Feira de gastronomia abre festival neste domingo

A primeira edição do Festival ‘UmbuPancs’, evento especializado na culinária da caatinga, sera aberto neste domingo, 2, às 17h, com um ato especial de abertura na Praça 21 de Setembro, no Centro de Petrolina. No local será montada uma feira que servirá de mostra da cultura regional, incluindo artesanato e apresentações artísticas. As tendas instaladas na praça vão trazer uma prévia dos pratos típicos que o público encontrará durante quatro dias de festival.

A programação cultural inclui as apresentações da DJ Lizandra Martins e do grupo Baque Opará, que se revezarão até às 22h com músicas e danças regionais. “Estarei discotecando sons de artistas da região, que nasceram ou moram aqui”, postou a DJ, em sua conta no Facebook.

Até a próxima quarta-feira (5), o ‘1º Festival Gastronômico UmbuPancs’ terá aulas shows, degustações, jantar magno e seminário com gourmets reconhecidos nacionalmente, como Paulo Machado, Moacir Sobral, Jucilene Melo, Geórgia Romero, Robson Trindade, Clodomiro Tavares e João Barreto (Cumpade).

Na segunda (3) e terça-feira (4), o consumidor que for ao Senac Petrolina vai participar das aulas shows, degustação e do seminário; e na quarta, as realizadoras do evento, Jucilene Melo e Geórgia Romero, aguardam os visitantes no Restaurante Flor do Mandacaru para o encerramento do festival com o Jantar Magno e os shows especiais do sanfoneiro Targino Gondim e a voz e violão de Tico Seixas.

O UmbuPancs é uma realização do restaurante Flor de Mandacaru e Café de Bule e conta com o apoio do Sebrae, Senac,  Prefeitura Municipal de Petrolina, entre outros patrocinadores.

Inscrições Seminário

As inscrições para o seminário gastronômico custam R$ 50,00 e podem ser feitas no Sebrae (Centro de Convenções de Petrolina) e no Senac (Rua Projetada, 650, Maria Auxiliadora). Mais informações: (087) 3983-7600/ 2101-8902/ 8904. A participação no Jantar Magno será mediante reserva antecipada através dos contatos: (87) 99975-1101 e 98817-3890. Para participação na Feira: (87) 98814-3409.

Pratos à base de plantas não convencionais estão entre as atrações do Festival Gastronômico UmbuPancs

Você já provou “Ganache sertanejo com Crocante de Ouricuri e Cumaru”? E que tal uma linguiça de Maracaju com plantas comestíveis não-convencionais? Se você nunca saboreou esses pratos, mas ficou curioso para experimentá-los e até aprender a fazer, as aulas shows que acontecem nos dias 3 e 4 de abril serão sua oportunidade durante o 1º Festival Gastronômico UmbuPancs, em Petrolina, PE. Além dos dois cardápios citados, muitos outros pratos nada convencionais, devem ser apresentados e ensinados no evento que será aberto dia 1 de abril na Praça da 21 de Setembro, no Centro da cidade.

As aulas serão das 14h às 18h, no auditório do Senac Petrolina. Os pratos individuais, entre entradas, sobremesas e as porções principais, foram selecionados pelos chefs de cozinha reconhecidos nacionalmente: Paulo Machado, Moacir Sobral, Juce Melo, Geórgia Romero, Robson Trindade, Clodomiro Tavares e João Barreto (o Cumpade). Ao participar desta programação, o consumidor verá como cada chef prepara suas especialidades.

Segundo a coordenação, o UmbuPancs promete variedade nos sabores. Queijo de cabra, derivados de caprino, peixes do Rio S. Francisco e Plantas Alimentícias Não-Convencionais (Pancs), tipo coroa de frade, mandacaru e palma fazem parte do cardápio. A Gourmet, Geórgia Romero, uma das realizadoras do festival, disse que muitas pessoas vão se surpreender com as iguarias. “São pratos típicos extremamente saborosos, vindo de produtos que muitos nem sabiam ser possíveis”, ressalta.

Ainda nessa lista de pratos que farão parte das aulas-show destacam-se: “Leite ferrado e Bobode”, “Surubim defumado”, “Matulinha de Palma” e “Tarte de algaroba e coco ao perfume de umburana”. Todas estarão disponíveis para consumo no festival que  começa dia  2, na Praça 21 de Setembro, com uma feira para mostra da cultura regional, incluindo artesanato e apresentações artísticas.

A programação inclui ainda seminário gastronômico com os temas “Valorização da comida brasileira” e “A cozinha nordestina revisitada”, apresentados pelos  chefs de cozinha Paulo Machado e Moacir Sobral, e um Jantar Magno no Restaurante Flor de Mandacaru, onde serão servidas iguarias com produtos do Bioma Caatinga.

Seminário gastronômico do Festival UmbuPancs será ministrado por renomados chefs de cozinha

Entre os dias 2 e 5 de abril, Petrolina, sediará o primeiro evento especializado em frutos e produtos da caatinga: o festival gastronômico UmbuPancs. Com uma programação diversificada, incluindo feira, degustação, aulas shows e apresentações artísticas, o festival também traz, através do Sebrae e do Senac, um seminário gastronômico com a participação dos renomados chefs de cozinha, Paulo Machado e Moacir Sobral.

O seminário será na terça-feira (4) no Senac e começa às 19h com o tema “Valorização da comida brasileira”, apresentado por Paulo Machado. Em seguida, Moacir Sobral vai falar de “A cozinha nordestina revisitada”. Os interessados ouvirão informações sobre como criar pratos sofisticados usando produtos da região, como adaptar pratos típicos do Nordeste e por que valorizar a comida nacional.

Segundo a gerente regional do Senac/Sertão, Morgana Carvalho, a intenção principal é colocar Petrolina no roteiro dos grandes eventos gastronômicos do país. Ela conta que Paulo Machado é fundador do Instituto de Pesquisa em Alimentos, mestre em hospitalidade, além ter sido premiado como o melhor Chef nacional de cozinha em 2015.

“Já Moacir Sobral é consultor na área de A&B, mestre em hospitalidade e professor de gastronomia pela Universidade Fluminense do Rio de Janeiro. O UmbuPancs está bem recheado”, disse.

A gerente da Unidade de Negócios do Sebrae Sertão do São Francisco, Edneide Libório, também está bastante animada com a iniciativa e analisa que o evento promoverá oportunidades para vários setores da economia do município.

“Os empresários do segmento de restaurantes e bares terão a oportunidade de conhecer novas técnicas, diversificando seus cardápios e fortalecendo a gastronomia regional”, afirma.

Frutos da caatinga ganham festival gastronômico em Petrolina

O festival ‘UmbuPancs’ está confirmado para o próximo mês de abril, em Petrolina. Trata-se do primeiro evento gastronômico especializado em frutos e produtos da caatinga. Na programação, estão previstas degustações de pratos típicos do semiárido e dos vinhos do Vale do São Francisco, além de aulas shows, palestras, apresentações artísticas, seminário gastronômico e um jantar magno no Restaurante Flor de Mandacaru.

O festival, que tem o apoio do Sebrae e do Senac,  começa no domingo (2), a partir das 17h, na Praça 21 de Setembro, Centro da cidade, com uma feira que irá mostrar a cultura regional, incluindo artesanato e apresentações artísticas. Na segunda (3) e terça-feira (4), o público poderá conferir, a partir das 14h, uma série de aulas shows no auditório do Senac, com nomes expressivos da gastronomia nordestina.

Na quarta-feira (5), o evento será encerrado às 19h com um Jantar Magno no Restaurante Flor de Mandacaru, onde serão servidas iguarias com produtos do bioma Caatinga. A coordenação do festival UmbuPancs já confirmou as participações  de chefs de cozinha e professores bastante conhecidos pela atuação e valorização da culinária regional, a exemplo de Paulo Machado e Moacir Sobral, que além de aulas show, vão ministrar palestras sobre os temas ‘Valorização da comida brasileira’ e ‘A cozinha nordestina revisitada’.

O público também poderá conferir as apresentações dos chefs e professores Robson Trindade, Clodomiro Tavares e João Barreto (Cumpade). A primeira edição do festival gastronômico UmbuPancs é coordenada pelas chefs de cozinha Jucilene Melo e Geórgia Romero. De acordo com Jucilene, o objetivo do evento é promover a diversidade gastronômica originária do semiárido, a exemplo do umbu, queijo de cabra, peixes do Rio São Francisco e outras plantas não convencionais (Pancs) como a coroa de frade, mandacaru e a palma.

“O festival ressalta a importância desses produtos, buscando integrar os diversos aspectos sociais, econômicos e ambientais”, completou acrescentando ainda que será publicado um livro com receitas criadas durante evento. As inscrições para o seminário gastronômico custam R$ 50,00 e já podem ser feitas no Sebrae e no Senac, em Petrolina.

Sertanejo Geraldinho Lins se apresentará pela segunda em festival na Alemanha

O cantor Geraldinho Lins embarcou ontem (24) para a Alemanha, onde estará presente em mais uma edição do ‘Psiu! Forro Festival’, que ocorre de sexta-feira (26) a domingo (29). Esta é a segunda vez que Geraldinho participa do festival, cuja programação é composta por shows, dança, palestras e workshops.

“O forró já é um ritmo muito querido por lá, com uma receptividade sempre muito boa dos brasileiros e das pessoas da terra”, informa o músico, que é natural de Serra Talhada (PE), no Sertão do Pajeú.

As apresentações de Geraldinho acontecerão em dois dias. No domingo (28), o artista canta em Berlim, no Tanzstudio Dança Frevo – primeiro estúdio na Europa dedicado à dança pernambucana. Antes, na sexta, ele leva seu repertório para a tradicional casa de shows Brotfabrik, em Frankfurt. Nas apresentações, Geraldinho vai estar acompanhado dos músicos pernambucanos Beto Farias (zabumba) e Luizinho de Serra (sanfona). As informações são da assessoria. (foto/divulgação)

9ª edição do Aldeia Vale Dançar continua nesta terça com apresentação de renomado bailarino paulista

eduardo bailarino

A 9ª edição do Festival de Dança do Vale do São Francisco (Aldeia Vale Dançar) tem continuidade logo mais, às 20h, no Teatro Dona Amélia, Sesc Petrolina, com a apresentação do renomado bailarino paulista Eduardo Fukushima. Ele brindará o público com uma performance construída a partir de gestos e intenções que pergunta em linguagem corporal: como Superar o Grande Cansaço?

O festival, que começou no último dia 11 e vai até o dia 30, traz ainda hoje, no Palco alternativo do Sesc Petrolina, às 21h, o grupo – também de São Paulo – Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira com o espetáculo ‘Estado Imediato’. Já na Praça Dom Malan, Flávia Pinheiro (Recife-PE) e a atração internacional do argentino Leandro Olivan (Buenos Aires) se apresentam na quinta-feira (28) às 17h, e na sexta (29) às 10h e às 17h, com a intervenção urbana Contato Sonoro.

Desdobramento do Palco Giratório – projeto do Departamento Nacional do Sesc – a 9ª edição da Aldeia Vale Dançar apresenta ainda na quinta, às 20h, no Teatro Dona Amélia, o espetáculo ‘Espécie’, com Rodrigo Cunha (de Goiânia-GO). Nesta mesma noite, vindos de Surubim (PE), André Chaves e Karla Yananara mostram, às 21h, no Palco Alternativo, o espetáculo ‘Cabimente’.

E no sábado (30), durante o OverDança (12 horas de programação) a dupla Rodrigo Cruz e Rodrigo Cunha, de Goiânia (GO) apresenta, às 19h, no Teatro Dona Amélia, o espetáculo ‘Dúplice’ – um diálogo corporal cênico e sonoro. Às 20h, no Ginásio de Esportes, o público poderá conferir Eduardo Fukushima com o espetáculo ‘Homem Torto’. Uma hora depois, todos são convidados ao Palco Alternativo, onde Flávia Pinheiro mostra a performance ‘Diafragma: Dispositivo Versão Beta’. No Teatro Dona Amélia, a atração das 22h será o grupo Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira, com ‘Delírio’. A Cia Corpo Único (Diadema-SP) apresenta às 21h30 na Sala de Dança o espetáculo ‘Ser Híbrido’, inspirado na obra “Orlando” de Virginia Woolf.

Intercâmbio

Fechando a participação dos grupos visitantes, o OverDança oferece às 24h no Salão o show com Jaloo (São Paulo-SP) apresentando seu primeiro álbum com música pop, eletrônica e experimental.

De acordo com o supervisor de Cultura do Sesc Petrolina, Jailson Lima, esta edição – além de proporcionar um encontro entre todas as tribos da linguagem – vem permitindo um intercâmbio de trabalhos entre os grupos visitantes e os artistas locais. “O Festival homenageia os 10 anos da Cia Balançarte e destaca também espetáculos de companhias da região, a exemplo do Coletivo Trippé, Cia Casa de Orates, Qualquer Um Dos 2 Cia de Dança, Confraria 27, Cia de Dança Canuto, Coletivo incomum de Dança, Coletivo Experiment’ai, Vintage Coletivo de Dança e Cia de Dança do Sesc Petrolina”.

Entre as atrações desta edição, a Aldeia Vale Dançar inclui ainda oficinas, cortejo Dançando na Rua, exposições, Mostra Pedagógica, Mostra de Solos, Duos e Trios, Encontro Clássico de Dança, Festival de Coreografias, Seminário Pensamentos de um Corpo que Dança e a Mostra de Cinema Paisagens Coreográficas Contemporâneas, com cinedanças francesas.

Serviço

Espetáculos Teatro Dona Amélia: R$ 2 (comerciário), R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira).

Oficinas: R$ 10 (comerciário), R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira).

Demais ações: Entrada Gratuita

Endereços

Teatro Dona Amélia Sesc Petrolina (Rua Pacífico da Luz, 618, Centro)

Cineteatro do CEU das Águas (Rua do Tamarindo, s/n°, Bairro Rio Corrente)

Palco do Bambuzinho (Avenida Souza Filho, s/n°, Centro)

Outras informações através dos telefones (87) 3866-7474 e 3866-7454, e no endereço: Rua Pacífico Da Luz, 618 (Sesc Petrolina). Com a colaboração da CLAS Comunicação/para o Blog. (foto/divulgação)

Festival literário faz homenagem ao trovador Ulisses Lins em Sertânia

Festival Literáio do Sertão (5)

O primeiro dia do Festival Literário do Sertão, com o tema ‘Ulysses Lins, o Trovador do Sertão: Exaltação à Poesia Sertaneja’, superou expectativas dos organizadores nesta sexta-feira (22), em Sertânia, no Sertão pernambucano. O evento, promovido pela prefeitura em parceria com a Sociedade dos Poetas, Escritores, Compositores e Artistas, faz uma homenagem ao primeiro sertaniense a ocupar uma cadeira na Academia Pernambucana de Letras (APL).

(mais…)

1º Festival de Ginástica do Vale do São Francisco acontecerá neste fim de semana em Juazeiro e Petrolina

gymvaleJuazeiro (BA) e Petrolina (PE) sediarão, neste final de semana, o 1º Festival de Ginástica do Vale do São Francisco. O evento tem como objetivo compartilhar e socializar experiências pedagógicas no campo das ginásticas: Artística, Rítmica, Acrobática e Ginástica Para Todos, e também debater as possibilidades de inserção das ginásticas no âmbito escolar, treinamento, universidade e manifestações culturais.

Nesta sexta-feira (4), a programação terá início no Complexo Multieventos da Universidade federal do Vale do São Francisco (Univasf), na cidade baiana. A partir das 8h, acontecerá uma Mesa Redonda, depois terão Apresentações de Relatos de experiência e apresentação de trabalhos, além de oficinas.

Já no sábado (5), o encontro acontecerá na quadra do Sesc Petrolina, das 19h às 22h30, com apresentações de coreografias.

As inscrições podem ser realizadas através do site do festival (www.gymnacoes.wix.com/gymnacoes). Para participar do primeiro dia a organização pede um brinquedo, que será doado. Já para o segundo dia, o ingresso é um quilo de alimento não perecível. Outras informações podem ser encontradas na página do evento.

Evento irregular em bairro de Juazeiro é cancelado após assassinato de adolescente

fiscais interditam barraquinhasFiscais da Secretaria de Meio Ambiente e Ordem Pública (Semaop) de Juazeiro (BA) interditaram as barraquinhas do Festival da Primavera, que ocorria neste final de semana no bairro João XXIII. A medida foi tomada após o assassinato de um adolescente de 16 anos, ocorrido na madrugada da última sexta-feira (9).

Segundo reportagem da TV São Francisco, a organização do evento não tinha autorização da prefeitura para a realização da festa. De acordo com informações da 75ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o jovem morto, Jessé Caique da Silva, foi vitimado por golpes de garrafa de vidro. O assassino está preso.

Ainda segundo a TV São Francisco, a responsável pelo evento é uma produtora particular. O Comando da 75ª CIPM, após saber que o evento não tinha autorização para ser realizado, encaminhou ofício ao Ministério Público informando quem eram os responsáveis pelo Festival. (foto/reprodução TV São Francisco)

Festival do Umbu de Uauá reúne mais de 40 mil pessoas e celebra a diversidade

Festival 1Festival 2Ainda repercutem em Uauá, no Norte da Bahia, os resultados positivos do 7° Festival do Umbu, que aconteceu neste fim de semana na cidade. Com uma programação diversificada, o evento foi promovido pela Coopercuc e reuniu mais de 40 mil de pessoas em dois dias, segundo a organização.

No sábado (9), as atividades iniciaram com uma ciranda cantada e dançada pelas mulheres que estavam no festival, mostrando uma prévia do que ocorreria mais tarde em uma oficina direcionada para elas. Em seguida, a apresentação do grupo cultural Brincantes RDB (Rua de Baixo), formado por crianças e adolescentes de Curaçá, mostrou o reisado mirim e o bloco afro-percussivo.

Ainda pela manhã, a programação contou com oficinas que discutiram a qualidade de vida dos agricultores familiares, produção beneficiada e empreendedorismo, abordando temas como segurança no trabalho, práticas de fabricação de sucos e doces e agregação de valor aos produtos. Outra oficina que também despertou a atenção dos participantes tratou do plantio do umbu através da técnica de enxertia, que reduz o tempo de frutificação de seis para dois anos e meio.

Vários produtos e novidades foram apresentados paralelamente na Feira da Economia Solidária. Os destaques foram o frozen de Cachaça, espécie de sorvete com sabor de frutas, incrementado com o destilado produzido pela Cooperativa dos Agricultores Associados de Cana e seus Derivados da Microrregião de Abaíra (Coopama). Artesanatos, compotas de frutas e outros produtos oriundos do beneficiamento de frutas como manga, goiaba e umbu também foram divulgados através de várias associações que participaram.

Shows

A animação da noite ficou por conta das apresentações musicais de artistas da região: Andressa Santos, Cláudio Vaza Barris e a banda Ser Tão Reggae. O ponto alto das apresentações ocorreu com o show da cantora Carla Visi, que mesclou canções de sua carreira na banda Cheiro de Amor, clássicos do Axé Music com o repertório do seu novo trabalho “Pura Claridade”, em que ela canta vários sucessos de Clara Nunes. (Fonte/fotos: Ascom festival)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br