cego às avessas disse:

    Pense numa perda terrível. Petrolina está muito triste por causa disso. Provavelmente não irei dormir a noite por que essa coisa feia, uma oferenda para um “deus político” mal desenhada, não foi colocada em alguma praça da cidade…

  4. Lourdes Souza disse:

    Realmente horrível. Ganhou muito dinheiro e agora está cuspindo no prato que comeu. Se gostar, o novo prefeito paga a estátua do tio. kkkkkkkkkkkkkkkkk. Não deixará derreter. kkkkkkkkk

  5. Seu Mané Besta.... disse:

    Ledo Ivo, leve sua porra para os quinto do inferno, essa merda não parece com ninguém, muito menos com Osvaldo Coelho. Vc sempre fez sua sporcarias e vendeu a prefeiro de Petrolina,pq eras puxassaco de Julio Lóssio. Se manca rapaz….

    1. Lêdo Ivo disse:

      Caro senhor SEU MANÉ BESTA … para um homem de inteligência recauchutada a escolha deste apelido anônimo para manifestar seu pensamento crítico se assemelha a auto flagelação dos Penitentes e ou da facção Xiita radical .

      Como diria a saudosa professora do primário: … o aluno pode fazer melhor !

  6. Bia disse:

    KKKK, e ai Pheeling?

  7. Flor disse:

    Que coisa feia, realmente não merece ser paga.

  8. Paulo Henrique disse:

    Essa escultura lembra Silvio Santos.
    Péssimo resultado. Não é homenagem.

  9. O bem observado disse:

    uai, tem que cobrar ao ex-prefeito e não ao atual, que deve ter um monte de prioridades pra honrar, e não gastar dinheiro público com quem já ganhou honraria demais vivo e agora depois de morto. Cade os jornalistas radialistas blogueiros para ir ouvir o ex pra ver o que ele tem a dizer sobre isso?

  10. Manuel Domingos disse:

    Está começando a aparecer as pessoas machucadas dos oito anos da fanfarra.
    Esse é mais um polêmico e mau intencionado. Mamou muito nas tetas.
    Agora decepcionado é o primeiro a gritar do leite que azedou.
    Vamos lá:
    primeiro faz uma invasão ao velho chico degradando com um tolete de concreto
    que até hoje ninguém sabe o que molesta representa (mãe d’água, iêmanjá, sereia e tantos outros)
    Fez uma escultura na praça Maria Auxiliadora e pôs dois troncos de pedra dizendo ele ser a entrega do
    relógio de Padre Cicero a D. Malan. (relógio esse que até erro nas horas apresentavam parece que parou no tempo lá pros anos 30)
    Depois faz um monumento em homenagem aos pracinhas na praça do Pio XI à aqueles que combateram em guerra. Não penso assim aquela homenagem ele faz e com ironia aos bebum que por ali circundam onde um ajuda o outro a se levantar para outro gole degustar.
    Depois vem com essa de escultura ao nobre e em memoria do Deputado Osvaldo Coelho.
    Chega de molecagem inclusive nada a ver tem com Osvaldo Coelho as características totalmente diferente.
    Economizou no bronze quando não mostrou a obesidade (no bom Sentido), o braço sempre erguido nas bravuras de gigante e os sapatos de Dr. Osvaldo sempre eram baixos. Isso está mais parecendo uma bota 7 léguas.
    Faz o seguinte derrete o bronze e refaz um aprendizado de coisas mais úteis, esse por hora está de péssimo gosto.

    1. Lêdo Ivo disse:

      Manuel, Manuel Domingos, toda esta sapiência nos seus comentários artísticos, você aprendeu sozinho ou estudando os post do Blog do Carlos Britto ???

    2. Lêdo Ivo disse:

      Manuel Domingos , eu sinceramente não sei quem você é e sua críticas tem grande valor para você mesmo … salvo prova do contrario > E não me incomodo , com seus pareceres , quaisquer que ele sejam. Na história é normal que as obras de esculturas públicas , causem estas urticárias , depois elas sempre passam, tal qual o provérbio .. Caravana passa e..

  11. cent disse:

    quando vejo aquele tolete no meio do rio da uma raiva desse babão estraga paisagem!!

  12. Pedro Antônio disse:

    Faço meu todos os comentários anteriores que rejeitam a pseudo-obra.
    Sinceramente essa escultura em nada lembra o Osvaldo Coelho.
    Coisa de artista medíocre!
    Derreta e faça algo que preste.

    1. Lêdo Ivo disse:

      Pedro Antonio, caro seguidor de Blog,> Eu li atentivamente a sua sabia e apreciada crítica do meu trabalho e confesso que procurei no textinho da postagem algo que sustentasse a sua grandiosa tese, algo que estivesse a altura da sua dignidade e … finalmente só encontrei a seu próprio vocábulo para exemplificar o sue ardor> MEDÍOCRE !!!

  13. Maria José disse:

    Realmente, na arte tudo é possível e tudo é questionável – do ponto de vista da estética.

    Questão de gosto não é matéria de discussão e sim de convivência pacífica.

    Então, o que dizer das obras do artista Celestino Gomes, com as suas estátuas disformes, mau acabadas e também de estética questionável? No entanto, a imortalidade está presente em sua arte.

    A melhor maneira de não dizer bobagens e de não ser arrogante, imbecil e demagogo; É, SIMPLESMENTE, CALAR!

  14. Lêdo Ivo disse:

    É UM ORGASMO COLETIVO ESTAS FRASES AMIGÁVEIS QUE OS SEGUIDORES DESTE BLOG POSTAM COM COMPULSIVAMENTE. ? Sabe que que as Artes estimulam catársis diversas , mas estas aqui manifestas são merecedoras de aplausos

    1. Servidora Pública Comissionada Demitida da Prefeitura Municipal de Petrolina disse:

      O bom Lerdo Ivo, é que ta claro que sua obra não agrada ninguém!
      Isso deve doer pra um artista que se acha tanto.
      Mas adoro as suas tiradas, continue assim!

  15. Manuel Domingos disse:

    Lêdo.
    Como Petrolinense que sou em tudo por tudo sou crítico construtivo.
    Isso dia a dia observo as coisas implantadas na minha cidade.
    Hoje vejo Petrolina muito a quem que outrora conheci, não aceito degradações acontecendo
    e de ficar calado. Penso eu que as esculturas retratadas nos textos que citei não faltei com a verdade
    em nenhum momento. Petrolina ultimamente vem sendo protagonista com certas coisas implantadas
    por vaidosos malfeitores que a opinião pública se quer foi consultada.
    Você lembra muito bem daquela parada e invasão ao rio que um fanfarrão com molecagem lhe encomendou.
    Petrolina é seria, Petrolina merece respeito. Levo o nome da cidade por onde vou como referência positiva.
    Sem paixões políticas nenhuma, mas os últimos 08 anos simplesmente a palavra que tenho é chamada “REGRESSO”.
    O tempo de subir em carroça, correr atrás de porco, tomar banho atoa nas águas do velho chico,
    tomar pirulito da boca de menino, se meter a tocador de sanfona, se dizer como poeta (que passa é longe),
    se achar representante como prefeito. Graças a Deus. Esse tempo foi superado.
    A você evite entrar discussões baratas, até por que a vida é uma arte.
    E com ARTE não brinca.

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Enquanto isso…

21/01/2017 às 22:20 por Carlos Britto

Petrolina descarta risco sobre surto de febre amarela

21/01/2017 às 19:30 por Carlos Britto

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br