Triste a cidade onde não se respeita uma faixa de pedestre

Alguma coisa acontece com os condutores em Petrolina. Eles simplesmente insistem em não respeitar a faixa de pedestre, sinalização que visa proteger o cidadão e evitar acidentes, alguns fatais, nas ruas e avenidas da cidade. Mesmo sabendo que é lei, que faz parte da segurança no trânsito, que se não respeitar pode tirar vidas, pode perder o direitos de dirigir, etc, motoristas petrolinenses em sua maioria, insistem nesse desrespeito.

Houve um tempo que Petrolina tinha um dos trânsitos mais seguro e educados do Brasil. O que será que aconteceu para passar a ser um risco a quem não está dentro dos veículos? Então vale uma sugestão para o diretor-presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla), Geraldo Miranda que vivenciou os bons tempos do trânsito dessa que é a maior cidade do sertão pernambucano: promover ações firmes e permanentes de educação e respeito à faixa de pedestre na cidade e outros temas que visem conscientizar quem dirige que gentileza e educação vale por todos os momentos de nossas vidas.

Ai vale campanhas educativas nas ruas, por meio da mídia, palestras, parceiras com comércio, empresas, escolas, e até se criar uma forma mais rígida de punição para quem permanecer e continuar sem respeitar essa que é a segurança maior dos cidadãos e cidadãs quando precisam atravessar de um lado para outro, uma avenida, uma rua movimentada de Petrolina, a tão necessária faixa de pedestre.

Os condutores petrolinenses precisam se conscientizar que eles conduzem uma ‘arma’ que se não transportada com segurança para eles e para quem está nas ruas, vira fatal.

Comentários

2 ideias sobre “Triste a cidade onde não se respeita uma faixa de pedestre”

  1. Reflexivo disse:

    Parabéns pela matéria. Existe uma parcela de um “povinho” em Petrolina que se acha acima de qualquer coisa. Não tem educação não só no trânsito com em todos os setores, é só observar no dia a dia. São pessoas frustradas que se escondem numa “casca” ilusória. Infelizmente essas pessoas negativam o nome da cidade que é bela e tem uma grande história no contexto nacional.

  2. INDIGNADO disse:

    E eu continuo sem entender como é que um órgão sem capacidade técnica, que não respeita às leis e não está realmente preocupado com o trânsito, trabalha apenas pra fiscalizar veículos e quer que todo mundo seja certo…

    Como é que colocar um palhaço na Souza Filho vai mudar alguma coisa no trânsito?

    Pegaram a faixa que tinha no Regente, mudaram 50m pra frente e colocaram um palhaço pra tirar onda(educar) com as pessoas. A rampa de acessibilidade continua onde era a faixa, as pessoas continuam passando onde era a faixa, a nova faixa não possui rampa e no horário mais tumultuado, as pessoas não conseguem passar pela calçada por que tem uma mini feira livre instalada entre o Regente e Mundo do Real.

    Os motoristas são ignorantes sim, os pedestres também são, mas parte da culpa é do órgão de trânsito que só fiscaliza veículos e por vezes, ainda fiscaliza errado, como por exemplo, cobrar que os condutores estejam de posse do comprovante de pagamento de CRLV sem que isso seja obrigatório…

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Mande sua notícia para o Blog

24/03/2017 às 22:00 por Carlos Britto

Clube de Cinema de Petrolina abre temporada 2017

24/03/2017 às 21:30 por Carlos Britto

HDM/Imip increve para seleção de médicos até domingo

24/03/2017 às 21:00 por Carlos Britto

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br