Áureo Cisneiros é demitido e dispara: “Paulo Câmara foi arbitrário”

1
Áureo Cisneiros concede entrevista ao Blog. (Foto: Alieny Silva / Blog do Carlos Britto)

O sindicalista Áureo Cisneiros, ex-presidente e atual diretor de Comunicação e Imprensa do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE), acaba de ser demitido da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) pelo governador Paulo Câmara (PSB). Em nota oficial, a Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS) diz que a demissão foi por erros dele como policial, e não como sindicalista. “Ele teve um julgamento justo”, diz a nota.

Por outro lado, a demissão não vem sendo bem aceita por diversos órgãos sindicalistas estaduais.

Inconformado com a decisão do governador, Áureo enviou uma nota de repúdio explanando suas principais queixas em relação ao governo. Vale lembrar que Cisneiros também tem uma carreira na política e foi candidato a vereador do Recife nas últimas eleições de 2020. Leia a nota na íntegra.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta para Carlos+Amorim Cancelar resposta

Comentar
Seu nome

um × três =