Polícia confirma que corpo encontrado no Riacho do Sobrado é de Lindolfo Nunes da Silva

A Polícia Civil da Bahia confirmou na tarde desta quinta-feira, 20, que o corpo encontrado nesta manhã de quinta, 20, no distrito de Riacho do Sobrado, zona rural de Casa Nova (BA), é mesmo de Lindolfo Nunes da Silva, suspeito de assassinar em setembro do ano passado as jovens Bruna de Souza Torres e Taiane de Souza Rocha, ambas de 19 anos, num matagal próximo ao local de trabalho delas no Distrito Industrial de Petrolina. Segundo o titular de Delegacia de Tráfico e Entorpecentes de Juazeiro (BA), Flávio Martins, um parente esteve no IML de Juazeiro e reconheceu o corpo.

O comerciante foi levado no final da tarde da quarta-feira, 19, numa caminhonete modelo Hilux do seu estabelecimento comercial, localizado no bairro Jardim Amazonas, zona oeste de Petrolina. O delegado informou que o corpo de Lindolfo foi encontrado com pelo menos 15 perfurações de arma de fogo. Ele contou ainda que somente a perícia vai dizer se ele teria sido morto ainda em Petrolina ou no local onde foi encontrado, no povoado baiano.

O delegado Flávio Martins frisou ainda que as investigações do assassinato de Lindolfinho 9como era mais conhecido) ficará a cargo do titular da delegacia de Casa Nova, Cleriston Jandeiro.

“Conforme o resultado da perícia, poder ser que as investigações ocorram de forma conjunta entre as polícias da Bahia e de Pernambuco, já que a vítima foi sequestrada em Petrolina”, explicou Flávio. Lindolfo estava aguardando julgamento em liberdade desde dezembro do ano passado. A polícia não confirma, mas o assassinato do acusado pode ter ligação com o caso das jovens assassinadas brutalmente em Petrolina. Lindolfinho também já tinha outros processos por roubo, conforme informado pelo delegado.

 

Polícia não confirma especulações sobre corpo de um dos suspeitos pelo assassinato de Bruna e Taiane

Desde a noite de ontem (19) ‘pipocam’ na internet fotos de corpos dilacerados e informações de que teriam encontrado o corpo de Lindolfo Nunes da Silva, o Lindolfinho, um dos suspeitos de assassinar brutalmente as jovens Bruna de Souza Torres e Taiane de Souza Rocha, de 19 anos (foto). O crime ocorreu em setembro de 2016, no Distrito Industrial de Petrolina, e chocou a população.

Conforme postado nesta manhã (20), Lindolfinho teria sido sequestrado por desconhecidos, possivelmente como forma de vingança pelo assassinato das duas jovens. O Blog está em contato constante com as Delegacias de Polícia de Pernambuco e da Bahia. Até o momento existe apenas uma suspeita de um corpo encontrado nas proximidades de Santana de Sobrado, zona rural de Casa Nova, no norte baiano.

Até o momento, porém, a polícia daquele Estado não confirma a informação, e nem mesmo se o corpo seria de Lindolfinho. Todo o resto é, por hora, especulação. (foto/arquivo divulgação)

Polícia Civil investiga em Petrolina provável sequestro de um dos suspeitos pelo assassinato de Bruna e Taiane

A Polícia Civil em Petrolina está investigando o desaparecimento de Lindolfo Nunes da Silva, 40 anos, conhecido como ‘Lindolfinho’. Ele é um dos suspeitos pelo assassinato brutal das adolescentes Bruna de Souza Torres e Taiane de Souza Rocha, ambas de 19, ocorrido no Distrito Industrial de Petrolina em setembro do ano passado.

Lindolfinho teria sido levado do Bairro Jardim Amazonas, zona oeste da cidade, no dia de ontem (19), por homens ainda não identificados, que o colocaram numa Toyota Hilux, tomando destino ignorado. Familiares de Lindolfinho registraram a ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia Civil (DPC).

 À imprensa local, o delegado Magno Neves confirmou o provável sequestro. Mas ele descartou, no momento, que esse fato tenha ligação com o assassinato das duas jovens. (foto/arquivo divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br