Reitor da Univasf diz que bônus regional ampliará acesso a ensino superior

por Carlos Britto // 30 de novembro de 2021 às 08:50

Foto: Blog do Carlos Britto

Neste artigo enviado ao Blog, o reitor pro tempore da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Paulo César Fagundes Neves, acredita que a aprovação do bônus regional “ampliará as políticas afirmativas de acesso ao ensino superior implantadas pelo governo federal, conferindo um ganho social à atuação da universidade no seu território de abrangência”.

Confiram:

O Conselho Universitário (Conuni) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em reunião realizada no dia 26 de novembro de 2021 aprovou, para ser adotado a partir do ingresso em 2022, o bônus regional para estudantes que concluíram o ensino médio em escolas públicas ou privadas, desde que estejam localizadas nas regiões intermediárias de atuação dos campi da Universidade. Os municípios alcançados são aqueles definidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) como compondo as regiões intermediárias dos municípios sede dos campi.

Na prática, ao ser aplicado a todos os cursos de graduação, o bônus regional de 10% sobre a pontuação alcançada pelo estudante no Enem ampliará as políticas afirmativas de acesso ao ensino superior implantadas pelo governo federal, conferindo um ganho social à atuação da Universidade no seu território de abrangência.

A aprovação do bônus regional é uma demanda da sociedade externa pela primeira vez reivindicada no ano de 2010 e reforçada em 2014 e possibilita que a Univasf se integre às demais instituições públicas de ensino superior da região Nordeste que já o fazem há alguns anos.

Petrolina (PE), em 29 de novembro de 2021.

Prof. Dr. Paulo César Fagundes Neves/Reitor pro tempore da Univasf

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *