Prática antiga: Carroceiros despejam lixo e entulhos em terreno no Jardim Colonial, em Petrolina

A prática equivocada de muitos carroceiros em Petrolina quanto ao despejo aleatório de lixo e entulhos é recorrente e antiga. Prova disso é o flagrante acima, registrado por um leitor do Blog nas imediações do Jardim Colonial. (mais…)

Artigo do leitor: “Lixo, uma verdadeira calamidade pública”

Os lixões espalhados pelas cidades brasileiras ainda são um sério problema no País. Mas segundo o leitor Rogério Mota, solução para isso existe. O que falta é conscientização dos gestores para implementar uma saída que garanta mais qualidade de vida à população.

Confiram:

Aproveitando a magnífica reportagem exibida no JN da Rede Globo nesta segunda-feira, dia 8 de maio, sobre o Lixo Urbano, onde foi mostrado que em quase 4 mil cidades brasileiras ainda existe o lixão a céu aberto, inclusive na metrópole do Rio de Janeiro, informo que existe uma Lei Federal aprovada pelos parlamentares e sancionada pela Presidência da República, que deu um prazo de até 2018 para que todos os municípios adotem o aterro sanitário. Nesta mesma reportagem foi dito que os parlamentares estão querendo – com a pressão dos gestores municipais – adiar ainda mais a medida de se adotar a Lei do Aterro Sanitário nas cidades.

Aqui em Pernambuco conheci muitos lixões a céu aberto devido a uma assessoria que vinha prestando a uma Usina de Transformação do lixo urbano. Digo com conhecimento profundo que é uma verdadeira calamidade pública. Coisa de qualquer que seja um profissional ou mesmo um leigo ficar estarrecido com o que se faz com o lixo das cidades, onde os colocam e com as pessoas que ali trabalham e aproveitam para dali tirar os seus sustentos.

Digo mais ainda: a Lei de permissão para o aterro sanitário é outro problema ambiental que agride o lençol freático e a natureza, de forma devastadora, fazendo a destruição completamente das terras onde podemos aproveitar para fins de espaço urbano e plantar para colhermos os nossos alimentos.

Existem soluções com tecnologias extremamente aceitáveis já adotadas em muitos países e de aproveitamento dos lixos para, inclusive, trazer os benefícios necessários para toda a população das cidades brasileiras.

O que se discute com muita certeza para a uma solução do problema do lixo é fazer um sério convencimento nos gestores municipais, nos Governos Estadual e Federal junto com os nossos parlamentares, trazendo para os brasileiros mais qualidade de vida com a total preservação da natureza e, consequentemente, mais saúde para todos.

O Brasil precisa mudar, precisa fazer o que o mundo está fazendo: colocando mais qualidade de vida nas pessoas de hoje e das futuras gerações.

Rogério Mota/Mercadólogo e jornalista

(Foto/reprodução)

Comunidade continua a criticar cenário de descaso na Praça do Galo

Um dos pontos mais antigos e tradicionais do Centro de Petrolina, a Praça Pio XII (ou Praça do Galo), infelizmente está passando a ser conhecida por um apelido que vai de encontro a sua história. Diante do descaso e da falta de educação de muitas pessoas, o equipamento público se tornou a ‘praça do lixo’ para muita gente.

Não é de hoje que este Blog tem recebido reclamações de comunitários da Rua do Cajueiro, onde fica a Praça do Galo. E pelo visto, o cenário só piorou.

Além de um lava-jato ao ar livre, de uma feira e de um restaurante na área, todos os dias restos de comida, podas de árvores e até fraldas de bebês são despejados na praça. E isso justamente depois que o carro da coleta passa. A reclamação dos comunitários diz respeito, sobretudo, à falta de educação de certos moradores, mas também recai sobre a prefeitura, uma vez que vários gestores cumpriram seus mandatos e não tiveram uma olhar mais cuidadoso com esse equipamento. Enquanto isso, a Praça do Galo espera por dias melhores.

Comunidade do Bairro Cosme e Damião ‘detona’ lixo despejado em terreno baldio

Um terreno localizado localizado por trás da Rua Pompeu Rodrigues de Lima, esquina com a Rua 7 do Bairro Cosme e Damião, zona norte de Petrolina, virou cenário de críticas por parte da comunidade. (mais…)

Lixo despejado por carroceiros em calçada de AME do José e Maria revolta comunidade; prefeitura garante que intensificará fiscalizações

O lixo jogado em plena calçada da AME Lia Bezerra, localizada no Bairro José e Maria, zona norte de Petrolina, tem causado indignação na comunidade. E não poderia ser diferente. Até porque uma unidade de saúde não combina com esse cenário.

Segundo informações repassadas ao Blog, os responsáveis por tal prática seriam os carroceiros, que despejam o lixo, sem a menor cerimônia. A prefeitura já adiantou que vai recolher o material, como fez de outras vezes, e deverá intensificar a fiscalização quanto aos carroceiros.

Após reclamações de moradores, Secretaria retira lixo acumulado em trecho do Bairro Caminho do Sol

Após reclamações de alguns moradores do Bairro Caminho do Sol, na zona leste de Petrolina, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade enviou equipes de limpeza da secretaria-executiva de Serviços Públicos à comunidade para retirar o lixo acumulado na esquina da Rua Padre Albino com a Avenida Joãozito Barros. (mais…)

Vídeo Blog: Lixo acumulado em área do Loteamento Eduardo aborrece moradores; Secretaria diz que demanda será atendida

Uma área localizada no Bairro Loteamento Eduardo, zona leste de Petrolina (por trás da Petromol), virou motivo de constantes reclamações de moradores. O problema é a quantidade de lixo e outros materiais descartáveis jogados no local.

Segundo a comunidade, o terreno está quase com a aparência de lixão. Procurada pelo Blog, A assessoria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade informou já ter repassado a demanda para a Secretaria Executiva de Serviços Públicos, para que a limpeza do local seja inserida no cronograma de trabalho das equipes do Mutirão de Limpeza do programa ‘Cidade Mais Limpa’, e “realizada o quanto antes, a depender das demandas já existentes”.

Juazeiro: Comunidade do Rodeadouro alerta para lixo caindo no Rio São Francisco

A comunidade do Rodeadouro, em Juazeiro (BA), anda preocupada com um sério problema ambiental. O lixo produzido na localidade está indo parar nas águas do Rio São Francisco, simplesmente porque a Ilha não tem lixeiro tipo ‘bocão’. (mais…)

Lixo e mato em rua da Cohab II/Areia Branca incomodam moradores

Uma rotina antiga parece difícil de acabar na Rua Epaminondas Carvalho, localizada na Cohab II/Areia Branca, zona leste de Petrolina. O lixo colocado na calçada, atrapalhando a circulação de pedestres, é alvo constante de moradores da área.

A culpa, diga-se de passagem, é dos próprios comunitários, já que a prefeitura sempre realiza a limpeza daquele local.

Mas agora o problema é que, além do lixo, o mato que cresceu após as recentes chuvas na cidade também está gerando incômodo por quem costuma andar pela rua. Haja bronca.

Terreno no Loteamento Eduardo acumula de tudo e moradores ficam na bronca

Um terreno localizado nas imediações da Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio (próximo ao Hipermercado GBarbosa) virou alvo de reclamações da comunidade local. (mais…)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br