Coluna da Folha: PE-630, da década de 80 a duas décadas de promessas

por Carlos Britto // 23 de setembro de 2021 às 07:00

Foto: divulgação

O deputado federal Augusto Coutinho (SD), coordenador da bancada de Pernambuco no Congresso Nacional, acaba de receber oficio do seu colega pernambucano, Gonzaga Patriota (PSB), pedindo-lhe para solicitar uma emenda de bancada ao Orçamento Geral da União com recursos para pavimentação asfáltica dos 148 quilômetros da PE-630. A obra vai beneficiar seis municípios pernambucanos: Santa Cruz, Ouricuri, Trindade, Dormentes, Santa Filomena e Petrolina.

Essa luta é antiga e vem sendo encampada pelo Comitê Popular de Petrolina (CPP) e a Comissão Permanente Todos pela PE-630, que tentam sensibilizar as autoridades para que assumam a luta e o projeto da rodovia saia do papel.  Esse é um projeto que começou na década de 80, mas que apenas foi iniciado, parando logo depois.

Segundo o deputado Gonzaga Patriota, essa obra será vital, pois vai promover uma integração com vários municípios de Pernambuco e também de outros como Ceará, Piauí e Bahia.

Essa PE é importante para o transporte do minério, da fruticultura, do gesso da caprinovinocultura – entre outras produções regionais, além de possibilitar abrir portas para o turismo, educação, saúde, geração de emprego e renda em centenas de municípios e distritos nordestinos.

Recursos próprios

O prefeito de Itapissuma, Zé de Irmã Teca (PSD), acaba de anunciar cerca de R$ 2 milhões em novos investimentos para novas obras no município. O prefeito afirmou que vai pavimentar agora mais de 20 ruas com recursos próprios.

Fiscalizando

O Grupo de Trabalho do Gesso do Ministério Público do Trabalho (MPT) realizou de 13 a 17 de setembro uma nova força-tarefa no polo gesseiro de Pernambuco, no Sertão do Araripe. A ação marcou a retomada das fiscalizações presenciais na região, interrompidas em função da pandemia provocada pela Covid-19. Na operação, que contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram fiscalizadas 49 empresas, entre calcinadoras, mineradoras e plaqueiras. Desse total, 11 cumpriram totalmente as obrigações de fazer, estabelecidas em ações anteriores, e apenas duas as descumpriram integralmente. O gesso é o principal gerador de empregos do Araripe.

O adeus

Em Arcoverde, Sertão do Moxotó, ainda reina a comoção pelo falecimento do ex-prefeito Ruy de Barros Correia Filho, que faleceu aos 76 anos, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico. O ex-prefeito estava internado desde a última quarta-feira (15) na UTI do Hospital Santa Joana, no Recife (PE). Ruy Filho governou a cidade sertaneja entre os anos de 1983 e 1988 e deixa um legado de líderes na cidade – inclusive sua esposa, Rosa Barros, que também foi prefeita e é deputada estadual.

Fechou tudo

Quem tentou trafegar pela PE-160, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste, nesta terça-feira (21), ficou sem passagem. Isso porque a população decidiu fechar a principal rodovia que corta o município, em protesto contra a Neoenergia Pernambuco. Segundo eles, a empresa cortou em diversos pontos da cidade, sem explicação. “Só vamos abrir espaço quando a empresa religar a energia das residências”, disse uma moradora.

Coluna da Folha: PE-630, da década de 80 a duas décadas de promessas

  1. Severino de Maria disse:

    Essa “luta” de Patriota é mera propaganda eleitoral antecipada. Quem o conhece, sabe que ele não solta 1 real pra nada, e quase ninguém sabe o que ele faz com os recursos de emenda que recebe. Ademais, por ser uma rodovia estadual, cabe ao DER fazer a sua manutenção. Se outro órgão tentar angariar recursos para tal finalidade, irá esbarrar no departamento citado, e nada vingará – por pura vaidade do Estado. E o povo que lute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *