Alunos de escola estadual em Petrolina estariam vendendo rifas para comprar aparelhos de ar-condicionado para salas de aula

12
(Foto: Ilustração)

Uma tradicional escola estadual de Petrolina estaria realizando rifas para comprar aparelhos de ar-condicionado novos para salas de aula. Segundo a mãe de uma estudante, que enviou mensagem através do WhatsApp do Blog, o fato acontece na Escola Marechal Antônio Alves Filho (EMAAF).

Ela afirma que houve uma reunião entre a direção e os pais, para que os próprios estudantes vendam as rifas. A mãe da aluna diz não concordar com a situação. Sobre o assunto, o Blog ligou várias vezes para a escola na tarde de hoje (21), mas ninguém atendeu. O espaço, no entanto, fica aberto.

12 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite, antes de qualquer coisa vamos esclarecer sobre o assunto.. Alguns dias atrás alguns meliantes roubaram os matérias da nossa escola,Lanches, Matérias, fios etc. Até hoje não se sabe quem foi o autor desse ato que deixou a nossa escola e alunos sofrendo por falta de quase tudo.A escola fez uma reunião com cada classe explicando o que havia acontecido e que nem tão cedo o governo tomaria providências e que não teria o que fazer! Nós alunos não queremos ficar sem aulas e até esperar tudo se resolver seria muito tempo perdido não acham? . Então por conta própria tivemos a idéia de ajudar, mas desde já quero deixar claro que a escola nem os professores tem a ver com a história Nós Alunos Podemos sim ajudar pois também sofremos antes de postar qualquer coisa vamos procurar saber da história.. Quero deixar também bem claro que nós demos a idéia para quem quisesse ajudar “mas”que ninguém era obrigado e que ninguém ser excluído por não ajudar Devíamos estar postando sobre tantos caos que deixaram para os alunos e professores e não sobre um ato de solidariedade até pq quem está indo todos os dias a nossa escola sabe o quanto estamos sofrendo! As rifas foi uma idéia para interagir um pouco e não ficar uma coisa muito pesada,e sobre o governo infelizmente nem o material que é obrigatório nem o fardamento eles deram ainda, vocês tem noção?

  2. Como o comentário da outra aluna, não só nossa escola está passando por isso. Todas estão! Os assaltos a escolas estaduais estão crescendo muito rápido, se o governo não toma providências nós alunos devemos tomar! E o dinheiro do terreno da Havan? Já foi torrado com contas da escola! Que contas? Material para impressão, tinta de pincéis para quadro branco, CADEIRAS QUE OS PRÓPRIOS ALUNOS QUEBRAM, portas dos banheiros que já estão bem comprometidas,torneiras de bebedouros que também são que pelos alunos, isso e muito mais! Fora que a própria vice-diretora já tirou dinheiro do próprio bolso para nos ajudar nesse calor! As salas são MUITO quentes e queremos CONCERTAR,isso mesmo, CONCERTAR os aparelhos de ar-condicionado porque na escola já tem, só falta concertar o que os vândalos fizeram ao nosso patrimônio público! E sobre essa mãe? Deveria tomar vergonha na cara! Porque não sou só eu como a(o) filha(o) dela também está passando muito calor! E tirem os nomes dos Cordenadores/professores/diretores dessa! Porque não só eles como também o restante da equipe da escola está trabalhando a muito tempo sem receber NADA! Isso mesmo, N-A-D-A!!!! A GRE também deveria se informar mais sobre para depois anotar informações indevidas sobre a Emaaf! Sou aluna dessa escola MARAVILHOSA e defenderei a equipe com toda minha garra e meu suór.

  3. Sou professora da Escola Eneide Coelho Paixäo Cavalcanti, trabalho aqui há 10 anos.
    Paranizo a gestäo da escola, por fazer esse movimento, para comprar os aparelhos de ar condicionado sim. Moramos em uma regiäo muito quente, onde muitas vezes o calor, principalmente no turno da tarde chega interferir na aprendizagem dos alunos.
    A comunidade deve apoiar, pois os maiores beneficiados seräo os alunos.

    Prof. Cleoneide Mendes.

  4. Boa tarde eu sou a mãe de uma aluna e eu estava na reunião e nem em um momento a direção. Da escola falou comprar Ar condicionado para a escola uma porquê. Nos pais que se juntamos e organizamos para agente se ajuntar e fazer um mutirão. Para fazer manutenções dos Ar olha agente tem filhos na escola sem ventilador. Sem ar e um calor terrível na sala de aulas. Alunos passando mau então eu deixo muito claro que esta mae que denunciou a reunião que ela ouviu muito bem que ninguém. Era obrigado a ajudar agente pais de alunos vamos sim se ajuntar com nossos filhos e fazer de tudo para que nossos filhos não paguem e sofrem por conta de erro dos outros que não ajuda so atrapalha e isto

  5. Lamentável! Decepcionante! Não por o governo e sim pelas as pessoas, em plena a situação em que vivemos, líderes políticos com ações sebosas, ainda encontramos pessoas como essa mãe, que prefere atacar a escola que estava pensando no bem do seu (sua) filho (a). Realmente, os alunos e nem os professores têm a obrigação de arcar com isso, mas só quem está lá todo dia entende, o quão é difícil estudar no calor está na nossa cidade. Ninguém que anda espalhando esses absurdos vai olhar a situação em que se encontra os alunos, pois já ganham suas vidas falando do que não sabe. Não é culpa da escola, e sim do governo seboso de vocês, cortaram as verbas da educação. Que vergonha desse país e dessas pessoas sem princípio!

  6. Amigo dos Coelho,Cidadã petrolinense e Maria: memória curta ou desinformação ?
    Aquele terreno, originalmente,e suas edificações eram do Governo do Estado. A escola funcionava ali antes mesmo da fundação Nilo Coelho existir. Infelizmente passaram a escola para a fundação Nilo Coelho e depois venderam.

Deixe uma resposta para Amigo dos Coelhos Cancelar resposta

Comentar
Seu nome