Agência do Empreendedor disponibilizará este ano R$ 800 mil em créditos para pequenos e médios negócios

0
Foto: Jonas Santos/PMP divulgação

A Agência do Empreendedor (AGE) disponibilizará este ano cerca de R$ 800 mil para financiamentos com juros abaixo das taxas praticadas nos bancos e cooperativas anunciado pelo prefeito Miguel Coelho na última sexta-feira (8). No total, serão disponibilizados cerca de R$ 800 mil para financiamentos com juros abaixo das taxas praticadas nos bancos e cooperativas, com linhas variando entre R$ 2 mil e R$ 25 mil. O objetivo é apoiar o surgimento de novas empresas e fortalecer quem já tem um empreendimento em Petrolina.

O prefeito já assinou 26 contratos de empreendedores de segmentos como alimentício, audiovisual, artesanato e transporte. Segundo Miguel, o objetivo é ampliar o volume de beneficiários em 30% com relação ao total de empreendedores contemplados com empréstimos no ano passado.

Liberamos mais de R$ 600 mil em financiamentos em 2018. Este ano, ampliamos o orçamento para incentivar o surgimento de novos negócios e também apoiar quem já tem um empreendimento e precisa de capital. É uma política pública que faz a economia girar e temos que lembrar que tudo isso com juros baixos e quase sem casos de inadimplência“, salientou.

Opções

São cinco opções de crédito oferecidas pela AGE. As mais procuradas são a Popular (até R$ 2 mil), Plus (de R$ 2 mil a R$ 4 mil) e Megaplus (até R$ 8 mil), todas com juros de 1% e opções de pagamento de 10 a 15 meses. A Masterplus garante empréstimos de R$ 8 mil a R$ 15 mil, com taxa de somente 1,6% de juros ao mês, podendo ser quitada em 20 vezes, com a primeira parcela cobrada no terceiro mês do contrato assinado. Já a modalidade Gold varia entre R$ 15 mil e R$ 25 mil, com 1,6% de juros ao mês. Neste caso, o empréstimo pode ser quitado em 25 meses, com a primeira parcela prevista também após três meses do contrato.

Um dos beneficiários que assinaram contrato na última sexta foi o empresário Arnaldo Barreto. Dono de uma empresa na Areia Branca, ele procura pela quarta vez a AGE. “Não existe no mercado crédito disponível com juros tão baixos e nessas condições de pagamento. Além disso, recebemos orientação de como melhorar os negócios, então tudo isso ajuda muito“, garantiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome