IF-Sertão Zona Rural celebra Dia Mundial da Água

Nesta quarta-feira (22), data em que se celebra o Dia Mundial da Água, o campus Petrolina Zona Rural do IF-Sertão (Instituto Federal Sertão Pernambuco), apresentará uma programação especial para festejar a data. O evento terá início às 8h, no auditório do campus com apresentação de palestras.

Entre os convidados, os professores do campus Petrolina do IF Sertão-PE, Marcos Lima e Giovanne Monteiro, além dos servidores Graciene de Souza e Nivaldo Ribeiro, que participarão da Mostra de Dissertações.

De acordo com o coordenador de pesquisa do campus Petrolina Zona Rural, Rodolfo Peixoto, o evento tem como principal objetivo discutir problemáticas relacionadas à água. “Vivemos numa região semiárida e, em algumas regiões, a água é fator limitante para o desenvolvimento local. Neste dia, serão discutidas alternativas de reuso da água e os aspectos relacionados à potabilidade” disse Peixoto.

O coordenador ainda frisou que serão apresentados ainda os principais resultados das dissertações de dois colegas que fizeram mestrado no Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP), relacionados ao tema.

 O dia Mundial da Água foi instituído em 22 de março de 1992, pela Organização das Nações Unidas (ONU), visando à conscientização da população a respeito do uso da água, bem como a discussão sobre a importância de sua preservação. O evento é gratuito e aberto ao público. (Foto: Ilustração)

IF-Sertão campus zona rural de Petrolina discute Proeja e educação como oportunidade para todos

O campus Petrolina Zona Rural do IF Sertão-PE realiza, na próxima terça-feira (14), o I Fórum Interdisciplinar Proeja Agroindústria. Com o tema “Educação como oportunidade para todos”, o evento apresentará palestras da gestora de marketing Cristina Barbosa, do pedagogo Marcos Uchôa e dos professores Rosemary Melo e Paulo Dalmás. O I Fórum Interdisciplinar acontece às 18h30, no auditório do campus Petrolina Zona Rural.

Na ocasião serão abordadas questões como marketing pessoal, empreendedorismo e a educação de jovens e adultos. A participação é gratuita, aberta à comunidade e não é necessário inscrição prévia. O coordenador dos cursos Proeja do campus Petrolina Zona Rural, Roberto Remígio, destacou a importância do fórum.

“O evento busca valorizar a profissão de Técnico em Agroindústria, troca de experiências e desenvolvimento de prática inovadoras, empreendedoras e dinâmicas para o profissional que formamos no IF Sertão-PE”, explicou Remígio.

 

Programa Leite de Todos será implantado em Trindade

A Prefeitura Municipal de Trindade, sertão do Araripe, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, e em parceria com o governo estadual, vai implantar na cidade o Programa Leite de Todos. A iniciativa busca reduzir as deficiências nutricionais das famílias carentes, tendo como prioridade, crianças, gestantes e nutrizes. A distribuição do leite será diária e gratuita para as famílias. A estratégia estabelecida pelo ação espera alcançar a redução da mortalidade infantil e incidência de doenças dos participantes do programa.

O programa visa também promover a melhoria dos padrões de saúde e qualidade de vida das famílias carentes do município, o fortalecimento da cadeia produtiva da bovinocultura e a redução do êxodo rural. O Leite de Todos vai atender de início, 250 famílias, com a distribuição de 1 litro de leite pasteurizado, diariamente, na zona rural e urbana da cidade. A entrega acontecerá duas vezes por semana na sede do programa PE no Batente que fica na Avenida Central Norte, terças e sextas de cada semana.

Para a secretária Rosilene Miranda, é uma conquista grande na gestão, sabendo que os municípios passam por momentos de crise. “As famílias trindadenses vão ter um alimento saudável em suas mesas, podendo melhorar sua renda, pois o dinheiro que era utilizado para o leite, agora irá servir para suprir uma outra necessidade da família”, frisou. (Foto: Ascom)

Zona rural de Petrolina passa a ser contemplada com programa de limpeza da Prefeitura

 

A partir de agora as comunidades localizadas na zona rural também vão ser beneficiadas pelo Programa Cidade Mais Limpa, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade de Petrolina. A primeira delas foi o distrito de Izacolândia, a aproximadamente 50 Km da sede do município, que recebeu as equipes do mutirão de limpeza.

Cerca de 40 caçambas de lixo, com capacidade para 15 mil quilos cada, foram retiradas da localidade, totalizando 600 toneladas de lixo recolhidas. A limpeza de prédios públicos, assim como a varrição de rua, pintura de meio-fio também foram realizadas por 20 trabalhadores. Em caráter excepcional, alguns terrenos particulares foram limpos, uma vez que o mato e o lixo acumulados nos locais, ofereciam riscos à comunidade. Os proprietários foram notificados.

Além do trabalho de limpeza, as equipes da Sedurbs ainda realizaram a limpeza e o alargamento de um dreno que corta o distrito para facilitar o escoamento de água. Medida que contou com 1 escavadeira e será importante entre as ações de prevenção a transtornos causados pelas chuvas. Izacolândia foi apenas a primeira localidade a receber os serviços do mutirão de limpeza.

Os serviços já começaram na comunidade do N5, no Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho e o distrito de Rajada será o próximo ponto contemplado pelo programa. A ideia é que a partir de agora, uma região da zona rural do município receba as equipes da secretaria a cada semana. (Foto: Ascom)

Afrânio inicia recuperação de estradas no interior

O prefeito de Afrânio, Rafael Cavalcanti (PMDB), não esperou que mais chuva chegue à região. O gestor acompanhou de perto neste sábado, 4, o começo do programa do governo para recuperar estrada no interior que ficam ainda mais desgastadas quando chove.

“Após as chuvas, iniciamos esse trabalho de recuperação das estradas do município. Estamos assim antecipando uma ação importante para evitar maiores transtornos com as chuvas que vêm caindo em nossa região. Cuidando das estradas estamos olhando nossa população da zona rural com mais atenção”, assinalou o prefeito. (Foto: Ascom)

Comunidade da zona rural de Tabira é contemplada com trator adquirido por meio de emenda parlamentar

A comunidade do Sítio Boa Vista, na área rural de Tabira, Sertão do Pajeú, onde vivem 86 famílias, foi contemplada com um trator, que será entregue à associação de moradores da localidade. O autor da emenda parlamentar que possibilitou a comprar do equipamento, deputado federal licenciado e atual ministro das Minas e Energia, Fernando Filho compareceu ao município na última sexta-feira, 17. O trator custou R$ 120 mil. O ato teve como palco a sede da Câmara de Tabira.

Fernando Filho chegou por volta das 21h. Ele foi recebido pelo prefeito Sebastião Dias e pela presidente da Câmara de Vereadores, Nely Sampaio.O representante da comunidade, Juciano Canjão, comemorou a conquista.”Vamos conseguir produzir muito mais agora com a chegada desse trator“, frisou.

Para o ministro, essa foi mais uma conquista importante para a região. Ele afirmou que tem um compromisso histórico com a cidade. “Sabemos que esta é uma luta antiga da comunidade e fico extremamente feliz em poder participar deste momento. O povo de Tabira tem sido sempre muito generoso comigo e nossa obrigação é retribuir tanta confiança”, destacou.

Secretaria de Saúde de Petrolina retoma atendimento bucal suspenso no Distrito de Rajada

A Secretaria de Saúde de Petrolina retomou o atendimento bucal na unidade de Atendimento Médico Especializado (AME) do distrito de Rajada, zona rural da cidade. O serviço estava suspenso na comunidade desde outubro do ano passado. As pessoas que desejam o atendimento do dentista devem se dirigir à AME de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

Para a diretora de Saúde Bucal do município, Roberta Teixeira Araújo, a reativação do serviço vai permitir a promoção do atendimento odontológico para todos os públicos.

“É necessário ter saúde bucal para ter qualidade de vida. A população de Rajada vinha sofrendo com a interrupção do serviço, já que existe uma grande demanda na localidade. E além do atendimento, é realizado um trabalho de educação, que é importantíssimo para a prevenção de doenças bucais”, frisou. (foto: Ascom PMP/divulgação)

Queimadas irritam comunitária no Maria Tereza

Não é somente na área urbana de Petrolina que as indesejáveis queimadas aborrecem os moradores. No Perímetro de irrigação Maria Tereza (KM-25), zona rural, o problema também ocorre. E, como não seria diferente, gera reclamações.

Na Rua 28, uma comunitária perdeu a paciência por conta dessa prática. “Tenho uma filha de apenas dois meses e tive que sair de casa por conta da fumaça. Não é a primeira vez. Já falei com os donos da casa, pedi para eles apagarem o fogo. Mas não tem jeito”, diz, irritada. Com a palavra, as autoridades.

Moradores de Izacolândia sofrem há quase uma semana sem água e até TCE-PE é ‘acionado’

Moradores de Izacolândia, zona rural de Petrolina, estão indignados com o descaso da Compesa com a comunidade. Eles reclamam que estão sem água desde terça-feira, 10, e que ligam para o órgão em buscas de explicações. Até esta sexta-feira, 13, segundo os moradores, o problema persistia.

A Companhia tem informado aos usuários do sistema no povoado que a constante falta d’água deve-se ao do período mais seco, reduzindo a capacidade dos reservatórios. Por isso a empresa tem adotado um rodízio em algumas cidades para garantir o abastecimento a todos. Mas a comunidade de Izacolândia afirma que o cronograma está equivocado, passando mais dias do que o previsto.

Uma moradora chegou a relatar uma situação no mínimo, inusitada. Ao ligar para a Compesa em Petrolina, ela pediu à telefonista que passasse um contato de alguém com quem ela poderia tratar o problema. Quando a mulher ligou para o número informado, teve uma surpresa: a ligação teria caído no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), o que aumentando ainda mais a indignação da usuária que diz pagar média de R$ 60,00 por mês na conta da água, mas não dispõe do serviço.

Horta orgânica comunitária beneficiará agricultores na zona rural de Petrolina

horta_640x360Uma horta orgânica comunitária na qual 15 famílias de agricultores do semiárido pernambucano poderão produzir alimentos saudáveis e livres de agrotóxicos. Esse projeto será concretizado numa parceria entre a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) e a Associação Agropecuária e Comunitária do Sítio Coelho, a 52 km de Petrolina, na comunidade de Izacolândia, zona rural da cidade.

A implantação do sistema de irrigação pela Codevasf começa já no início de 2017. O projeto prevê uma estação de bombeamento mais adutora com dois reservatórios e capacidade de 5 mil litros cada – um investimento federal de R$ 215 mil em recursos do Orçamento Geral da União destinados à Codevasf por emenda parlamentar.

Serão 2,5 hectares dedicados a hortaliças e olerícolas como alface, coentro, cebolinha, tomate cereja, pimentão, repolho e quiabo. “Essas famílias hoje trabalham como agricultores diaristas em terras de terceiros. Com a implantação da horta orgânica irrigada, elas poderão produzir em seus próprios lotes e comercializar a produção no sistema de venda direta ou para o comércio local“, aponta o engenheiro agrônomo Osnan Ferreira, gerente regional de Revitalização da Codevasf na 3ª Superintendência Regional, em Petrolina.

“Teremos vida mais digna, trabalho e geração de emprego e renda”, aposta Gracilda Pereira, presidente da Associação Agropecuária e Comunitária do Sítio Coelho.

Nos projetos públicos de irrigação da Codevasf, principalmente em Petrolina, o cultivo de orgânicos vem se consolidando: são 54 irrigantes dedicados exclusivamente a essa produção num cardápio onde o carro-chefe é a manga orgânica, mas que também inclui hortaliças, acerola, goiaba, maracujá e mamão.

Comercialização

Como incentivo à produção de orgânicos na região, a Codevasf tem investido no setor, com ações como oferta de capacitação e construção do Mercado dos Produtores Orgânicos de Petrolina. Na execução da primeira etapa da obra, por meio de convênio com a prefeitura municipal, serão aplicados no próximo ano cerca de R$ 260 mil pela Codevasf, recurso oriundo do Orçamento Geral da União destinado à Companhia por meio de emenda parlamentar. O montante será dirigido à construção de parte da estrutura física do mercado, a ser instalado nas proximidades do parque municipal Josefa Coelho, na área central do município.

O recurso total previsto para a implantação do mercado está orçado em R$ 1,2 milhão. O projeto conta com a parceria do Ministério Público Estadual, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Embrapa, Sebrae e Associação dos Produtores Orgânicos do Vale do São Francisco (Aprovasf). Com a implantação do Mercado dos Produtores Orgânicos do Vale, que será o primeiro do Nordeste e o segundo no país, a tendência será de crescimento no número de produtos comercializados e de consumidores interessados na produção orgânica da região. As informações são da Codevasf. (foto/arquivo Blog)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br