Coluna da Folha: Vereador aponta supostas irregularidades em Vitória de Santo Antão

por Carlos Britto // 25 de maio de 2022 às 07:05

Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) vai realizar auditoria especial para avaliar as duas creches que estão sendo construídas pela prefeitura de Vitória de Santo Antão. A informação é do vereador André Carvalho (PDT) que sustenta que após engenheiros do TCE-PE terem inspecionado a obra e verificar irregularidades no preço elevado, no edital dizem que o pagamento foi feito antes da hora.

O vereador apresentou ainda um vídeo, na última segunda-feira (23), com o que chamou de “uma forte denúncia” apontando supostas irregularidade na construção das creches Lídia Queiroz, e Maués, no município.

Ele argumenta ainda que, não bastasse o longo atraso na entrega da obra, que deveria ter acontecido em abril deste ano, já foram identificados indícios e restrições sobre o andamento normal das obras, principalmente, identificação de preços na planilha de custos que “foram claramente elevados”.

André Carvalho sustenta ainda que o erário foi lesado em R$ cerca de 616.787,48, sendo em excesso 308.393,74 apurados na obra do Lídia Queiroz, e 308.393,74 referentes à obra do Maués.

Em um vídeo postado nas redes sociais o parlamentar municipal conta toda essa história e cobra respostas do prefeito Paulo Roberto (MDB), que ainda não se pronunciou.

Abrindo a discussão

Em Igarassu, a prefeita, professora Elcione Ramos, reuniu empresários, comerciantes e interessados dos diversos setores do desenvolvimento para esclarecimentos sobre temas envolvendo o projeto do novo Plano Diretor dos municípios. Foram debatidos assuntos como: parcelamento, uso e ocupação do solo, código de obras e postura, além da parceria entre entidades civis e o poder público.

Rodando

O deputado estadual Romero Sales Filho (UB) está na estrada atrás de votos. Em uma rodada só, ele passou por Salgueiro, Buíque, Verdejante e Petrolina. Ele participou de agendas do pré-candidato a federal Pastor Jairinho (UB) e seu pré-candidato ao governo de Pernambuco Miguel Coelho (UB). O deputado aproveitou o roteiro para verificar as execuções das suas emendas. Somente para Buíque, Verdejante e Jupi ele destinou um montante de R$620 mil em emendas parlamentares para a perfuração e instalações de poços artesianos.

Esquizofrênica

Em um vídeo, divulgado pela deputada estadual Clarissa Tercio (PP), a ex-ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, se uniu a parlamentar e saiu em defesa do estudante que teria, supostamente, sido vitima de intolerância religiosa em uma escola do Recife. O caso foi denunciado e repercutido pela deputada Clarissa Tércio e pelo seu esposo, vereador do Recife, Pastor Júnior Tércio (PP). A ex-ministra subiu o tom afirmando que a professora é esquizofrênica.

Defendendo a maconha

Depois de muitas declarações contrárias de representantes da direita pernambucana, a vereadora mais votada do Recife, Dani Portela (Psol), subiu na tribuna da Câmara Municipal do Recife para parabenizar a Marcha da Maconha, realizada na cidade no último sábado (21). Além disso, declarou apoio aos organizadores da manifestação e a todo o Movimento Marcha da Maconha. Dani disse que há diversos motivos para ser a favor do que o movimento pleiteia como a necessidade de uso terapêutico de derivados de cannabis para tratamento de problemas de saúde. “A atual Lei de Drogas tem muitos problemas, que geram aumento da população carcerária, principalmente de mulheres. O ordenamento legal brasileiro, através da Constituição Federal, garante os direitos de livre expressão e reunião”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.