Ministério da Saúde reforça estoque de vacina contra a gripe em PE e AL

Para reforçar a assistência prestada à população de 57 municípios afetados pelas enchentes em Pernambuco e Alagoas, o Ministério da Saúde enviou 13 toneladas de medicamentos e insumos, que chegaram nesta semana nos estados.  Ao todo foram enviados 51 kits, que serão distribuídos entre as cidades que sofreram com as fortes chuvas, beneficiando cerca de 76,5 mil pessoas moradoras nos municípios atingidos.

Cada kit pesa cerca de 250 quilos e tem capacidade para atender até 1.500 pessoas ao mês. São 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos, incluindo antibióticos, anti-inflamatórios, ataduras, entre outros.

O Ministério da Saúde também enviou, como procedimento de rotina, 375 mil frascos de hipoclorito – utilizado como suporte no tratamento de água para o estado de Pernambuco. Caso seja solicitada uma cota extra, poderão ser encaminhadas novas quantidades como parte do estoque estratégico do composto químico mantido pela pasta.

Nesta semana, está previsto o envio de 100 mil doses de vacina dT, 100 frascos de soro antiofídico, 200 frascos de soro crotálico. Um laboratório móvel da Funasa também está apoiando o estado na análise da qualidade da água para consumo humano, garantindo assim que a água distribuída a população seja segura.

Força SUS

Além do envio de medicamentos e insumos estratégicos, a pasta enviou representantes da Força Nacional do SUS para apoiar na avaliação dos danos em saúde e outras medidas de vigilância. A Força foi criada em novembro de 2011, para agir no atendimento às vítimas de desastres naturais, calamidades públicas, situações de risco epidemiológico e desassistência, quando for superada a capacidade de resposta do estado ou município.

Desde a sua criação, a Força participou de 28 missões de apoio em caso de desastres naturais, na gestão de grandes eventos e desassistência provocada por tragédias.

O Ministério da Saúde possui, ainda, laboratórios móveis para análise da qualidade da água, telefones satelitais, equipamentos e nove unidades móveis de Posto de Atendimento Avançado (PAA), em caso de necessidade. Possui também estoque adicional de ampolas de soro para uso em acidentes com animais peçonhentos e kits de diagnóstico para leptospirose.

Para que a Força Nacional do SUS seja acionada, o município ou o estado deve decretar situação de emergência, calamidade ou desassistência, solicitando o apoio do Ministério da Saúde. Com isso, é deslocada uma equipe para a chamada missão exploratória, quando profissionais vão até o local para fazer um diagnóstico da rede de saúde e verificar a necessidade de apoio em relação a equipamentos, insumos e profissionais de saúde.

 

Estudante de Juazeiro a caminho da matrícula em universidade de Sergipe é detido e critica polícia

Três estudantes de Juazeiro (BA) foram detidos no município de Piranhas, Sertão de Alagoas, dentro de um ônibus interestadual. Um deles fez uma postagem no Facebook criticando a ação dos policiais, dizendo que foi xingado e chamado de vagabundo. A polícia alagoana diz que a operação era para prender suspeitos de roubo a banco e nega que tenha havido abuso.

O caso foi registrado na quinta-feira (2), na Delegacia Regional de Delmiro Gouveia, município vizinho ao de onde aconteceu a abordagem. O estudante Diogo Delláias afirmou que saiu de Juazeiro com um amigo para fazer a matrícula na Universidade Federal de Sergipe (UFS). “Houve uma confusão porque acharam que eu e meu amigo estávamos conversando com o suspeito, mas isso não aconteceu. Minha cadeira era mais na frente e meu amigo estava no final do ônibus, sentado ao lado dessa pessoa procurada. Fui para a parte de trás ficar perto do meu amigo. Mas não chegamos a falar com o outro jovem“, disse Delláias.

De acordo com o estudante, ele e o amigo, Matheus Gomes, foram aprovados nos cursos de química e química industrial, e seguiam viagem juntos. O terceiro estudante detido era conhecido deles, mas não seguia para a UFS.

A polícia diz que no momento da abordagem ao suspeito, preso com dinheiro queimado, arma e munições, os estudantes conversavam com ele e por isso foram levados para a delegacia, para prestar esclarecimentos.

No post, que viralizou na internet, ele relata como aconteceu a ação policial. “A polícia manda os suspeitos (inclusive nós) sentarem no asfalto, sim, às 14h, ou seja, asfalto ‘frio’. Aí vem os xingamentos… ‘A casa caiu, vagabundo’, ‘Tá de tênis porque sabia que ia cair’, ‘Bora, fala logo, vagabundo'”, descreve o estudante.

Ele diz que, mesmo informando e mostrando aos policiais os documentos que comprovam que iriam fazer a matrícula na universidade, os dois foram colocados no camburão junto a outros dois jovens. “Sabe aquele lugarzinho apertado que os presos são levados? Fomos nele. Aí me vi naquela situação e não contive as lágrimas, chorei sim”, diz outro trecho do post na web.

Na delegacia, segundo Delláias, os estudantes ficaram em uma cela com os outros suspeitos. “Só pensava em minha família e amigos. Mas tudo ocorreu bem, na medida do possível. Prestei depoimento, nos pediram desculpas e fomos liberados”, continua o post.

Depois de liberados, os estudantes pegaram um transporte para Paulo Afonso e depois conseguiram outro carro para Aracaju, onde fizeram a matrícula. “Não recebemos ajuda para ir a Aracaju, o que poderia ser feito, já que ficou comprovado que houve o engano“, questiona. “Não somos contra a polícia nem toda a equipe, mas a atitude de alguns, que mesmo percebendo e vendo documentos comprovando que não éramos culpados, ainda nos levaram para a delegacia“, critica Delláias.

Polícia

O delegado regional de Delmiro Gouveia, Rodrigo Cavalcanti, confirmou que os dois estudantes foram detidos, mas negou que tenha ocorrido excesso. O delegado disse que quando a polícia recebeu a denúncia, foi informada de que havia mais de um suspeito no ônibus. “Eles foram conduzidos para a delegacia porque estavam conversando com um jovem suspeito de roubo a banco. A polícia encontrou com esse suspeito arma de uso restrito, munições e dinheiro, e como testemunhas disseram que eles estavam conversando, todos foram levados para a delegacia”, disse o delegado.

Sobre a informação de que os estudantes ficaram em uma cela, o delegado negou. “Todos ficaram em uma antessala até serem ouvidos. Depois que foi esclarecido que só um era suspeito, os outros três foram liberados. O suspeito foi preso e levado para a cela. Em nenhum momento houve abuso ou eles foram maltratados”, falou o delegado.

O comandante do 9º Batalhão da PM, major Hebert, que participou da operação, negou que os estudantes foram maltratados.  “Não existe isso. Recebemos a denúncia e fizemos o procedimento padrão. Os policiais pegaram um rapaz com armas e dinheiro queimado. Como os quatro detidos estavam conversando, todos foram levados para a delegacia para os devidos procedimentos”, afirma o major. (fonte: G1-AL/foto: reprodução Facebook)

Pai de Charles Leão, candidato a prefeito de Juazeiro, morre em Alagoas

joão gomes - pai de leãoO pai do candidato a prefeito de Juazeiro pelo PPS, Charles Leão, João Gomes,  de 72 anos, faleceu hoje (10) na cidade de Arapiraca (AL), onde residia e estava internado. “Deus dá, Deus tira. Bendito seja o senhor!”, escreveu Leão, em sua página no Facebook.

Em um vídeo postado ontem (9), também na rede social, o candidato disse que estava com a família, acompanhando o pai que estava internado. A causa da morte, no entanto, não foi divulgada. O velório terá início às 17h de hoje e o sepultamento está marcado para acontecer amanhã (11), às 10h. (foto/reprodução Facebook)

Vazão do Rio São Francisco volta a ser reduzida para tentar resolver mancha

mancha rio são francisco/IMAA vazão do rio São Francisco voltou a ser reduzida para 1.000 metros cúbicos por segundo, após uma semana de prática de 1.500 metros cúbicos por segundo. A medida provocou o deslocamento da mancha, identificada no leito do rio em meados de abril, para a encosta. O primeiro efeito do problema aconteceu na captação de água para abastecimento humano, por parte da Companhia de Abastecimento de Alagoas (Casal), que suspendeu o serviço. Toda a população da área ficou sem agua nas torneiras. “O que se observa é que, quando aumenta a vazão do rio, a água melhora. Quando diminui, o líquido fica escuro e com um cheiro forte”, explica um dos técnicos da Casal.

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) pressiona para que, diante das evidências, se invista rapidamente em pesquisas com vistas a solucionar o problema de maneira eficaz e de forma mais rápida possível.

Diante do problema, por sugestão do Comitê, foi criado um grupo de trabalho (GT), formado por especialistas e técnicos de diversos órgãos, a exemplo da própria Casal, Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), Universidade Federal de Alagoas (Ufal), entre outros.

O grupo tem reunião marcada para amanhã (13), na qual serão discutidas ações a serem adotadas com urgência, a fim de encontrar uma solução para o problema. O encontro está agendado para as 10h, em local a ser definido. (Com informações da Ascom CHBSF)

Corpo de universitária morta a facadas na Univasf é sepultado em Alagoas

enterro universitáriaFoi sepultado em Maceió (AL), na tarde deste sábado (2), o corpo da universitária Rosilene Ramos do Rio, morta a facadas aos 32 anos, no restaurante do Campus Sede da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, Pernambuco, na última quinta-feira (30).

A família está bastante abalada com o crime. Chorando muito, a irmã da vítima, Fabiana Ramos do Rio, disse que espera que o culpado pague pelo crime. “Estou destruída, é muita dor. Espero que a Justiça não fique só no papel, que o criminoso seja punido pelo que ele fez. Mas sei que isso não vai trazer minha irmã de volta”, diz.

Segundo o tio de Rosilene, Francisco Soares, o ex-companheiro dela não aceitava o fim do relacionamento. “Ele era muito possessivo. Vivia sempre atrás dela. Ele destruiu nossa família. Ela tinha toda uma vida pela frente e ele acabou com o orgulho da família”, afirma.

O corpo da universitária residente do curso de enfermagem foi liberado para a família e trazido para Maceió no dia seguinte ao crime. O enterro aconteceu no Cemitério Divina Pastora, no bairro do Rio Novo.

A universidade decretou luto oficial de três dias. Amigos da jovem contaram que ela tinha terminado o relacionamento e fugia do pedreiro desde então. Ele foi encaminhado para o Presídio Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina.

A vítima levou quase 40 facadas e ainda chegou a ser socorrida para o Hospital Universitário que fica ao lado do Campus, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde após sofrer várias paradas cardíacas. (fonte/foto: G1-AL)

Deputados pernambucanos ganham reforço do governador de Alagoas em prol de ações de enfrentamento à seca

deputados união pelo nordeste_640x426Os deputados Miguel Coelho, Rodrigo Novaes, Claudiano Filho e Joaquim Lira ganharam o reforço do governador de Alagoas, Renan Filho, em sua cruzada pela elaboração de um plano de ações para o semiárido nordestino e a implementação de medidas integradas de convivência com a seca.

Durante a visita, os parlamentares pernambucanos apresentaram a Renan Filho o movimento União pelo Nordeste – mobilização criada recentemente para integrar as bancadas de deputados estaduais em torno do enfrentamento à seca. O governador elogiou a iniciativa e garantiu a participação do estado no movimento.

O grupo também foi recebido pelo presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, Luiz Dantas, e por outros 16 deputados alagoanos. (fonte: Assessoria/foto: Ivaldo Reges/divulgação)

Paulo Câmara vai a Alagoas em busca de solução para problemas nas unidades prisionais de PE

Paulo Câmara Alagoas 1Presídio Alagoas 2O governador Paulo Câmara visitou, na manhã desta quarta-feira (18), as obras de duas unidades-modelo do Complexo Prisional Alagoano, no município de Maceió, em Alagoas. Os equipamentos estão na fase final de construção e tiveram suas estruturas erguidas sob o conceito de engenharia pré-moldado, com destacada celeridade nos prazos de entrega, e possuem uma filosofia de gestão e de convivência dos educandos considerada inovadora.

A experiência foi apontada como importante por Paulo para o avanço no debate sobre a estruturação de um sistema penitenciário mais eficiente no Estado.

“Pernambuco teve o êxito de, nos últimos anos, ser o único estado do Nordeste a reduzir os índices de homicídio. Mas isso acarretou em muitas prisões, e a velocidade da construção de vagas não foi a mesma. Estamos vendo, junto aos estados que conseguiram ter celeridade e estão conseguindo enfrentar o desafio da ressocialização, modelos que deram certo e que poderemos replicar em Pernambuco”, afirmou o governador.

O formato adotado nessas unidades visitadas pelo governador Paulo Câmara permite a conclusão e sua respectiva utilização em até seis meses, a contar pela data de início das obras de engenharia. Esse perfil é utilizado por 91 unidades prisionais em nove estados da federação, somando mais de 20 mil vagas.

Os dois equipamentos vistoriados por Paulo possuem juntos a capacidade de receber 910 reeducandos, sendo 210 mulheres e 700 homens, e foram erguidos em cinco meses. (Fonte/fotos: Secretaria de Imprensa do Governo de PE)

Conselho Regional de Educação Física promove ação em Salgueiro

BANNER PRINCIPAL - SALGUEIROO Conselho Regional de Educação Física da 12ª região, que abrange os estados de Pernambuco e Alagoas promove uma ação no município de Salgueiro, sertão central, para aproximar o profissional de Educação Física e regularizar os estabelecimentos ligados à atividade física localizados no interior do estado.

O evento teve inicio hoje (24), até o dia 27, na Escola de Referência Professor Urbano Gomes de Sá – Rua Valdemar Menezes, 940, Centro.

O projeto atenderá municípios circunvizinhos como Cabrobó, Cedro, Mirandiba, Parnamirim, São José do Belmonte, Serrita, Terra Nova e Verdejante.

Os profissionais da região que desejam também tirar dúvidas junto ao Conselho podem comparecer no local indicado nos horário das 08h as 12h e das 14h às 17h. No dia 27, o atendimento inicia as 08h e encerra as 10h. (fonte: Assessoria de Imprensa CREF12/PE-AL).

Crise da água: ONS pede prorrogação da baixa vazão do Rio São Francisco

Sobradinho barragemA Agência Nacional de Águas (ONS) emitiu resolução que solicita a prorrogação da baixa vazão do Rio São Francisco, a pedido do setor elétrico. Dessa forma, a defluência de 1.100 metros cúbicos por segundo será mantida até o final do mês de agosto nos reservatórios de Xingó, entre os estados de Alagoas e Sergipe, e Sobradinho, na Bahia.

A solicitação foi apresentada durante reunião de avaliação dos relatórios de acompanhamento dos efeitos da vazão do rio São Francisco, no último dia 16 de julho, na sede da ANA, em Brasília (DF).

De acordo com o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), os danos causados pela defluência reduzida vêm provocando “efeitos catastróficos”, como a suspensão das atividades na hidrovia do São Francisco.

O presidente do Comitê da Bacia, Anivaldo Miranda, ressaltou que o CBHSF continuará a participar das reuniões de avaliação, e cobrar do setor elétrico compensações para os usuários prejudicados com as vazões reduzidas. Miranda reitera a necessidade da formação de um grupo de trabalho conjunto que, coloque na ordem do dia iniciativas de curto e longo prazos capazes de operar mudanças no modelo e na matriz energética do São Francisco. (Foto/reprodução)

Em Brasília, reitor discute proposta de expansão da Univasf para estados de Alagoas e Sergipe

reunião Univasf BrasíliaO reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Julianeli Tolentino, foi a Brasília (DF) esta semana para discutir com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, a possível expansão da Univasf para os estados de Alagoas e Sergipe. No encontro, foi sugerida a implantação da universidade nos municípios de Porto Real do Colégio (AL) e Propriá (SE).

O senador Eduardo Amorim (PSC-SE), que também participou da reunião, destacou que a Univasf é a única universidade criada nas últimas décadas com a missão de desenvolvimento regional. Para o reitor Julianeli Tolentino, a proposta de expansão é o resultado do trabalho que a Univasf vem desenvolvendo na região.

“Receber o pleito de levar a Univasf até Alagoas e Sergipe do presidente do Senado, Renan Calheiros, e do senador Eduardo Amorim, expressa, antes de tudo, o reconhecimento do trabalho de nossa equipe com o desenvolvimento do ensino superior no Semiárido brasileiro”, ressaltou.

De acordo com a assessoria de comunicação da universidade, o reitor também pediu apoio para a consolidação dos campi da Univasf nos estados da Bahia, Pernambuco e Piauí ao Hospital Universitário (HU) e a implantação da TV Universitária. (Foto: Ascom Univasf/divulgação)

Secretário de Saúde de Lagoa Grande participa de encontro sobre Política Nacional de Hospitais de Pequeno Porte

Carlinhos Ramos Lagoa GrandeO Secretário de Saúde de Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, Carlinhos Ramos, segue para mais um encontro do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS), que acontece nesta quinta (24) e sexta-feira (25) em Alagoas.

O encontro, realizado em parceria com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), terá como tema central das discussões a Política Nacional de Hospitais de Pequeno Porte (HPP), cuja pauta encontra-se em fase de negociação com o Ministério da Saúde.

Morre em Alagoas fiel escudeiro de Frei Damião

frei fernandoFrei Fernando Rossi (foto), fiel escudeiro de Frei Damião por mais de 50 anos, faleceu na tarde de ontem (28), na cidade de Palmeira dos Índios, em Alagoas, aos 94 anos. Ele sofria de problemas cardíacos, já tendo passado por cirurgia, e estava internado desde a última quarta-feira (24) no Hospital Regional Santa Rita.

No sábado (27), seu quadro piorou e Frei Fernando foi transferido para a UTI. O sepultamento será realizado na comunidade de Vila São Francisco, no município Alagoano de Quebrângulo. A data e a hora ainda não haviam sido definidos, até a noite de ontem.

Nascido na Itália no ano de 1918, Frei Fernando veio para o Brasil em 1946 e, na década de 50, começou a trabalhar com Frei Damião. Logo se tornou seu secretário, organizando sua agenda e seus compromissos durante as peregrinações pelo Nordeste. Só foi morar em Alagoas após a morte de Frei Damião, em 1997.

“Ele sempre foi muito dedicado a Frei Damião. Muito do sucesso das missões de Frei Damião se deve ao trabalho e ao companheirismo de Frei Fernando. Muitos frades não estavam dispostos a seguir o ritmo de acordar cedo e dormir tarde”, disse o vice-postulador da causa de Frei Damião, Frei Jociel Gomes. Para o Frei Francisco Barreto, provincial dos capuchinhos do Nordeste, sua grande mensagem foi do companheirismo de dedicação. “Ele nunca teve tempo de ser vigário ou assumir outra missão devido ao trabalho com Frei Damião”, declarou. (Fonte: JC Online/Foto reprodução/proneb-capuchinhos.blogspot.com.br)

Senador e prefeitos de Alagoas conhecem tecnologias da Embrapa Semiárido

Visita_Senador_Prefeitos_AL_Foto_Fernanda_Birolo_Embrapa_Semiarido_640x425Uma comitiva liderada pelo senador Benedito de Lira (PP) e composta por 31 prefeitos do estado de Alagoas esteve, na última sexta-feira (24), na sede da Embrapa Semiárido, em Petrolina. Durante a visita eles conheceram diversas alternativas para a convivência com a seca, além de experiências com fruticultura irrigada.

De acordo com Lira, o encontro entre gestores dos municípios e pesquisadores e técnicos da Embrapa teve como objetivo a troca de informações para que se possa implantar, em Alagoas, uma agropecuária mais sustentável, melhorando a produção e a produtividade. “O que nós estamos precisando é exatamente da tecnologia, e a Embrapa tem tecnologia para oferecer ao pequeno, médio e até ao grande produtor deste país”, declarou.

Entre as experiências apresentadas à comitiva estão as tecnologias de captação e armazenamento de água de chuva. Na visita ao Campo Experimental da Caatinga, da Embrapa Semiárido, os prefeitos puderam verificar, por exemplo, a viabilidade da produção de alimentos como frutas e hortaliças utilizando a água armazenada em cisternas.

Durante a visita, a comitiva conheceu ainda os trabalhos voltados para a agricultura irrigada. Além da produção de uva e de manga, já estabelecidas na região, a Embrapa Semiárido tem pesquisado também o potencial agronômico e econômico de fruteiras de clima temperado, apresentando a maçã, o caqui e a pera como novas alternativas de cultivo para a região.

Após a passagem pela Embrapa, a agenda da comitiva incluía um encontro com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e visita ao Perímetro Irrigado Nilo Coelho e a uma vinícola da região. As informações são da assessoria da Embrapa.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br