Cadastramento de ambulantes e comerciantes para São João do Vale 2016 vira alvo de críticas

3

ana da petiscaria

O cadastramento de ambulantes e comerciantes do ramo de alimentos para o São João do Vale 2016, realizado nesta segunda (2) e terça-feira (3), virou alvo de polêmica. A reclamação é de que a fila de espera de quem havia chegado ao Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, desde a última sexta (29/04), para efetuar o cadastro, teria sido desrespeitada pela empresa responsável pela estrutura da festa – a PFA Empreendimentos.

A denúncia foi feita ao Blog por uma das comerciantes, Ana Paula Miranda, a ‘Ana da Petiscaria’ (foto). Há cinco anos com barraca durante o evento junino, ela afirmou que o processo de cadastramento feito este ano foi para “beneficiar apenas alguns” em detrimento dos demais interessados.

“Houve gente que chegou antes do dia (do cadastramento) ao Centro de Convenções, passou frio e fome, e saiu de terceiro para a 15ª ficha. Outra saiu de 13ª para 60ª. Muitas nem conseguiram suas barracas. Isso é palhaçada”, desabafou. Ana também lamentou o fato de que muitos dos cadastrados para a categoria de restaurantes não têm especialidade no ramo. “Sem nenhum preconceito, mas quando os turistas chegarem para o São João, vão servir o que para eles? caldo, espetinho? Isso representa a culinária de Petrolina? Os critérios utilizados foram muito mal resolvidos”, completou.

A reportagem conseguiu ouvir um representante da PFA Empreendimentos, empresa que há dois anos cuida de toda a estrutura dos festejos juninos no Pátio Ana das Carrancas (com exceção da grade de shows), após vencer uma licitação realizada há dois anos pela prefeitura. Ele ratificou o que o advogado da empresa, Laércio Muniz, havia dito à imprensa. “O critério foi por ordem de chegada. O dinheiro pago pelo ambulante do Quati ou por Ana da Petiscaria não tem diferença para a empresa”, argumentou.

Lista de espera

Ao todo, 30 barracas de porte médio e oito de porte grande, além de 19 pontos para lanchonetes, foram comercializados nos dois dias do cadastramento. O representante da PFA ressaltou, no entanto, que uma lista de reserva foi criada com os interessados que não conseguiram seu ponto. Caso algum cadastrado não efetue até esta quarta (4) o pagamento do boleto que garante sua barraca no evento junino, será substituído pelos da lista de espera, obedecendo aos critérios.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome