ACM Neto sobre chegada de Miguel ao DEM: “Prioridade” para projeto majoritário

por Antonio Carlos Miranda // 26 de setembro de 2021 às 14:43

Foto: divulgação

Ex-prefeito de Salvador (BA) por dois mandatos e presidente nacional do DEM, ACM Neto foi um dos mais empolgados com a filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ao Democratas na manhã de ontem (25), no Bairro do Recife (PE). Em seu discurso, ele destacou que a chegada de Miguel “é uma prioridade” da legenda para o projeto majoritário no Estado.

ACM Neto afirmou que Miguel conseguiu mostrar até agora, no comando da prefeitura da maior cidade do Sertão pernambucano, que reúne duas qualidades para ser um político completo: capacidade de gestão e habilidade política. Segundo ele, com essas características ele prova estar pronto para também governar o Estado.

O líder baiano ressaltou ainda que a consagração nas urnas em 2020, quando obteve 80% dos votos, credencia Miguel para esse projeto. “Eu também, quando fui reeleito prefeito de Salvador, tive mais de 74% dos votos. Portanto, Miguel não precisa provar mais nada, porque o reconhecimento do seu povo o qualifica para seguir uma nova jornada em sua vida pública”, pontuou.

ACM Neto lembrou ainda que acompanhava o trabalho de Miguel e, quando chegava a Juazeiro (BA), sempre ouvia da população local “que gostaria de ter um prefeito igual ao de Petrolina”. Pré-candidato ao Governo da Bahia, ele destacou ainda que seu Estado, a exemplo de Pernambuco, vai completar um ciclo de 16 anos de um mesmo grupo político, o qual precisa ser interrompido em 2022, e que pretende ser “um parceiro” de Miguel, a partir de 2023, para trabalhar pelos dois mais importantes Estados do Nordeste.

Fusão

O ex-prefeito de Salvador fez questão também de enaltecer o legado ético do DEM, afirmando que a legenda “sempre teve bandeiras, princípios e coerência”. Ele afirmou que o DEM “nunca buscou o poder pelo poder” e sempre priorizou ouvir suas bases populares, antes de qualquer decisão. Sobre a fusão com o PSL, ACM Neto foi enfático: “Seremos não dois, mas o maior partido do Brasil”.

ACM Neto sobre chegada de Miguel ao DEM: “Prioridade” para projeto majoritário

  1. Marcos disse:

    Dois futuros perdedores.

  2. Defensor da liberdade disse:

    A capacidade de gestão que este senhor fala é a expropriação do povo petrolinense? Petrolina está uma cidade absurda de cara, o IPTU este ano veio para torar, e a tendência é piorar.

  3. Petrolinense nato disse:

    A, entendi, esse DEM é o que vai se fundir com o PSL pra criar um novo partido…ops e o PSL não foi o ex partido de Bolsonaro? Tudo bolsonarista… essa é a verdade.

  4. MARCELO disse:

    aiai, esses politicos sao assim praticam as mesmas politicas de sempre mas quando quer entrar pra um cargo maior aparece como um novo kkk meu Deus como pode o povo cair tanto nessa enganacao…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *