Prefeito de Ouricuri afirma que não é investigado em operação da PF

por Carlos Britto // 03 de dezembro de 2022 às 16:30

Foto: Reprodução

Depois da operação da Polícia Federal, para investigar crimes contra a administração pública, como peculato, fraude em licitações, corrupção passiva e consequente lavagem de dinheiro, em contratos firmados pela Prefeitura de Ouricuri com empresas prestadoras de serviços sediadas nos Estados do Pernambuco e Ceará, o prefeito Ricardo Ramos, publicou nota em suas redes sociais.

Na publicação, Ricardo garante que não está sendo investigado, mas que mesmo assim recebeu a operação com “perplexidade”, pois todos os contratos administrativos celebrados pelo município “sempre foram norteados pela estrita legalidade, moralidade e transparência”.

“O prefeito Ricardo Ramos registra que confia plenamente na inocência das pessoas investigadas as quais induvidosamente comprovarão que nada de errado praticaram. Por fim, acentua que acredita no Poder Judiciário e que se coloca à disposição para contribuir com as investigações sempre que for demandado”, disse a nota da assessoria de imprensa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.