Segundo revista, parlamentares lucram com contratos milionários do ‘Minha Casa, Minha Vida’. Sertanejos na lista

3

mi_605164025160436Dois deputados pernambucanos podem estar diretamente ligados ao escândalo de um dos principais projetos do Governo Dilma, o ‘Minha Casa Minha Vida’. De acordo com a revista “Istoé” desta semana, Inocêncio Oliveira (PR) e Augusto Coutinho (DEM) estão obtendo vantagens financeiras com o programa. Segundo a revista, eles estariam vendendo seus próprios terrenos para o assentamento das unidades habitacionais com especulações imobiliárias que chegam a até 1.600% de valorização. De acordo com a revista, o Tribunal de Contas da União (TCU) não tem dúvidas do envolvimento dos parlamentares no caso.

Levantamento feito pela revista IstoÉ indica que a política habitacional criada para ajudar os mais pobres enriquece também deputados e senadores. Os parlamentares se aproveitam de um filão imobiliário que já movimentou R$ 36 bilhões em recursos públicos para a construção de 1,05 milhão de casas e apartamentos para famílias de baixa renda.

Os dados do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) – reserva financeira composta por recursos do FGTS e gerenciada pela Caixa Econômica Federal – mostram que parlamentares de diferentes partidos têm obtido vantagens financeiras com o programa de duas maneiras: na venda de terrenos para o assentamento das unidades habitacionais e na obtenção de contratos milionários para obras que são realizadas por suas próprias empreiteiras. Entre eles, os senadores Wilder Morais (DEM-GO) e Edison Lobão Filho (PMDB-MA), filho do ministro de Minas e Energia e presidente da Comissão de Orçamento do Senado, e os deputados Inocêncio Oliveira (PR-PE), Augusto Coutinho (DEM-PE) e Edmar Arruda (PR-PR).

Pernambucanos na lista

Em Pernambuco o vínculo com o parlamentar beneficiado é direto. No Estado, nove mil das 20 mil casas prometidas pelo programa do governo federal já foram entregues. A especulação imobiliária é intensa, como também é grande a oferta de enormes áreas para a construção das casas populares. Apesar disso, a construtora Duarte, uma empreiteira local que abocanhou o contrato para erguer 1.500 casas no município de Serra Talhada, escolheu justamente as terras do deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE) para construir as habitações.

A área de 34 hectares fora adquirida pelo parlamentar 30 anos atrás, antes de ser desapropriada pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs). Era parte de uma fazenda, que foi dividida em vários lotes. O lote em questão foi declarado por Inocêncio à Justiça Eleitoral em 2010 pelo valor de R$ 151 mil. No mesmo ano, ele vendeu o terreno à construtora do programa Minha Casa, Minha Vida por R$ 2,6 milhões, de acordo com registros do cartório do 1º ofício de Serra Talhada.

Ou seja, uma valorização espontânea de 1.600%. Procurado por ISTOÉ, Inocêncio confirmou o negócio, mas disse ter recebido “apenas R$ 1 milhão”, dando a entender que a empreiteira registrou valor diferente. O parlamentar disse ainda desconhecer o uso da área. “Eu não tenho nada a ver com a Caixa. Vendi para uma empresa particular”, afirma. Coincidência ou não, o negócio foi fechado no fim de 2010, momento em que a prefeitura de Serra Talhada era comandada por Carlos Evandro, do PR, um colega de partido de Inocêncio.

No Recife, o deputado federal Augusto Coutinho (DEM) também tenta tirar proveito do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, seguindo o exemplo de Inocêncio Oliveira. O governo negocia com o parlamentar a compra de uma área de 2.400 metros localizada no bairro de Campo Grande para construção das casas populares.

As terras estariam registradas em nome de sua construtora, a Heco. Os valores precisos da negociação não foram divulgados. Coutinho já declarou que não aceita menos de R$ 300 mil para ceder o terreno para o ‘Minha Casa, Minha Vida’. O caso, no entanto, deve parar na Justiça. A prefeitura, nas mãos do PSB, alega que a área é de propriedade da Marinha.

3 COMENTÁRIOS

  1. Bravo democracia! O interessante é que ninguém comenta nada, tantos politicos, empresários, jornalistas, pessoas em geral aqui da nossa Região e onde pêlo Mundo esse Blog é visto e ninguém comenta nada.
    ISSO É UMA VERGONHA 1.600% DE VALORIZAÇÃO EM APENAS ALGUNS MESES.
    EITHA BRASIL, DESSE GEITO NÃO TEM MELHORA NÃO, ENQUANTO ESSES VELHOS CORONEIS CONTINUAREM A AGIR ASSIM E PROPAGAREM ESSES MAU HÁBITOS O REFLEXO É SEMPRE NEGATIVO.
    POSITIVO MESMO SÃO ESSES BLOGS QUE DIVULGAM ESSAS NOTICIAS E CLARO OS JORNALISTAS QUE DESCOBREM ESSAS FALCATRUAS E DIVULGAM.

  2. Pior são essas FINANCEIRAS / O FALSO EMPRESTIMO FACIL que existem no Pais e que estão ROUBANDO nossos pensionistas e aposentados com juros de quase 10.000% no final do emprestimo e isto ninguem ver… esses desvios serão investigados pelo TCU e MINISTÉRIO PÚBLICO, e esses BANDIDOS DE CNPJ qual é a lei que regula, acompanha e investiga esses abusos de juros?

Deixe uma resposta para FALA SERIO Cancelar resposta

Comentar
Seu nome