Sobradinho:Vereador alerta para queda no Ideb de escolas da rede municipal

escola_Paulo_Pacheco

Em Sobradinho, norte da Bahia o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente ao ano de 2013 mostrou que a educação no município encontra-se em situação de alerta, pois houve uma queda considerável nos indicadores.  A informação é do vereador Adilson Ribeiro (PT). Ele questionou a gestão municipal sobre o fato e cita como exemplo a Escola Municipal Geraldo Silva, a qual “tinha como meta 4 em 2011, e alcançou 4,6. Já no ano passado a meta era 4,3 e só alcançou 2,8”, lamentou o vereador, acrescentando que as demais escolas da rede municipal também tiveram desempenho aquém do esperado.

De acordo com Adilson Ribeiro, o diagnóstico do Ideb só evidencia a falta de compromisso e, consequentemente, de atenção do gestor atual com o setor.

A partir de visitas às escolas e da análise dos dados disponibilizados pelo MEC, o vereador pontua que a ampliação da qualificação profissional, infraestrutura básica como bibliotecas, laboratórios, salas de leitura e a atenção e acessibilidade para portadores de necessidades especiais são prioridades e precisam ser urgentemente assegurados nas escolas da sede e interior do município.

O vereador também cita a ausência de vice-diretores como um prejuízo à comunidade escolar, pois quem acaba assumindo esta função em muitas escolas são os coordenadores pedagógicos, que deveriam estar dedicados a garantir a implementação dos projetos político-pedagógicos.

Justificativa

Em resposta ao ofício enviado à Secretaria de Educação, a dirigente da pasta, Ducilene Kestering, considerou a redução das metas do Ideb em Sobradinho “uma característica comum” dos municípios em todo o país, justificando que a melhoria do índice está atrelada ao papel dos educadores. “Acredito que a mudança passa obrigatoriamente pela sala de aula, pois o professor é o detentor do conhecimento e está diariamente com o aluno na mediação da aprendizagem”, diz a secretária. “Meu dever, como dirigente municipal de educação, é mobilizar os professores, os pais e a sociedade para, em conjunto com a escola, melhorar esses índices”. As informações são da assessoria do vereador. (foto/divulgação)

Comentários

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Enquanto isso…

16/01/2017 às 22:12 por Carlos Britto

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br