Poeta, jornalista e produtor cultural alagoano faz recital em Petrolina e Juazeiro

por Carlos Britto // 15 de dezembro de 2021 às 21:00

Foto: CLAS Comunicação/divulg ção

Um recital poético musical com a participação de nomes conhecidos da cena artística do Vale do São Francisco vai movimentar a região nesta quinta (16) e sexta-feira (17), durante o lançamento do livro ‘Garatujas Selvagens’ – do poeta, jornalista e produtor cultural alagoano, José Inácio Vieira de Melo.

A primeira noite de autógrafos, na quinta, vai acontecer a partir das 19h no bar e restaurante O Casarão, em pleno coração da Petrolina Antiga. O poeta e jornalista Carlos Laerte abrirá os trabalhos fazendo uma breve apresentação da obra e do autor. Na sequência, o público confere a musicalidade do cantor e compositor Roberto Possidio e um recital com poetas regionais declamando versos do livro Garatujas Selvagens. Já estão confirmadas as participações do professor e poeta Josemar Pinzoh, do poeta e advogado Wolney Júnior (Penquinha), da poeta e pedagoga Sidroniosa Pinheiro e da poetisa e advogada Hosana Heitz.

Já no dia seguinte, em Juazeiro (BA), quem dará as boas-vindas será o poeta e editor João Gilberto Guimarães. O lançamento em solo baiano começa também às 19h no bar Acabou Chorare (em frente a antiga quadra da Franvale), com apresentação musical da Banda Erva Doce e saudação da poetisa Barbara Pontes, do professor Cosme Batista e da professora e historiadora Odomaria Bandeira, que também vão recitar poemas de José Inácio. Durante as noites de autógrafos, o poeta visitante vai apresentar o recital “Rabiscos rupestres, a rota do ser”.

Currículo

José Inácio Vieira de Melo já conquistou vários prêmios literários e publicou nove livros de poemas, dentre eles “Pedra Só” (2012), “Sete” (2015) e “Entre a estrada e a estrela” (2017). Publicou também as antologias “50 poemas escolhidos pelo autor” (2011) e “O galope de Ulisses” (2014). Participa de inúmeras antologias no Brasil e no Exterior.

Também foi coordenador e curador de vários eventos literários, como a Praça de Poesia e Cordel, na 9ª, 10ª e 11ª Bienal do Livro da Bahia (2009, 2011, 2013), em Salvador; o Cabaré Literário, na 1ª Feira Literária Ler Amado, em Ilhéus (2012); e a Flipelô – Festa Literária Internacional do Pelourinho (2017 a 2021), em Salvador, assim como os projetos Poesia na Boca da Noite (2004 a 2007), em Salvador; Travessia das Palavras (2009 e 2010), em Jequié; e Uma Prosa Sobre Versos (2007 a 2017), na cidade de Maracás, Vale do Jiquiriçá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.