Sub-20 do Petrolina pode ser o caminho para redenção da Fera Sertaneja

por Antonio Carlos Miranda // 11 de janeiro de 2022 às 10:26

Foto: Ascom PMP/SEDUCE divulgação

A odisseia da garotada Sub-20 do Petrolina Social Futebol Clube (PSFC) terminou no último domingo (9), na Copa São Paulo de Juniores, com a desclassificação traumática do time, após quase passar à fase de ‘mata-mata’ da competição. Seria, sem dúvida, um feito histórico do Sub-20, que chegou a pedir dinheiro em semáforo no Centro da cidade e lançar uma campanha, via PIX, para arrecadar recursos destinados à viagem e os gastos dos atletas e comissão técnica durante o torneio. Sem falar na virada do ano, festejada dentro do ônibus que os levava a São Paulo.

Mas se engana redondamente quem acha que a Ferinha Sertaneja fracassou na Copa de Juniores. Os meninos vão chegar a Petrolina como heróis, depois de tudo que fizeram. Ou, pelo menos, deveriam ser vistos com esse olhar.

O Sub-20 do Petrolina deu uma demonstração inequívoca do poder do futebol em alavancar o nome de uma cidade. No jogo contra a Aparecidense, no domingo, quando chegou a fazer 2×0, os meninos foram elogiados incansavelmente pela equipe de jornalistas do SporTV, que cobria a partida, pelo esforço que fizeram. E esses comentários não se limitaram apenas ao time. A cidade também ficou na mídia nacional ao ser destacada.

A prefeitura chegou a ajudar com o time, financiando parte da viagem para São Paulo (num investimento de R$ 17 mil). Mas não deveria ser assim. A prefeitura já tem suas diretrizes, e que não são poucas, para o município – a exemplo de saúde e educação.

Futebol é coisa para empresários. E os de Petrolina já viraram as costas para o futebol faz tempo. Está na hora de reaprender com a molecada da Ferinha. Basta olhar para Juazeiro (BA) e Salgueiro (PE) e copiar a fórmula.

Mas, evidentemente, o empresário que investe quer retorno. E quer, principalmente, saber que o clube é administrado de forma séria e transparente. Quando esses fatores se afinam, o sucesso é praticamente certo. Foi certamente assim que o Petrolina ficou em quarto lugar no Campeonato Pernambucano de 2012 e chegou a disputar a Série D do Brasileirão, à época do agora vereador Ronaldo Silva.

O atual presidente da Fera Sertaneja, Jeferson Oliveira, não tem medido esforços para fazer o time novamente competitivo e vem mostrando o mínimo que se espera de um dirigente. O primeiro passo, agora, é retornar à elite do Pernambucano com o time principal, mas o caminho é árduo. Quem sabe a lição deixada pelo Sub-20 não seja o início dessa redenção?

Sub-20 do Petrolina pode ser o caminho para redenção da Fera Sertaneja

  1. Geisa disse:

    PARABÉNS aos meninos e a todos que fazem parte dessa equipe.

  2. Francisco Conrado disse:

    Parabéns a gorotada de Petrolina e inacreditável uma casa fade do Estirpe de Petrolina,cheio de Barões da Uva e do Vinho não patrocinarem o Clube,que vergonha perdemos para Salgueiro,Juazeiro até a pequena CABROBO tem um encentivo bem maior que a Califórnia do Sertão,basta vê os titulas da TV Grande Rio,uma cidade cheia de medalhões políticos,sinto vergonha ,triste ,veja Juazeiro do Norte,está ganhando um bug Arena e nos kkkkkk aquele campinho com grana de capim de burro chamado de Associação Rural,a muito tempo que a Rural já saiu de linha kkk l,merecemos coisas melhores,empresários forte ,político fortes aí ficamos no sinais devtranduto arrecadando esmolas para disputar um dos torneios mais importante doBrasil,me poupem

  3. Fernando Russo disse:

    Parabéns ao clube da cidade de Petrolina.Trabalhei na Taça como médico do União Mogi e sei das dificuldades de clubes pequenos.Fui visitar recentemente a cidade e fiquei surpreso com o que vi por aí.Quem sabe no futuro estarei por aí novamente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.