Quebrado, catavento é levado pela prefeitura para conserto e deixa famílias na zona rural de Petrolina há 3 meses sem água

1

catavento sem hélice mirador

Os moradores da comunidade de Mirador, na zona rural de Petrolina, vivem momentos de aflição. Eles informaram que estão há cerca de três meses enfrentando problemas para matar a sede dos animais por causa do catavento do poço artesiano do povoado, que teve a hélice quebrada. Eles contaram ao Blog que a peça foi levada por funcionários da prefeitura para que fosse feito o conserto, mas três meses já se passaram e até agora nada.

De acordo com informações da presidente da associação do povoado, Natalina Barbosa, para não ver os animais na eminência de morrer de sede, os moradores precisam andar até sete quilômetros para pegar água.

O drama é ainda maior por que eles não sabem o que aconteceu para a prefeitura não ter consertado e devolvido a hélice do catavento. A reportagem do Blog já entrou em contato com a prefeitura para que dê sua versão sobre o fato.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta para Adalberto Eletricista Cancelar resposta

Comentar
Seu nome