Pacientes reclamam de veículo do TFD em Santa Maria; prefeitura esclarece

por Carlos Britto // 28 de novembro de 2021 às 10:18

Foto: WhatsApp/Blog do Carlos Britto

Familiares dos pacientes que precisam do Tratamento Fora do Domicílio (TFD) não escondem o aborrecimento com o veículo atual utilizado para o serviço em Santa Maria da Boa Vista (PE), Sertão do São Francisco. Em contato com este Blog, eles contam que o transporte do TFD em gestões passadas era bem superior – a Viação Progresso (no Governo Eliane Costa) e a Brandão Turismo (no Governo Humberto Mendes).

Agora, eles alegam que o micro-ônibus do TFD não tem o mínimo de conforto para passageiros especiais com altas comorbidades.

Em nota de esclarecimento da assessoria, a prefeitura deu a seguinte explicação:

A Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista vem a público apresentar esclarecimentos sobre reclamações relacionadas ao transporte TFD. Vale destacar que a empresa responsável pelo veículo oferece o serviço por ter sido a vencedora no último processo licitatório. Na semana passada, ela foi notificada pela gestão para que mude o transporte que está sendo utilizado, passando a oferecer um veículo com maior capacidade, conforto e segurança. Se no prazo concedido o problema não for solucionado, iremos tomar todas as medidas legais cabíveis. Seguimos a disposição para qualquer outro tipo de esclarecimento.

PMSMBV/Ascom

Pacientes reclamam de veículo do TFD em Santa Maria; prefeitura esclarece

  1. nelson disse:

    NOTIFICAR? veiculos tem que servistoriados antes da viagem. a quebra de contrato é imediata. O que deveria ser feito era locar imediatamente um transporte adequado a viagem, principalmente uma longa como mais de 600 quilometros. quem está doente precisando de tratamento fora domicilio, não pode ficar esperando por decisões burocráticas. Sloca primeiro depois se toma providências. é esse mesmo ônibus que vai trazer de volta os doentes e acompanhantes?

  2. PROJETENSE disse:

    Gestão pobre de atitudes. Prefeito, peça aos defensores da prefeitura para dar uma lidazinha na lei, pois estamos tratando de vidas, ou o senhor vai esperar que morram 8 ou 10 biavistanos para tomar atitudes. Nesse caso a atitude não é a notificação e sim a imediata suspensão por quebra de contrato. Ser humano não é peça automotiva para o senhor mandar notificar a empresa para ela efetuar a imediata substituição da peça.

  3. Adelmir Silva disse:

    Nessa hora quem teve no Governo e nunca fez nada, aproveita a situação e tem solução pra tudo, e ainda manda quebrar um contrato feito apos licitação legal, como se fosse só assim. E olhem o tipo de problema pra colocar a vida dos pacientes em risco, um limpador de parabrisas que quebrou e numa chuva o transporte teve que parar. Não tenham dúvida que a Gestão vai redolver.

  4. PROJETENSE disse:

    Caro Adelmir, eu tenho 100%de certeza que você não fez nenhuma viagem para Recife nesse ônibus dessa gestão para você está falando asneira e tratando. vidas como se fosse peça automotiva. E não é somente Limpador de parabrisas que trazendo transtornos aos pacientes e tamiliares não, existem muitas outras coisas que coloca em risco a vida dos pacientes, você como relações públicas dos “balinhas” você antes de criticar uma fala você deveria comparecer na hora do embarque para dar uma conversadinha com os pacientes. Você teria coragem? Seja humilde e reconheça que estão errados e a justiça tá aí e “mãezinha de leite” tem seus defensores para entrar com ação e solicitar a imediata suspensão do contrato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *