Contratações de Crédito Popular avançam no Sertão pernambucano

por Carlos Britto // 17 de setembro de 2021 às 10:02

Foto: AGE-PE/divulgação

As contratações do Crédito Popular, programa operado pela Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE), estão avançando no Sertão do Estado. A região já responde por 29% do total de volume liberado, que chegou a R$ 33,1 milhões desde que foi criado, em outubro de 2019, ultrapassando a marca de mais de 15 mil pessoas beneficiadas. Agora, com o Plano Retomada, lançado pelo governador Paulo Câmara em agosto, ficou ainda mais rápido e fácil obter um financiamento pelo programa, que é destinado a empreendedores formais ou informais, micro e pequenas empresas.

Para se ter uma ideia das novas condições, o valor máximo, que era de R$ 4 mil, passou para R$ 5 mil, com até 14 meses para pagar, sendo dois meses de carência. Quem quitar as parcelas em dia, ganha o bônus de adimplência, pagando apenas 0,50% de juros ao mês. O dinheiro pode ser utilizado, por exemplo, para capital de giro, renovação de estoque, reformas, aquisição de maquinário e equipamentos. Desde que as mudanças entraram em vigor, já foram liberados mais de R$ 2,5 milhões para mais de 1.100 pessoas, ajudando na recuperação dos pequenos negócios enquanto ainda convivemos com a pandemia da Covid-19.

Baixamos os juros e aumentamos o limite do Crédito Popular, pois os próprios clientes pediram estas mudanças. Nessa faixa de valor, a taxa de 0,5% ao mês é a mais baixa do mercado”, afirma o diretor-presidente da AGE, Márcio Stefanni. Ele ressalta que os informais foram muito afetados pelas medidas sanitárias tomadas devido à pandemia da Covid-19. Por isso, o Crédito Popular ajuda na inclusão socioprodutiva dessas pessoas, gerando ocupação e renda para que a economia possa, aos poucos, voltar a girar.

No Sertão a AGE dispõe de nove agentes de crédito baseados em Afogados da Ingazeira, Araripina, Arcoverde, Floresta, Ouricuri, Petrolina, Salgueiro, São José do Belmonte e Serra Talhada, atendendo também cidades vizinhas. Em Afrânio, por exemplo, o Crédito Popular beneficiou Márcia Cristina Cavalcanti, que tem uma butique no Centro da cidade, onde vende roupas e acessórios femininos. “Este dinheiro chegou num bom momento, pois devo usá-lo para repor os estoques. Foi algo que veio mesmo a calhar”, comentou a comerciante, que buscou financiamento em cinco parcelas e planeja renová-lo.

CredAGE

Para quem é microempreendedor individual (MEI), possui microempresa ou empresa de pequeno porte com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, o Governo de Pernambuco lançou o ‘CredAGE Retomada’. Nessa modalidade,  o valor a ser financiado pode chegar a R$ 100 mil para investimento ou capital de giro, com taxas de juros de 0,99% para quem paga em dia. O MEI beneficiado tem financiamento de até R$ 21 mil. O valor pode ser parcelado em até 36 meses, com três meses de carência. Mais informações e sobre como fazer o pré-cadastro para as linhas de crédito da AGE, basta acessar o site. O atendimento telefônico é feito pelo (81) 3183-3450 (também WhatsApp), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e das 14h às 18h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *