Apac alerta para riscos de acidentes elétricos em período chuvoso

por Carlos Britto // 24 de maio de 2022 às 20:30

Foto: Ilustração

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) renovou o estado de atenção para a possibilidade de chuvas fortes em Pernambuco. Alagamentos, raios, quedas de árvores entre outros acontecimentos comuns durante tempestades e ventanias que podem interferir na rede elétrica.

A Neoenergia alerta que é necessário ficar atento, por exemplo, aos efeitos dos raios. A descarga atmosférica pode causar perturbações na rede de energia, além de comprometer as instalações das residências.

Casa Segura

Redobrar a atenção quanto a presença de umidade nas paredes que tenham circuitos elétricos e/ou tomadas também é importante.  Caso perceba qualquer sinal desse tipo, o seguro é não tocar nelas nem conectar eletroeletrônicos em tomadas instaladas no local, evitando assim o risco de choque elétrico.

Cuidados em alagamentos

Alguns locais sofrem com as enchentes e alagamentos, situações que podem prejudicar a rede elétrica e colocar em risco a segurança das pessoas. Nesses casos, a primeira atitude é desligar o disjuntor. Isso deve acontecer assim que a pessoa perceber os primeiros sinais de alagamento na casa. Logo em seguida, deve desconectar todos os eletrônicos e eletrodomésticos da tomada, mantendo-os a uma distância segura da água.

O alerta acontece quando o disjuntor estiver numa área já alagada. Nesse caso, a distribuidora deve ser acionada imediatamente através da Central de Relacionamento com o Cliente da Neoenergia, pelo número 116. Quando o serviço for restabelecido, o ideal é que um profissional qualificado avalie a rede elétrica da residência antes de religar o disjuntor.

Lidando com o choque elétrico

Mesmo com todos os cuidados, um acidente pode acontecer. Então, como proceder nessa hora? A primeira atitude é desligar a fonte de energia que está causando o choque elétrico. Logo depois, afaste a vítima da fonte do choque, mas jamais toque nela diretamente. O recomendado é afastá-la utilizando materiais como plástico, tecidos grossos, borracha ou madeira. Em seguida, chamar o serviço oficial de socorro e manter a calma até a chegada dos profissionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.