Após evento no Agreste, conselheiro mostra preocupação com futuro do Igeprev

2

conselheiros Igeprev encontro garanhunsO município de Garanhuns, no Agreste pernambucano, foi palco, semana passada, de um Encontro Estadual de Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS). Sete conselheiros do Instituto de Gestão Previdência de Petrolina (Igeprev) representaram o município no evento, que contou com mais de 250 participantes.

Para Pedro Caldas (de manga comprida), que integra o ComCidades e também estava entre os conselheiros do Igeprev, o debate foi “bastante proveitoso”, sobretudo porque um dos temas do evento abordou os efeitos negativos dos contratos temporários sobre as finanças municipais e a previdência, e a necessidade dos prefeitos em dar atenção aos RPPS. É o caso, por exemplo, de Petrolina.

“Esse último nos deixa preocupados, pois em Petrolina há muito que não se realiza concurso público e temos uma folha inchada com servidores terceirizados. Se continuar assim, vamos quebrar o Igeprev, pois os terceirizados recolhem para o Regime Geral, e não para o Igeprev”, avaliou.

2 COMENTÁRIOS

  1. Boa Pergunta Petrolinense: A viagem é custeada pelo o IGEPREV dentro dos 2% da Taxa de Administração que o instituto tem para despesas administrativas. A busca de conhecimentos por parte dos Conselheiros se faz necessário. As palestras são proferidas na sua maioria por Auditores do Tribunal de Contas o que só nos assegura o cuidado com o nosso patrimônio. O Instituto é nosso, do servidor por isso que estamos buscando conhecimentos para defender os nossos interesses…

Deixe uma resposta para Petrolinense Cancelar resposta

Comentar
Seu nome

cinco + catorze =