Empresa de processamento de frutas deve instalar unidade em Lagoa Grande

por Carlos Britto // 15 de dezembro de 2021 às 08:30

Foto: Ascom PMLG/divulgação

Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, deve ganhar mais um grande empreendimento comercial. Na manhã de ontem (14), o prefeito Vilmar Cappellaro e representantes da Empresa Carajás Agroindustrial – Antônio Comiotto e Jaci Morttele – conversaram sobre a instalação de uma unidade do grupo no município. Cappellaro informou que a empresa assinou o convênio com a prefeitura e com o governo do Estado, através da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), que garantirá no primeiro semestre de 2022 a instalação da fábrica.

A Carajás Agroindustrial trabalha com processamento de frutas para liofilização e suco de polpas de frutas. Com a concretização do empreendimento, deverão ser gerados mais de 50 novos postos de trabalhos, diretos e internos, na Terra da Uva e do Vinho, com investimento aproximado de mais de R$ 20 milhões.

Além de gerar novos empregos, vamos atingir mais de 1.300 famílias do entorno de Lagoa Grande. A forma como a prefeitura nos atendeu foi o fator primordial para escolher a cidade para instalar a nossa empresa. Em março de 2022, estaremos iniciando o processo de construção e instalação de máquinas e equipamentos“, disse Antônio.

Cappellaro

Ao lado da secretária de Assistência Social e das representantes do Sebrae, o prefeito lembrou que Lagoa Grande está colhendo os frutos do trabalho desenvolvido nos últimos anos. “Estamos fazendo um trabalho desde o início da nossa gestão. Instalamos a Sala do Empreendedor, o Polo de Desenvolvimento, e criamos leis para incentivar a instalação das empresas na cidade e hoje estamos colhendo os frutos de tudo aquilo que plantamos e através dos nossos esforços, mais uma empresa para Lagoa Grande e vários empregos serão gerados“, comemorou Cappellaro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.