“Pacto pela Vida faliu e não existe mais”, declara Miguel Coelho

por Carlos Britto // 16 de maio de 2022 às 15:40

Foto: Reprodução

O pré-candidato a governador, Miguel Coelho (União Brasil), declarou nesta segunda-feira (16), durante entrevista em Igarassu, na Região Metropolitana, que Pernambuco está com o maior crescimento da violência no Brasil. Para ele, o Governo do Estado precisa atualizar urgentemente o plano de combate à criminalidade. “O Pacto pela Vida faliu, acabou, não existe mais, é só uma planilha para fazer propaganda desse governo”, disparou.

Segundo Miguel, além da política de prevenção, o governo do estado deve respeitar e valorizar as forças de segurança pública. O pré-candidato pelo União Brasil também defende a integração das polícias com as guardas municipais, que hoje possuem um efetivo de 9 mil homens armados.

A gente vai capacitar esses guardas através das polícias civil e militar para que todos eles possam trabalhar de forma integrada com o objetivo de proteger a vida do povo pernambucano. Não dá para ver o número de 10 mortes diárias em Pernambuco e ficar de braços cruzados, achando que o Pacto pela Vida vai fazer mágica”, afirmou Miguel.

Em 2021, Pernambuco foi o estado com o terceiro maior número de assassinatos de todo o Brasil. Em números absolutos de homicídios, Pernambuco fica atrás somente da Bahia e do Rio de Janeiro. Mas de acordo com a taxa de homicídios por 100 mil habitantes, Pernambuco tem os piores números entre os três estados que lideram o ranking da violência no país.

“Pacto pela Vida faliu e não existe mais”, declara Miguel Coelho

  1. iagu disse:

    chega de violência queremos paz!

  2. Pé no Saco disse:

    Sabe quando esse mundo vai ter paz nunca, desde dos primórdios o homem matou o homem e vão continuar,e com essa justiça e políticos que dão valor a vagabundo pior,para ter paz tinha que meter prisão perpétua na pessoas que roubasse o dinheiro da nação,tanto faz políticos, juízes ou um pé rapado, só que nunca vai acontecer pois o povo tem político como bicho de estimação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.