Rompimento de adutora deixa boa parte de Petrolina sem água

4
(Foto: Arquivo Blog do Carlos Britto)

O rompimento na tubulação da adutora de água bruta que atende as Estações de Tratamento (ETAS)  1 e 2, ocorrido neste sábado (12), comprometeu grande parte do abastecimento em Petrolina.

Técnicos da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) estão em campo trabalhando para fazer o reparo no menor espaço de tempo, informou a assessoria. “A previsão é de que o serviço de reparo entre pela madrugada e o abastecimento só volte à normalidade amanhã (13).

As comunidades afetadas são as seguintes:

– Vila Eduardo

– Vila dos Ingás

– Loteamento Nossa Senhora Rainha dos Anjos

– Gercino Coelho

– Atrás da Banca

– Palhinhas

– Vitivinícola

– São José (Alto Cheiroso)

– Cohab IV

– Cohab V

– Distrito Industrial

– Parque Massangano

– Henrique Leite

– Novo Horizonte

– Jatobá

– Carneiros

– Cidade Universitária

– Condomínio Água Viva

– Condomínio Portal das Águas

– Vila das Imbiras

– Vila Mocó

– KM-2

– Loteamento Arco íris

– Areia Branca

– Dom Malan

– Caminho do Sol

– Maria Auxiliadora

– Jardim Maravilha

– Ouro Preto

– Alto Grande

– Antonio Cassimiro

– Vale do Grande Rio

– Pedra Linda

– Vale Dourado

– Vila Esperança

– Condomínio Mais Viver

– Mais Viver Vinhedos

– Loteamento Recife

– Centro

– Vila Marcela

– Jardim Amazonas

– Vila Eulália

– Alto do Cocar

– José e Maria

– Pedro Raimundo

– Mandacaru

– Quati

– Terras do Sul

– Jardim São Paulo

– Santa Luzia

– Bela Vista

– São Jorge

– Vila Débora

– Loteamento Padre Cícero

– Dom Avelar

– São Joaquim

– Residencial Monsenhor Bernardino

– Loteamento Santa Bárbara

– Residenciais Vivendas I e II

– Buona Vista

4 COMENTÁRIOS

  1. O POVO PRECISA DA INTERVENÇÃO DO MPF,STF E TCE/PE PARA ANALISAR E INVESTIGAR A FALTA DE COMPROMISSO DO GOVERNO DO ESTADO E DOS GESTORES QUE USAM E ABUSAM DO PODER. ACORDA POVO ACIONAR DENUNCIAR E FISCALIZAE. PUNIR E BANIR TAIS CORRUPTOS E OMISSOS JÁ. ACORDA PERNAMBUCO .

  2. A Compesa tem prestado um serviço precário aos seus consumidores.
    Estou a menos de dois anos em Petrolina e já ocorreram uns três ou quatro rompimentos de tubulação que demoram uma eternidade para consertar.
    Água é serviço essencial, portanto requer intervenção do poder público na hipótese desse serviço não estar sendo prestado a contento.

Deixe uma resposta para Geilton Cancelar resposta

Comentar
Seu nome