Desafio de Miguel Coelho é quitar dívidas que podem chegar a R$ 150 milhões

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), disse nesta quarta-feira, 22, durante entrevista transmitida ao vivo via página do Facebook do Blog, estar satisfeito gerindo a maior cidade do sertão. Miguel falou dos desafios, dificuldades e o que conseguiu avançar nesse pouco tempo administrando Petrolina, sonho que sempre teve. Faremos mais de uma postagem dessa entrevista com o prefeito com os temas que foram tratados, provocados também pelos seguidores do Blog na rede social. (mais…)

UPAE e HDM/IMIP de Petrolina fazem balanço de atendimentos realizados durante o carnaval

Durante o período da folia de momo – entre 0h de sábado (25/02) e as 23h59 da terça-feira (28/02) – as unidades estaduais geridas pelo IMIP em Petrolina registraram um total de 1.745 atendimentos, sendo 1.135 na Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE) e 610 no Hospital Dom Malan.

Os números refletem um carnaval de relativa tranquilidade para os serviços de urgência e emergência clínica/odontológica e materno/infantil. Este cenário positivo, também encontrado em toda a rede de saúde de Pernambuco, contribuiu para a redução geral de 25% no número de atendimentos do estado, quando comparado ao ano anterior.

Outro dado interessante é que, assim como na região metropolitana, não houve registro de nenhum óbito relacionado à festa nas duas unidades. A UPAE, por exemplo, visualiza-se que a maior demanda foi para a clínica médica (1.069), seguida pela quantidade de procedimentos (230) – que inclui suturas, raios-X e eletrocardiograma – e atendimentos odontológicos (66).

Já no HDM, quase 100% dos registros foram contabilizados na urgência e emergência. Além disso, a unidade materno/infantil realizou 48 procedimentos e 3 remoções, demonstrando a alta resolubilidade do hospital. “Estivemos durante todo o período carnavalesco com os nossos serviços de urgência e emergência funcionando normalmente, inclusive com a escala de profissionais completa para dar suporte à população. A redução do número de atendimentos em todo o estado deve ser comemorada, pois significa que tivemos um carnaval mais tranquilo e de paz”, avalia a coordenadora geral da UPAE, Ana Beatriz Mota Aguiar.

Para o superintendente do Dom Malan, Etiel Lins, o balanço também é positivo: “Somos uma unidade materno/infantil de alto risco e temos dado prioridade aos casos classificados pelo Ministério da Saúde como amarelo [urgente] e vermelho [emergência]. Mas, também buscamos acolher a demanda da população em períodos sazonais. Fazemos parte da rede de saúde de Pernambuco e atuamos como parceiros”.

Um feriadão sem morte nas rodovias da região

A Operação Carnaval da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na região contabilizou uma redução de 40% no número de acidentes e 25% das vítimas na área de atuação da Delegacia da PRF em Petrolina. Num comparativo com 2016, o resultado foi positivo, pois não houve mortes no período carnavalesco que é considerado um dos mais violentos nas estradas para a PRF.

Foram seis vítimas este ano, mas sem mortes. Já em 2016, foram oito vítimas, só que uma sendo fatal. A fiscalização também flagrou 14 condutores sob o efeito de álcool.  Já o radar portátil da PRF flagrou 939 condutores com excesso de velocidade. Ano passado esse número foi de 239 registros, um aumento considerável.

Segundo o inspetor da PRF na região, Paulo Lima, o equipamento chegou a flagrar um condutor com média de 165 Km por hora quando a velocidade máxima permitida nas estradas federais para carros pequenos é de 110 Km/hora.

“Ainda falta muita conscientização dos condutores. Nosso foco maior no trabalho é justamente esse. Só com a conscientização que poderemos evitar atos como esse nas estradas. Um acidente em velocidade alta, impacta ainda mais e coloca outras vidas em risco também. Nosso apelo sempre é pela prudência, porque temos instrumentos para flagrar quem não agir com prudência”, assinalou o inspetor.

Resgate do carnaval em Santa Maria da Boa Vista tem balanço positivo

Foram somente dois dias de folia, mas que encheram os foliões de Santa Maria da Bos Vista de muita alegria.   Devido à crise  o carnaval na cidade foi menor, sem exageros nas contratações das atrações e nem na decoração do circuito.O prefeito Humberto Mendes (PTB) está arrumando a casa, mas fez questão de organizar uma festa bonita para os boavistanos e visitantes.

“Fizemos uma festa simples, mas que foi feita para o povo”, registrou o gestor. A presença dos blocos e troças nas ruas, provou que o povo de Santa Maria estava com saudade da folia de Momo. Conforme o prefeito, os foliões fizeram questão de vestir a fantasia e brincar com total espírito carnavalesco.

“A Prefeitura organizou a festa com atrações locais e artistas já consolidados na região como o cantor Alan Cleber. As orquestras de frevo, marcaram presença de boataram todo mundo pra frevar nas ruas históricas de nossa cidade. Vamos organizar para ano que vem promover um carnaval ainda mais bonito em Santa Maria da Boa Vistas”, concluiu o prefeito. (Foto: Ascom Prefeitura)

 

Pernambuco deve ter em fevereiro nova alta em número de homicídios

Ainda não é oficial, mas fevereiro deverá também ser violento como o mês de janeiro no estado de Pernambuco. O mês de apenas 28 dias deve contabilizar 480 homicídios, dois a mais que em janeiro.

Só entre sexta, 24 e a terça-feira, 28, período do carnaval, foram 66 mortes, sendo 38 no interior e 28 na Região Metropolitana do Recife.

O anúncio oficial dos números da violência em Pernambuco, deve ocorrer nesta quinta-feira, 2, na Secretaria de Defesa Social, no Recife.

 

Prefeito destaca público recorde no carnaval de Salgueiro

Ao fazer o encerramento das festividades carnavalescas em Salgueiro, no sertão Central, nesta quarta-feira (1 de março), o prefeito do município, Clebel Cordeiro (PMDB), classificou o evento como “o maior carnaval na história da cidade” e, diante da multidão, agradeceu ao salgueirenses e turistas de vários estados que estiveram presentes durante os cinco dias do evento.

O prefeito destacou o comportamento dos foliões que resultou numa festa sem nenhum registro de violência grave. “Temos que nos orgulhar não apenas pelo sucesso que foi tão estrondoso, mas pela tranquilidade e a mensagem de paz tão bem assimilada pelo povo”, disse Clebel.

Ele destacou que, apesar de ter tido pouco tempo para organizar o evento, a sua equipe de trabalho focou na disseminação de um conceito pacífico, prevendo já uma grande multidão e construindo, a cada dia, uma conscientização de conduta voltada para o bem estar e a boa recepção junto aos visitantes.

“Trabalhamos a campanha da paz e o público entendeu a nossa mensagem, pois Salgueiro tem uma população ordeira e uma tradição carnavalesca que vem de décadas, mas já prevíamos um grande público e vivemos uma época em que precisamos nos prevenir em todos os detalhes”, observou.

Clebel também lembrou que a prefeitura, além de montar a equipe para a organização, contou com apoios importantes para garantir uma boa segurança e higienização – como as polícias militar e civil, corpo de bombeiros, vigilância sanitária, DTTran e outros. “Todos deram as mãos, somaram forças e o resultado foi esse grande carnaval que acabamos de ver”, concluiu. (Foto: Ascom Salgueiro)

Tranquilidade marcou a folia em Petrolina

Num balanço preliminar tanto da Polícia Militar como da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla), o carnaval da maior cidade do sertão teve outra marca importante além da alegria dos foliões que foram aos polos principais, na Praça da 21 de Setembro, Na Orla e nos bairros Areia Branca e Cohab VI: a tranquilidade.

Conforme o Capitão Cleiton, da PM, as equipes destacadas para fazer a segurança na festa ficou impressionada com a festa que não teve nenhuma ocorrência grave nos quatro dias.

“Impressionante o baixo número de ocorrências. A população brincou de forma bastante ordeira. Tivemos algumas brigas próximo ao palco nos dois primeiros dias, mas tudo foi contornado logo e o que marcou mesmo foi a tranquilidade”, disse o capitão.

No trânsito, a polícia registrou poucas ocorrências de alcoolemia e a Ammpla, também não registrou nenhum caso de briga, dano, nos ônibus que rodaram em esquema especial para atender os foliões. A autarquia também colocou de forma temporária, somente durante a folia, um ponto de táxi em frente à Prefeitura Municipal, facilitando a volta para casa dos foliões. (Foto: Ascom PMP)

HU de Petrolina apresenta balanço de 2016

O Hospital Universitário de Petrolina, vinculado à Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), divulgou seus números do ano passado com o objetivo de compartilhar os resultados setoriais do Planejamento Estratégico da unidade em 2016. O balanço foi feito durante uma série de apresentações iniciada na quarta, 25, e concluída ontem, dia 26, no auditório da biblioteca da instituição, campi Petrolina.

Seguindo as orientações da Unidade de Planejamento do hospital, cada setor estabeleceu metas e ações estratégicas que deveriam ser desenvolvidas no decorrer do ano. Os indicadores gerados pelos departamentos foram monitorados pela Unidade, que gerou um relatório final demonstrando o desempenho do HU em diversas áreas e ainda faz um comparativo com os índices de 2015.

“O evento é uma oportunidade para que cada chefe mostre o que está indo bem e o que precisa de aperfeiçoamento no HU. O ano de 2016 foi um ano difícil, mas também apresentou bons resultados. Aumentamos o número de atendimentos e no mês de dezembro conseguimos alguns recordes no número de cirurgias realizadas”, explicou o chefe da Unidade de Planejamento, Thiago Amaral.

O reitor da Univasf, Julianeli Tolentino, esteve presente no evento junto com o superintendente do HU, Ronald Mendes, gerentes e colaboradores do hospital. O reitor avaliou de forma positiva a iniciativa de compartilhar com toda a equipe os dados de cada departamento, e ainda demonstrou grande satisfação em constatar a evolução da unidade de saúde a partir da parceria entre a universidade e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH).

Os números do HU são reflexos da alta demanda que o hospital recebe dos 53 municípios que atende, somados aos investimentos em recursos humanos, aquisição de equipamentos e melhorias na infraestrutura que potencializaram os serviços oferecidos.

Os números são os seguintes:

Cirurgias: 4.572

Exames realizados pelo laboratório: 175.432

Atendimentos realizados pelo Serviço Social: 15.207

Números de alunos em atividades práticas (até novembro de 2016): 2.621

(Fonte/foto: Ascom HU)

Prefeito de Lagoa Grande diz que situação financeira do município “não é nada boa”

Ainda sem completar o balanço financeiro do que encontrou no município, o prefeito de Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco, Vilmar Cappellaro (PMDB), revelou que pelo que vem sendo levantado por sua equipe, a situação não é nada boa.

Em breve iremos divulgar o balanço completo, mas adianto que a situação não está nada agradável”, lamentou o prefeito.

 

Rondesp Norte divulga balanço de combate ao crime em Juazeiro e região

Criada em julho de 2015, a Rondesp Norte, Companhia Independente de Policiamento Tático Norte vinculada ao Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN) da Polícia Militar da Bahia (PMBA), tem o objetivo de intensificar o combate ao crime organizado na região norte do Estado, em especial à cidade de Juazeiro. Em nota, a Rondesp divulgou um balanço de suas atividades e disse que 2016 foi positivo. “O ano de 2016 foi bastante positivo do ponto de vista das apreensões de drogas, armas e outros objetos. Foram 139 prisões por tráfico, uma média de um traficante preso a cada três dias, 413 kg de maconha, 8,33 kg de cocaína e 8,97 kg de crack apreendidos, dando um prejuízo ao tráfico local de aproximadamente R$ 500 mil“, destacou a Companhia.

Ainda segundo a Rondesp, “nesse período foram recuperados 16 veículos, apreendidas 134 armas de fogo (sendo 18 pistolas, 68 espingardas), 55 revólveres, 3 carabinas tipo rifle, além de 3 simulacros de pistola. Essas apreensões contribuíram para a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais(CVLIs).

Perspectivas

A Rondesp resssaltou ainda que em 2017 “permanecerá trabalhando diuturnamente em defesa da sociedade baiana, buscando alcançar seus objetivos e sufocando cada vez mais às praticas delituosas em suas diversas modalidades.” (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br