Fora do leito do rio, escultura do Nego D’água ganha reparos

3

Esta semana equipes da Gerência de Manutenção da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) de Juazeiro (BA) iniciaram a recuperação da base da escultura do Nego D’Água, localizada no Bairro Angary. Como este Blog mostrou recentemente, a escultura está fora do leito do Rio São Francisco, que teve a vazão d’água reduzida.

Durante os serviços de manutenção o autor da estátua, o escultor e artista plástico Ledo Ivo, foi até o local e disse que a ação é necessária, visto que o espaço se tornou um ponto turístico da cidade. “Mas fica também um alerta ambiental para todos nós: precisamos cuidar do São Francisco”, externou. (foto/divulgação)

3 COMENTÁRIOS

  1. O máximo que nós podemos fazer a respeito do rio é o básico: não despejar dejetos. Em todo rio há um período em que as águas sobem e descem, outros em que se normaliza, enfim, o foco é não poluir o rio. Um dia tal rio morrerá, mas tal processo dura milhares de anos. Sobre a barragem de Sobradinho, obviamente ela é importante, pois garante a água da região em tempos de seca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome