Condutores de transporte público complementar de Petrolina passam por blitz educativa

Fiscais e agentes de trânsito da Autarquia Municipal e Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) realizaram mais uma ação educativa, nesta quarta-feira, 19, com motoristas que trabalham com os veículos que compõem o sistema local de transporte público complementar e individual de passageiros. Foram alvo da ação de orientação os condutores de transporte escolar, táxi, mototáxi, de fretamento e de turismo. A ação aconteceu na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, região central da cidade.

Os agentes fizeram abordagens ao longo da Avenida com o intuito de informar sobre prazos, importância da vistoria e documentação necessária para realização do processo.

“Essa blitz teve o objetivo de orientar os motoristas. Passamos várias informações e tiramos dúvidas das categorias sobre a vistoria. É importante que quem trabalha com transporte público complementar e individual de passageiros não deixe para procurar a AMMPLA em cima da hora e realize todo o processo dentro do prazo”, alertou o coordenador de Educação e Trânsito, agente Franklin Alves. (Foto: Ascom)

Rua na Cohab Massangano vira mão única e motoristas pegam contramão, alertam moradores

A imprudência de certos condutores de veículos está atrapalhando e colocando em risco o trânsito na rua da feira livre da Cohab Massangano, zona oeste de Petrolina (em frente ao Centro Espírita Jerônimo Mendonça).

O problema ocorre devido à mudança feita pela Autarquia Municipal de Mobilidade (AMMPLA), que transformou a via em mão única.

Moradores relataram ao Blog que esses motoristas estão andando na contramão. O fato acontece diariamente, a partir de 19h. “O Centro espírita funciona e os carros das pessoas que frequentam o local ficam estacionados nas duas ruas próximas, dos dois lados, atrapalhando o trânsito e principalmente a passagem do ônibus”, reclamam. A comunidade alerta a AMMPLA para a questão. (foto/ilustração)

Ampliado prazo para vistoria de veículos obrigatória em Petrolina

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) estendeu os prazos para a realização da vistoria anual obrigatória de veículos que compõem o sistema local de transporte público complementar e individual de passageiros. Segundo o órgão, a mudança tem como objetivo garantir maior conforto aos proprietários de veículos.

Os veículos de transporte complementar, escolar, táxi, mototáxi, de fretamento e de turismo, que deveriam realizar o procedimento até 15 de abril, agora terão até 15 de maio. Os mototaxistas também ganharam um prazo prorrogado até o dia 31 de maio. Já os permissionários com pendências poderão saná-las até 26 de abril.

Os responsáveis pelos veículos devem comparecer à sede da AMMPLA, localizada na Avenida da Integração, Bairro Caminho do Sol, n° 1202, das 7h às 13h, para pagamento das taxas. Quando estiverem de posse da autorização, podem se dirigir até o Sest/Senat, no bairro KM 2, para fazer as vistorias. Os condutores que não realizarem o procedimento poderão pagar multas e ter o automóvel apreendido.

Os documentos a serem apresentados são os seguintes: cópias dos documentos pessoais, comprovante de residência, Certificado de Registro de Veículo (CRV), certidão negativa de antecedentes criminais dos Estados da Bahia e Pernambuco, certidão de ‘nada consta’ da habilitação e a comprovação dos cursos de especialização. Poderão ser requisitados outros documentos dependendo da categoria do veículo. (foto/reprodução)

Ambulante coloca trailer de lanches em plena ciclovia na Vila Eulália, mas é retirado do local

Quem costuma circular ou fazer atividades físicas pela ciclovia da Avenida 2 do Bairro Vila Eulália, zona norte de Petrolina, foi surpreendido com um obstáculo inusitado. Um ambulante simplesmente colocou um trailer de lanches no meio da ciclovia, impedido a passagem das pessoas.

Há mais de uma semana, o vendedor vinha comercializando seus lanches no local, como se não tivesse feito nada demais. No entanto, a Guarda Civil Municipal e a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), agiram rápido, retirando o ambulante da ciclovia na noite de ontem (4).

Segundo um morador que não quis se identificar, a prefeitura precisa tomar providências no comércio de ambulantes na cidade. “Petrolina parece uma cidade sem lei. No Centro as calçadas são tomadas por ambulantes. E nos bairros não está diferente. Sabemos que as pessoas precisam trabalhar, porém tem que haver disciplinamento urbanístico. E canteiro de avenida e praças não são locais para ambulantes”, desabafou.

Abuso: Calçada no Centro de Petrolina é ‘invadida’ por veículo

Na Rua Joaquim Nabuco, em pleno Centro de Petrolina, a calçada deveria ser uma prerrogativa dos pedestres. Deveria. Mas na prática essa realidade é bem diferente.

Sem a menor cerimônia, o condutor do veículo (foto) ‘invade’ o espaço destinado aos transeuntes, e quem quiser que desvie pelo meio da rua. Um abuso que, infelizmente, é recorrente na cidade.

Cabe à Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) uma fiscalização mais rigorosa para punir à altura esses infratores do trânsito.

Projeto da AMMPLA tem como finalidade aumentar a segurança de ciclistas em Petrolina

Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) fechou uma parceria com grupos de ciclistas da cidade. Intitulado “AMMPLA – Ciclista Protegido”, o projeto tem o objetivo de prestar o devido apoio aos ciclistas, além de conscientizá-los sobre as regras de trânsito.

De acordo com o diretor da AMMPLA, Geraldo Miranda, essa parceria é importante, pois com isso o órgão pretende diminuir os “conflitos nas vias” entre motoristas e ciclistas e, consequentemente, eliminar a insegurança no fluxo de veículos na cidade. “Tivemos uma reunião com alguns representantes dos grupos de ciclistas de Petrolina e discutimos as formas de tornar mais segura a realização dessa prática no dia a dia, como horários, percursos, apoio técnico-operacional, entre outros. Coletamos informações para melhorar a convivência entre ciclistas, pedestres e motoristas, afinal o trânsito é feito por todos“, disse Geraldo.

AMMPLA marca presença no 1º Seminário de Fiscalização de Transporte e Segurança

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) participou do 1º Seminário de Fiscalização de Transporte e Segurança, que foi realizado entre 23 e 25 de março, no Sest/Senat. Representantes do trânsito da cidade, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar coordenaram o evento que, além de palestras e debates, proporcionou a interação entre as forças policiais que atuam neste segmento em Petrolina.

Na ocasião, o agente Jilmar Barros, gerente de educação no trânsito da AMMPLAa, ministrou palestra sobre a fiscalização na segurança do transporte alternativo de passageiros. “É importante destacar a influência da fiscalização do transporte alternativo. O objetivo maior é sempre que o usuário tenha segurança, conforto e retorne ao seu lar em paz. Por isso, precisamos ficar atentos se os profissionais estão preenchendo os requisitos exigidos por lei para proporcionar essa segurança aos usuários”, explicou.

Moradores da Vila Eduardo reclamam de pipeiros

Os moradores que residem nas proximidades do 72 BI do Exército, precisamente perto da Avenida Cardoso de Sá, bairro Vila Eduardo, zona leste de Petrolina, estão na bronca com os pipeiros da Operação Carro Pipa. Em nota enviada ao Blog, eles alegam que os caminhões estão sendo estacionados em frente às garagens, causando transtornos para quem precisa sair de casa ou estacionar ao chegarem nas residências.

A população pede a presença da Ammpla urgente para ordenar o local.

 

 

Triste a cidade onde não se respeita uma faixa de pedestre

Alguma coisa acontece com os condutores em Petrolina. Eles simplesmente insistem em não respeitar a faixa de pedestre, sinalização que visa proteger o cidadão e evitar acidentes, alguns fatais, nas ruas e avenidas da cidade. Mesmo sabendo que é lei, que faz parte da segurança no trânsito, que se não respeitar pode tirar vidas, pode perder o direitos de dirigir, etc, motoristas petrolinenses em sua maioria, insistem nesse desrespeito.

Houve um tempo que Petrolina tinha um dos trânsitos mais seguro e educados do Brasil. O que será que aconteceu para passar a ser um risco a quem não está dentro dos veículos? Então vale uma sugestão para o diretor-presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla), Geraldo Miranda que vivenciou os bons tempos do trânsito dessa que é a maior cidade do sertão pernambucano: promover ações firmes e permanentes de educação e respeito à faixa de pedestre na cidade e outros temas que visem conscientizar quem dirige que gentileza e educação vale por todos os momentos de nossas vidas.

Ai vale campanhas educativas nas ruas, por meio da mídia, palestras, parceiras com comércio, empresas, escolas, e até se criar uma forma mais rígida de punição para quem permanecer e continuar sem respeitar essa que é a segurança maior dos cidadãos e cidadãs quando precisam atravessar de um lado para outro, uma avenida, uma rua movimentada de Petrolina, a tão necessária faixa de pedestre.

Os condutores petrolinenses precisam se conscientizar que eles conduzem uma ‘arma’ que se não transportada com segurança para eles e para quem está nas ruas, vira fatal.

Vereador Edilsão celebra implantação de posto da Ammpla no Expresso Cidadão  

 

O vereador Edilsão do Trânsito (PRTB) apresentou o Ofício 017/2017 à Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla), reivindicando a implantação de um guichê de atendimento do órgão no Expresso Cidadão. Na última quarta-feira (15) o Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), inaugurou o novo Posto de Atendimento da Ammpla no município, atendendo a solicitação do vereador.

Edilsão disse que tinha como objetivo descentralizar os serviços realizados no órgão municipal de trânsito, otimizando o atendimento a idosos e deficientes. Entre os serviços realizados no guichê do Expresso Cidadão estão a emissão de Cartão de Estacionamento para idosos e deficientes e recursos de infração.

“Esperamos que agora com esse novo espaço, a população de Petrolina consiga resolver com mais rapidez seus serviços na Ammpla”, frisou Edilsão.

Outras solicitações

Ao longo dos últimos dias Edilsão apresentou outras demandas a Ammpla em relação ao trânsito no Centro da cidade. Uma cobrança que já foi atendida prontamente foi a proibição de mão dupla na Rua Presidente Dutra, em frente a Unicred. Pedidos semelhantes foram feitos para a Rua Cícero Pombo, Valério Pereira e na Rua Ouricuri, todas no Centro e locais no qual o fluxo nos dois sentidos da via vem causando problemas diários.

Outra reivindicação do vereador ao órgão está relacionada ao fluxo de veículos nas rotatórias da Avenida das Nações, especialmente próximo ao Curso Sagres e ao Cemitério. (Foto: Ascom)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br