PF deflagra operação contra comércio ilegal de ouro com atuação em PE

por Carlos Britto // 29 de junho de 2022 às 14:30

Foto: PF

A Polícia Federal (PF) e a Receita Federal (RF) deflagraram ontem (28) a Operação ‘Lavagem de Ouro’, para coibir a lavagem de dinheiro por parte de organização criminosa com atuação na extração e comércio ilegais de ouro. A partir de representação da PF, foram expedidos 52 mandados de busca e apreensão pela Justiça Federal em São Paulo, para endereços relacionados aos líderes do grupo investigado e aos principais intermediários atuantes na lavagem de ativos.

Os mandados foram cumpridos em nove Estados da federação (São Paulo, Mato Grosso, Goiás, Pará, Paraná, Paraíba, Rio de Janeiro, Pernambuco e Rondônia), mais o Distrito Federal, com a participação de 208 policiais federais e 14 auditores da RF. Além disso, a Justiça Federal determinou o bloqueio de contas de 40 investigados, no valor de até R$ 614 milhões.

Foram aprendidos, até o momento, aparelhos de telefonia móvel e computadores dos investigados, documentos relacionados ao comércio ilegal de ouro, além de ouro em diversos endereços.

No âmbito da operação Lavagem de Ouro, a PF em Pernambuco deu cumprimento a um mandado de busca e apreensão de um homem de 46 anos, que teve seu aparelho celular apreendido e trabalha com uma empresa de joias. Ele está sendo investigado, em tese, pelo crime de comércio de ouro bruto sem a devida autorização legal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.