Manicure é presa no Aeroporto do Recife com mais de 4 kg de cocaína na cintura

por Carlos Britto // 20 de dezembro de 2021 às 09:40

Foto: PF/divulgação

A Polícia Federal (PF) em Pernambuco prendeu em flagrante, na manhã da última sexta-feira (17), no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, uma manicure de 31 anos, manicure, natural e residente em Cáceres (MT). A prisão aconteceu durante os trabalhos de fiscalização da PF destinados a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes, bem como outros tipos de crimes praticados no aeroporto. A mulher não tinha antecedentes criminais. O fato foi divulgado na noite de ontem (19) pela instituição.

Segundo o boletim, os policiais federais observaram uma passageira visivelmente nervosa, a qual foi abordada. Após uma entrevista, a suspeita apresentou repostas evasivas. Ela disse que estava vindo ao Recife para casa de amigos, mas não soube precisar o nome das pessoas e nem onde moravam. Além disso, não soube dizer até quando ficaria na capital pernambucana.

Por conta disso a mulher foi levada para a sala do plantão da PF, na qual confessou que estava trazendo droga em uma cinta amarrada no corpo. Após ser revistada por uma policial feminina, constatou-se a existência de 4,05 de cocaína escondida numa cinta em volta de sua barriga.

Em seu interrogatório a suspeita disse que pegou a droga em Cáceres para ser entregue no Recife, e que para isso ganharia R$ 8 mil pelo transporte. Segundo ela, a pessoa que iria receber a cocaína entraria em contato quando desembarcasse, momento em que receberia o dinheiro. Por fim, disse não saber detalhes dos traficantes dos quais recebeu a droga, e nem quem a recepcionaria na capital.

Autuação

Terminados os trabalhos investigativos, a mulher foi autuada pela prática do crime contido no artigo 33 da Lei nº 11.343/2006 (tráfico de entorpecentes). Caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão. Na audiência de custódia, foi confirmada a sua prisão preventiva. Em seguida foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina, onde ficará à disposição da Justiça Estadual.

Tags: , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.