Pai da jovem que teve rosto cortado em ônibus pede justiça: ‘Pode ser fatal’

por Carlos Britto // 05 de dezembro de 2022 às 14:00

Foto: Reprodução

O pai da estudante de enfermagem Stefani Firmo, de 23 anos, que teve o rosto cortado enquanto dormia durante uma viagem de ônibus de Recife (PE) para Salvador (BA), pede justiça, com medo de que outras pessoas passem pela mesma situação.

Stefani acordou sangrando dentro do ônibus na madrugada do último dia 29, mas nenhum outro passageiro disse ter visto quem a cortou. Imagens da câmera que fica dentro do veículo deverão ser analisadas pela polícia, que também fará perícia de uma faca encontrada com outra passageira. Não foi identificado suspeito até a última atualização desta reportagem.

O caso ocorreu quando o ônibus passava pelo município de Conde, no litoral norte da Bahia. Em entrevista aog1 no domingo (4), a jovem relatou que levou 18 pontos no local do corte. “Sempre que lembro fico abalada, porque eu poderia estar morta. Penso que foi um livramento de Deus, que pensou nos detalhes para que eu dormisse com o edredom até o pescoço e com óculos no rosto”, detalhou.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que a Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur) de Conde instaurou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) para apurar o caso, que foi caracterizado como “lesão leve” pelo médico que atendeu a vítima.

Stefani é natural de São Paulo, mas mora em Itabuna, no sul da Bahia, desde 2008. Ela havia viajado para Recife com uma amiga para fazer uma prova de residência. (Fonte: g1/BA)

Pai da jovem que teve rosto cortado em ônibus pede justiça: ‘Pode ser fatal’

  1. isnaildo Alves Silva disse:

    Quero saber porque não divulgam o nome da empresa, e demora tanto assim pra ver as imagens da câmera do ônibus? É brincadeira!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.