PE-630: O sonho antigo, a luta da comissão e o novo compromisso do governador

por Antonio Carlos Miranda // 02 de julho de 2022 às 15:01

Foto: divulgação

Ano de eleição é sempre a mesma coisa. Promessas são colocadas na mesa ou proferidas aos quatro cantos. No entanto, quando a eleição acaba, o cenário volta à “normalidade”. A pavimentação da PE-630 se encaixa perfeitamente nesse exemplo.

Clamor antigo da população dos sertões do São Francisco e Araripe, a rodovia estadual é um importante vetor econômico para seis municípios (Petrolina, Afrânio, Dormentes, Ouricuri, Trindade e Santa Filomena). Para pressionar pela pavimentação da 630, até uma comissão permanente suprapartidária foi criada, em meados dessa década. Desde então essa luta já atravessou algumas eleições e, por enquanto, não tem sido nada fácil.

O capítulo mais recente foi protagonizado pelo governador Paulo Câmara (PSB). Em 2019, ele havia se comprometido durante uma agenda em Petrolina em elaborar o projeto da rodovia. Mas na sua mais recente visita à cidade, o gestor afirmou em entrevista à Grande Rio FM que a pavimentação da não constava no cronograma do Estado. Paulo contrariou, inclusive, a secretária Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos), que dias antes, na mesma emissora de rádio, havia informado que o trecho de 14 quilômetros da 630 no Sertão do Araripe – entre Trindade e a comunidade de Barra de São Pedro, distrito de Ouricuri – sairia do papel.

Nova promessa

Graças a parlamentares do Araripe (de olho nos votos do eleitorado), o governador assegurou esse trecho da rodovia no Plano Retomada do Estado, durante agenda na região, nesta semana. Também prometeu mais.

Com o ofício nº 630/2022 em mãos, Rosalvo Antonio e Zezinho de Mindú – duas das lideranças do Conselho Popular de Petrolina (CPP), que integra a comissão permanente – encontraram-se com o gestor em Ouricuri e entregaram o documento assinado por José Manoel de Souza (coordenador geral do CPP), além de Rosalvo (secretário de Comunicação e Relações Sociais do CPP e coordenador adjunto da comissão permanente), pelo presidente da Câmara de Santa Filomena, Geandro de Geni e pelo deputado federal Gonzaga Patriota, que já vinha dialogando com os líderes do Movimento. Paulo comprometeu-se, mais uma vez, em fazer o edital de contratação para a obra.

Gonzaga, aliás, pode até ver na PE-630 uma forma de colher seus frutos eleitorais. Mas os integrantes do movimento em prol da pavimentação da rodovia entendem que, até este momento, o parlamentar é a única liderança política que realmente se interessou em abraçar a causa.

O que vai acontecer após o pleito de outubro, ninguém sabe. O que se espera, contudo, é que esse final não seja o mesmo que todo mundo já conhece de cor e salteado.

PE-630: O sonho antigo, a luta da comissão e o novo compromisso do governador

  1. GONZAGA PATRIITA disse:

    AMIGO CARLINHOS VBRITO, DESTA VEZ, TANTO O PROJETO COMPLETO, QUANTO AO PRIMEIRO TRECHO, DE TRINDADE A BARRA DO SÃO PEDRO, SERÃO REALIZADOS. ESTOU JUNTO A TODOS DESTE MOBIMENTO, PARA VERMOS A PE 630, TOTALMENTE PAVIMENTADA. ABRAÇOS, GONZAGA PATRIOTA.

  2. Pé no Saco disse:

    Verdadeira obra eleitoreira sem tempo pra terminar, só para enganar besta.

  3. Manoel disse:

    paulo camara já era, acabou o espólio de EDUARDO

  4. Marcius disse:

    Chega a ser ridículo o tempo que esse Governador ficou no poder e só agora no apagar das luzes, nas vésperas da eleição querer dizer que vai fazer alguma coisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.